Grupo CRIA Pra Bagunçar
Grupo CRIA Pra BagunçarFoto: Divulgação/ Fabiano Battaglin

O grupo CRIA desconstrói as fronteiras entre a música para crianças e adultos em seu novo disco, “Pra bagunçar”, que estreia nos palcos no Itaú Cultural em São Paulo, nos dias 06 e 07/10 (sábado e domingo).

A apresentação reúne grandes nomes da cena da MPB carioca em um repertório ao mesmo tempo reflexivo e divertido, capaz de entreter a todos. Os shows gratuitos têm início às 16h, com distribuição de senhas uma hora antes.

Sem subestimar a compreensão e o imaginário das crianças, o CRIA aposta em instrumentos inusitados como o violino e o clarone e letras literárias em seu mais novo disco, que chega aos serviços de streaming de música em 01/10 e em formato físico em breve.

O grupo é formado pelo percussionista e professor Mateus Xavier (do bloco Sargento Pimenta e do grupo vocal Ordinarius); a cantora e regente Maíra Martins (também do Ordinarius); o clarinete e o clarone de Frederico Cavaliere (Orquestra de Sopros Pro Arte); o regente, pianista e acordeonista Christian Bizzotto (Orquestra Manouche); e o violonista Ayran Nicodemo (Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do RJ). “Pra bagunçar” tem ainda produção, letras, violão e voz de Vinicius Castro. Substituindo Castro nesses shows está o músico Gustavo Pereira (Casoy e o Bloco Pipoca e Guaraná).

O novo trabalho reflete o mundo atual e reimagina as convenções que temos do universo infantil, convidando o público a refletir sobre os personagens, seus arquétipos, clichês e a ressignificar suas histórias. Príncipes, princesas, vilões e super-heróis são desconstruídos de forma bem-humorada e descontraída. O disco conta com arranjos de grandes nomes da música carioca, como Alfredo Del-Penho e Augusto Ordine, e passeia por frevo, maxixe, maracatu, ciranda, jazz e blues.

O segundo álbum do CRIA vem após o bem-recebido “A Família”, lançado em 2013, que trazia divertidas canções sobre as relações familiares e seus membros. O disco foi finalista do Prêmio da Música Brasileira. Conheça mais sobre a banda: http://www.portalcria.com.br/

O show de lançamento de “Pra bagunçar” acontece no Itaú Cultural, localizado à Avenida Paulista, 149.

Serviço
CRIA: Lançamento do disco “Pra bagunçar”
Datas: 06 e 07/10/2018 (sábado e domingo)
Horário: 16h
Local: Itaú Cultural
Endereço: Avenida Paulista, 149 - São Paulo/SP
Ingressos: Grátis, com distribuição de senhas 1h antes do espetáculo
Classificação: Livre

Bob Zoom no Rio Mar Recife
Bob Zoom no Rio Mar RecifeFoto: dvulgação

No mês das crianças, o RioMar Recife preparou uma super programação em homenagem aos pequenos. A gente já antecipa o que está na agenda para os miúdos: Bob Zoom, o Musical. Durante o espetáculo, os pequenos poderão curtir clássicos como Brilha Brilha Estrelinha, Mariana conta 1, 2, 3 e Marcha Soldado.  O show oficial será no dia 5 de outubro, às 18h, no Teatro RioMar. Os ingressos custam R$ 40 e R$ 20 e já estão disponíveis na bilheteria e no site do teatro.

Bob Zoom é a estrela de uma série de vídeos musicais, que brinca e vive aventuras com sua turma. O personagem estimula brincadeiras que auxiliam no desenvolvimento das habilidades fundamentais das crianças, promovendo a coordenação motora, a percepção visual, a concentração e a orientação espacial de forma lúdica e simples.

Cabine Kids Plaza
Cabine Kids PlazaFoto: divulgação

Uma das datas comemorativas mais especiais para a criançada será antecipada no Plaza Shopping. A comemoração do Dia das Crianças no mall ficará por conta do Cabine Kids. De 4 a 7 de outubro, a meninada poderá participar de brincadeiras no Espaço Kids e Baby, com vários brinquedos e atividades para os pequenos se divertirem. Também poderão descobrir como fazer “meleca” na Oficina de Slimes ou aprender desde cedo a se cuidar no Camarim das Princesas. A programação também inclui três shows/ espetáculos todos dias, além da Arena Moda Kids, estandes distribuídos no mall com marcas do segmento infantil.

No dia 4 de outubro, a programação contará com o Teatro de Marionetes da Marionetes Recife, com o espetáculo Chapeuzinho Vermelho, além da presença de personagens infantis. Na sexta-feira (5), o grupo Marionetes Recife volta ao palco, e em seguida, é a vez da apresentação do espetáculo “As fadas encantadas”. Para encerrar o segundo dia, os Heróis PE voltam com os personagens que fazem sucesso com a criançada.

No sábado, quem comparecer ao Plaza vai poder conferir o show de “Tio Caio e sua Turma”, o Teatro de Marionetes Recife e Tio Bil e sua turma de DJ Kids. Para encerrar Cabine Kids, no domingo haverá a apresentação da Bézer produções, Marionetes Recife e por fim os Heróis PE.

Os shows e brincadeiras acontecem no jardim do piso L2, das 16h às 19h, e são todas gratuitas, com exceção da Oficina de Slimes, que acontece no piso L2 no mall.

EM ALTA – O Cabine Kids no Plaza não poderia deixar de inserir na programação do Dia das Crianças a Oficina de Slimes, que está em alta entre os pequenos. Quem quiser aprender a fazer a massa bem viscosa e colorida pode participar da oficina que acontece durante todo o Cabine Kids na loja onde ficava a Livraria Imperatriz no piso L2. A oficina é voltada para crianças de 4 a 12 anos e terá 50 minutos de duração. As atividades acontecem no horário de funcionamento do shopping (10h às 22h, na quinta, sexta-feira e sábado; e das 12h às 20h, no domingo). O ingresso pode ser adquirido por R$ 20,00 no local.

PRESENTES – Enquanto as crianças brincam, os adultos podem conferir as novidades nos estandes de marcas do segmento infantil e garantir o presente da garotada. Já estão confirmadas a participação de marcas como a Hering Kids, Bibi, Piticas, Lacinhos da Lulu, Villa Kids, Laquitanda Kids, Tatu Blue, Pintando o 7 e muito mais. É a oportunidade de escolher o presente do Dia das Crianças.


Serviço:

O que: Cabine Kids no Plaza – Comemoração do Dia das Crianças

Quando: de 4 a 7 de outubro

Onde: Plaza Shopping

Atividades: Espaço Kids e Baby, Oficina de Slimes, Camarim das Princesas, shows e espetáculos

Acesso: gratuito, com exceção da Oficina de Slimes

Oficina de Slimes: O ingresso pode ser adquirido por R$ 20,00 no local. Duração: 50 minutos. Horário: 10h às 22h, na quinta, sexta-feira e sábado; e das 12h às 20h, no domingo).

Concurso Game Station
Concurso Game StationFoto: divulgação

Outubro é o mês das crianças e 2018 também é o ano comemorativo dos 20 anos do Game Station, então até o final do ano a marca irá promover ações de impacto e interação com os clientes.

A rede de parques de diversões compactos, lançou um concurso cultural que tem como prêmio um parque exclusivo para o ganhador e mais 9 amigos -  Intitulada "Donos do Parque". A participação se dá através de um vídeo de até 30s dizendo o porquê você merece ser o Dono do Parque.


O vídeo mais criativo, de acordo com a comissão julgadora da rede, ganhará uma manhã inteira com mais 9 amigos em um dos 24 parques Game Station espalhados pelo Brasil, com todas as atrações liberadas, brindes e muitas surpresas. 

A campanha fica no ar até o dia 07/10. O resultado será no dia 08 de Outubro e os participantes poderão conferir nas redes sociais do Game Station. O regulamento completo do concurso pode ser acessado através do site: www.gamestation.com.br

Brinque Construindo
Brinque ConstruindoFoto: divulgação

Amarelinha, carrinho de lata, fantoche de colher de pau, peteca e pé de lata. Quem não conhece algumas das tradicionais brincadeiras da cultura popular nordestina? Para incentivar a reduzir o consumo de brinquedos industriais e investir em brincadeiras coletivas, construindo os próprios brinquedos com materiais disponíveis em casa, chega às prateleiras o livro ”Brinque construindo: brinquedos sem fio na tomada”, de autoria de Jeane Karla Albuquerque e Ranniery José Dantas. A obra é uma publicação do Sesc Pernambuco e será lançada neste sábado (29/9), às 15h, na livraria Vila 7, que fica no Espaço Toyolex, no bairro das Graças. A programação conta ainda com conversa com os escritores, oficinas e exposições de brinquedos.

“O título pretende ampliar o conceito de lazer lúdico-educativo e fortalecer os laços entre a família, educadores e alunos, a partir da construção de brinquedos com materiais existentes dentro de casa e outros que são de fácil acesso com baixo custo, sem a necessidade da aquisição de itens manufaturados e uso de energia. O “criar e o fazer” proposto no livro, desperta um novo olhar para o brinquedo e a brincadeira, a partir dos valores emocionais que uma atividade coletiva é capaz de propor”, explica a autora Jeane Karla Albuquerque.

Com 96 páginas, a publicação apresenta uma coletânea com opções de 30 brinquedos, detalhando a história e ensinando a produção deles em quatro etapas: utensílios e materiais, como fazer, registro fotográfico de cada peça concluída e modo de brincar. Corrida das galinhas, tamanca, bolhas, pião, buraco do tatu, pega vareta, totó de caixa, carrinho de lata, caça palavras, labirinto, descida de barbado, jogo da velha, memória de picolé, esgrima são algumas descritas no título.

“A escolha dos brinquedos para a publicação teve como base os que tinham relação com o Nordeste, com a história, com a apropriação cultural, com a memória afetiva e com a possibilidade de reprodução de forma manual. Ressaltamos que momentos de descontração e divertimento podem ser vivenciados por brinquedos que não estão ligados na tomada”, ressalta o escritor Ranniery José Dantas.

A autora Jeane Karla Albuquerque é Graduada em Educação Física e coordena as atividades de recreação do Sesc Pernambuco, onde trabalha desde 2004. Já Ranniery José Dantas, também é da área de Educação Física e trabalha na recreação do Sesc Piedade.

Sesc - O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 19 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Serviço:

Lançamento do livro Brinque construindo: brinquedos sem fio na tomada

Data: 29 de setembro

Horário: 15h

Local: Livraria Vila 7, no Espaço Toyolex – Avenida Rui Barbosa nº 1105

Informações: www.sescpe.org.br

Entrada gratuita

livro infantil Carol Bradley
livro infantil Carol BradleyFoto: divulgação

Uma questão que tem inquietado pais e educadores nos dias atuais é como aproveitar os benefícios das novas tecnologias sem se desconectar da realidade. Sem a pretensão de dar respostas prontas, a escritora e jornalista Carol Bradley se aventura em uma narrativa infantil em busca de debater essa problemática sobre o ponto de vista dos pequenos. No próximo domingo (23), a partir das 16h, ela lança a publicação “Cadê Miguel?”, na Livraria Cultura do Shopping RioMar.

Mãe atenta à forma com que as crianças lidam com a tecnologia, com olhos vidrados nos joguinhos, a autora busca alertá-las sobre a importância de também prestar atenção à realidade que nos cerca. “Muitas vezes nossas crianças deixam de contemplar a natureza ou interagir com outras pessoas”, comenta. Na história, Miguel sai de casa jogando no celular, ele fica tão distraído, que quando a bateria acaba percebe que está no Japão! Ele cruzou o mundo e não reparou, escalou o Monte Everst, caminhou sobre uma sonolenta baleia, andou por um rio colorido, mas estava tão envolvido com os jogos, que não prestou atenção em nada.

Diante do fenômeno, a Sociedade Brasileira de Pediatria já lançou um manual sobre a saúde das crianças e adolescentes na era digital, orientando que a exposição passiva às telas digitais ocorram a partir dos dois anos, com tempo limitado. Segundo a entidade, o ideal é que até os cinco anos esse tempo de exposição seja de no máximo, uma hora por dia, evitando o momento das refeições e antes de dormir, para não prejudicar o sono.

Pais e mães, entretanto, sabem o quanto é difícil cumprir essas recomendações. Quando as crianças estão entretidas com os jogos, normalmente ficam quietinhas e isso representa um sossego para os pais já tão cansados com as responsabilidades profissionais e familiares. “Por isso me dediquei a fazer esse alerta. Acredito que cada família, dentro do possível, deve oferecer outras formas de diversão aos pequenos: brincar com outras crianças, no parque, na praia, sem dúvida é muito mais construtivo para o desenvolvimento deles”, defende Carol.

SERVIÇO
Lançamento do livro infantil “Cadê Miguel?”
Com contação de história por Ilana Ventura
Local: Livraria Cultura do shopping RioMar
Data: 23 de setembro (domingo)
Horário: das 16h às 19h

Fenelivro
FenelivroFoto: Ashely Melo/ Divulgação

A Fenelivro também é lugar de criança. Além de variados títulos infantis que estão disponíveis nos estandes, tem programação especial para os pequenos neste sábado e domingo (22 e 23). O Cantinho da Trela é o espaço direcionado para os pequenos que desejarem ouvir e ler histórias ou curtir uma apresentação musical. Além do palco, que recebe nos dois dias o grupo de contação de histórias Tapete Voador, vários brinquedos com acesso gratuito estarão disponíveis.

Os livros Pipo, o troca-chupetas, A história de uma boca e Pequeninas histórias para gente pequenina, todos lançados pela Cepe Editora, serão interpretados pelo Tapete Voador. No domingo à tarde, o poeta e compositor Alexandre Revoredo lança seu primeiro livro infantil, Dianimal (Cepe Editora), com ilustrações de Stuart Marcelo. Os hábitos curiosos dos animais diurnos e noturnos são apresentados em versos rimados. O livro tem formato diferenciado, é interativo e se transforma em jogo. Além dos autógrafos, o autor também contará a história no palco.

Também pensando nas crianças, a Editora IMEPH montou uma carreta-palco, que fica próximo ao Cantinho da Trela. Às 15h30 do sábado tem contação de histórias com a dupla Susana Morais e Diego Gibran. No domingo, será oferecida uma oficina literária para o público infantil a partir das 10h30. Às 11h, a escritora Camila Inojosa lança o livro Lápis mágico e, para finalizar a programação, tem mais contação de histórias às 15h30 com Paulo André Viana.

Além da programação direcionada, será lançada no Café Literário do domingo, às 15h, a HQ Eba! Eu vi meu time ser campeão, que celebra os 10 anos da Copa do Brasil conquistada pelo Sport. Marcelo Cavalcante e Mano Lee descrevem a emoção de duas crianças torcedoras que, na época, sonhavam em ver uma partida do time no estádio. O objetivo é passar a emoção aos pequenos torcedores de hoje, que não chegaram a viver este momento.

ESPAÇO GEEK

O Power-Kon Recife mais uma vez participa da programação da Fenelivro. Nesta edição o espaço geek está homenageando os 30 anos da franquia Street Fightere disponibiliza diversos consoles, antigos e modernos, para que o público possa experimentar o game. No sábado, das 14h às 17h, o palco principal recebe apresentação de K-Pop, concurso de cosplays, interação do elenco da peça Peter Pan e karaokê.

A Feira Nordestina do Livro funciona das 9h às 21h, no Centro de Convenções de Pernambuco. A entrada é pelo portão H e o acesso é gratuito.

Programação Cantinho da Trela (Espaço infantil)

Sábado, 22.09

16h - Apresentação do grupo Tapete Voador e contação de histórias dos livros Pipo, o troca-chupetas (Cepe), de Tatiana Sotero; e A história de uma boca (Cepe), de Ana Valéria Fink.

Domingo, 23.09

11h - Apresentação do grupo Tapete Voador e contação de histórias do livro Pequeninas histórias para gente pequenina (Cepe), de Xico Bizerra.

15h - Lançamento do livro Dianimal (Cepe), com contação do autor do livro, Alexandre Revoredo.

Diversão em alto mar
Diversão em alto marFoto: divulgação

Está aberta a temporada de verão e junto com ela o Shopping Guararapes recebe um cruzeiro para lá de divertido a partir da próxima sexta-feira, 07/09. Cheio de aventuras, com escorregos, cordas e obstáculos, além de um imenso mar azul de bolinhas, o evento Diversão e Alto Mar fica na Praça de Eventos do mall até o dia 15/10.

Basta entrar no mar de bolinhas para a diversão começar, mas para a criançada que gosta de uma boa aventura, o brinquedo conta com um labirinto cheio de obstáculos, subidas que são feitas por cordas e ainda jogos com itens infláveis, como vôlei. Para brincar é R$ 18,00 por 15 minutos + R$ 1,00 cada minuto adicional e podem participar crianças de todas as idades. As menores de 4 anos devem entrar acompanhadas pelo responsável.

Dianimal lançamento Cepe
Dianimal lançamento CepeFoto: Divulgacao

Há dez anos trabalhando com música e poesia, Alexandre Revoredo envereda agora pelo mundo da literatura infantil com Dianimal, livro que será lançado pela Cepe Editora no próximo dia 16, a partir das 9h, dentro da programação do Domingo dos Pequenos no Museu, que acontece no Museu do Homem do Nordeste, em Casa Forte. Ilustrado pelo designer Stuart Marcelo, Dianimal explora de forma lúdica e divertida os hábitos dos animais do dia e da noite.

Em versos rimados, escritos em quadras ou em formato de haikais, o livro apresenta a poesia às crianças. Para o autor, uma experiência simples quando estimulada. “Música e poesia andam juntos, então as crianças quando se interessam pelas melodias, começam a decorar as histórias contadas nas canções e até fazem suas próprias rimas”, garante.

O formato diferenciado do livro, uma proposta editorial da Cepe, permite ainda que o livro possa ser lido na ordem que o leitor desejar. Ao todo, são 24 animais, 12 que aparecem durante o dia e outros 12 noturnos, sendo assim, um animal para cada hora do dia. As páginas vêm em formato de cartão dentro de uma caixa, possibilitando uma maior interação entre pais e filhos, por exemplo. “Além do mais, professores podem usar o livro como ferramenta lúdica no processo de alfabetização e introdução à poesia. O texto é todo escrito em caixa alta com o objetivo de facilitar a leitura das crianças mais novas, entre cinco e sete anos”, destaca o editor da Cepe, Wellington de Melo. Este é o primeiro livro editado pela companhia com um formato não-convencional e que não se esgota na leitura: ele também se transforma em jogos. “É semelhante a um baralho, e no fim da leitura as páginas, que são feitas com papel mais resistente, se transformam em peças de um quebra-cabeças oculto e um jogo da memória”, completa Wellington de Melo.

Dianimal é um dos 46 títulos infantojuvenis que a Cepe Editora lançou em 2018 e até dezembro serão publicados outros sete, concluindo o ano com mais de cinquenta livros no catálogo voltado para esse público. O investimento na formação de novos leitores com pensamento crítico também é um dos objetivos do autor Alexandre Revoredo. “Eu sempre procurei fazer arte para além do entretenimento e espero que seja assim com Dianimal. Todo trabalho que nos tira de um lugar comum e nos coloca a pensar as coisas de forma diferente é um ato político”, explica.

O lançamento, no evento Domingo dos Pequenos no Museu – realizado em parceria com o Museu do Homem do Nordeste - será acompanhado de apresentação de música de Alexandre Revoredo música e contação da história. Segundo o poeta, já surgiram novas canções que dialogam com a história do livro infantil. Outra novidade são as continuações de Dianimal. “Pretendemos fazer uma trilogia, seguindo o formato interativo do primeiro livro e mantendo a distinção entre animais de dois ambientes diferentes”.

SERVIÇO

Lançamento do livro Dianimal no Domingo dos Pequenos no Museu

Quando: 16 de setembro
Horário: A partir das 9h
Onde: Museu do Homem do Nordeste
Endereço: Avenida Dezessete de Agosto, 2187, Casa Forte

Preço do livro: R$ 28 (livro impresso) / R$ 8 (E-book)

Orquestra Arruando
Orquestra ArruandoFoto: divulgacao

Domingo, 16 de setembro, é dia de cair no frevo! A terceira edição do projeto “Recife do Frevo e do Passo”, em que a Orquestra Arruando se apresenta quinzenalmente, a partir das 15h30, no Marco Zero, celebra o Dia Nacional do Frevo, comemorado dia 14 deste mês – a data também marca a despedida do Maestro Nunes, Mestre-Vivo do Frevo, falecido há dois anos. Em sua homenagem, a Arruando executará algumas de suas composições, como “Cabelo de Fogo”, um hino nas ladeiras de Olinda e nas ruas do Recife Antigo durante o Carnaval. Como valorização da nossa cultura, a Arruando abre a festa para o Mestre Zeca do Rolete, que mostra seu coco de roda. Patrocinada pela Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, a 1ª temporada do projeto segue até novembro.

O compositor, arranjador e maestro José Nunes de Souza era um dos sete Mestres-Vivo do Frevo. Nascido em 1931, em Vicência, Zona da Mata Norte, começou a carreira musical aos 9 anos e se mudou para o Recife aos 19, quando intensificou a projeção artística. Foi um dos fundadores da Banda da Cidade do Recife. Nos anos 1960, participou do Movimento de Cultura Popular, acompanhado de Francisco Brennand, Ariano Suassuna, Hermilo Borba Filho, Abelardo da Hora. Em 1972, criou a Escola Musical de Frevo. A obra extensa contabiliza cerca de 3 mil frevos. O Maestro Nunes foi o homenageado do Carnaval do Recife em 2007 e recebeu o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco, em 2009. Aos 85 anos, faleceu no dia 14 de setembro em 2016, coincidentemente no Dia Nacional do Frevo.

O coco do Mestre Zeca do Rolete fará participação especial no show da Arruando, dentro da proposta de promover os ritmos da cultura pernambucana. Aos 75 anos, José Galdino dos Santos, intitulado Mestre-Vivo pelo Ministério da Cultura, nasceu e cresceu no coco. Seguiu os passos dos familiares e repassou o aprendizado para os filhos e netos. Batalha com entusiasmo para a preservação do coco. “Seguro como uma obrigação de levar o coco de roda como expressão da cultura brasileira”, defende o artista.

Nesta terceira edição do projeto Recife do Frevo e do Passo, além do aulão de frevo, oferecido em todos os shows da Arruando, o Mestre Zeca ensinará passos do coco. Haverá distribuição de cartilhas com as letras das músicas e de 120 sombrinhas para o público presente.

PROJETO – Sob comando do maestro Kidbone e com destaque para o Mestre-Vivo do Frevo Edson Rodrigues no saxofone, a Orquestra revisita em seus shows clássicos de Capiba (“Madeira que Cupim não Rói”, “Oh, Bela”), Nelson Ferreira (“Evocação Nº 1”) e Luiz Bandeira (“Voltei, Recife”, “É de Fazer Chorar”), entre outros, ao mesmo tempo em que transita por músicas da atual safra do ritmo. O repertório também contempla composições inéditas e autorais da Arruando. O projeto ocorre no Marco Zero até o dia 4 de novembro, com shows completos de frevo, com 40 artistas em cena, entre músicos, maestro, passistas e cantores, além de uma equipe de 15 profissionais nos bastidores, como diretor musical, equipe de administrativo e comunicação

Na véspera do show, no sábado (15), os 30 músicos da Orquestra Arruando farão um ensaio aberto no Marco Zero, quando estudantes e profissionais de música podem levar seus instrumentos para tocarem juntos. Também o Grupo Arruando de Passo, formado por dez passistas, comanda ensaio seguido por aulão de frevo. O encontro será das 15h às 18h.


SOBRE A ORQUESTRA – Criada em 2013 com a meta de implementar um projeto permanente de valorização do frevo (música e dança), a Orquestra Arruando conseguiu realizar 32 shows no Marco Zero, numa luta incansável por apoios e patrocínios. A 1ª temporada deste novo projeto se dá através do Governo Federal (Ministério da Cultura / Lei Rouanet), dos patrocínios da Cervejaria Ambev, Eletrobras Furnas e Raça Distribuição, com apoio institucional da Prefeitura do Recife.


Ficha técnica
Direção Artística | Nilo Otaviano.
Direção Executiva | Fernando Estelita e Valéria Correia.
Regência e Arranjos | Melquíades Oliveira (Kidbone).
Saxofones | Edson Rodrigues, Danilo Nascimento, David Pedro, Fábio Andrade, Júnior Souza, Murilo Apolinário e Rodrigo Xavier.
Trompetes | Anderson Vieira, David Barbosa, Jefferson Silveira, Luiz Antônio e Hugo Nascimento.
Trombones | Geony Melo, Thaison Vitor, William Gabriel, Elexsandro Souza e Ilana Marques.
Percussão | Jakkaré, Natalício Sales e Verton Batera.
Baixo Elétrico | Wellington Moraes.
Guitarra | Bené Sena.
Tuba | Alex Santana.
Teclado | Ricardo D’Souza.
Vozes | Nilo Otaviano, Vânia Veríssimo e Louro Castro.
Coro | Maíra Meira, Maju Gomes e Rossônia Kelly.
Coreografia | Émerson Dias.
Passistas | Duda Ramos, Elizeu Araújo, Fernanda Damasceno, Heitor Henrique, Ísa Oliveira, Karina Dias, Madson Lopes e Rayara Suyene.

Agenda de shows – 1ª temporada
Marco Zero, domingos, das 15h30 às 18h.

19 de agosto
2, 16 e 30 de setembro
14 de outubro
4 de novembro
*o show que seria dia 28 de outubro acontecerá em 4 de novembro devido ao 2º turno das eleições

SERVIÇO
Show da Orquestra Arruando
* Com participação do Mestre Zeca do Rolete
Dia 16 de setembro (domingo), das 15h30 às 18h
No Marco Zero – Bairro do Recife
Acesso gratuito

comece o dia bem informado: