Carol Levy no Rio Mar
Carol Levy no Rio MarFoto: Divulgação

Carol Levy está de volta aos palcos depois de uma pausinha para nascimento de Olívia, sua filha caçula. A gente então comemora daqui a volta, as novidades e a família linda de Carol!!! O projeto Conto de Casa, que começou com vídeos de histórias gravados em casa para o canal dela do YouTube, ganhou público fiel no mundo virtual: virou um vagão no famoso aplicativo Playkids, e agora vira espetáculo!!! A ideia é colocar as crianças para participarem muito mais de todo o espetáculo, ora cantando junto, ora sugerindo o que acontecerá na história e até ajudando a artista a cozinhar uma sopinha. O espetáculo terá aproximadamente 70 minutos de duração e o repertório contempla três histórias, muitas músicas das duas temporadas do Contarolando e, também alguns sucessos que as crianças sempre pedem.

FICHA TÉCNICA E SERVIÇO: CONTO DE CASA

Ficha Técnica:

Concepção: Carol Levy e Luciano Pontes
Direção Geral: Carlinhos Borges e Carol Levy
Direção Artística: Luciano Pontes
Texto: Carol Levy
Cantora e Contadora de Histórias: Carol Levy
Direção Musical, Arranjos, Trilha Sonora e Percussão: Carlinhos Borges
Técnico de P.A: Gera Vieira
Operação de Luz: Álvaro Bomba
Criação de Figurinos: Marcondes Lima Criação e Execução de Cenários: Bia Pessoa Produção Geral: Camilla Pedro
Realização: Onomatopeia Ideias Sonoras Duração: 70 Minutos
Classificação: Livre

Serviço:

Conto de Casa
Dias 02 e 09 de Setembro, 16h30
Teatro Eva Herz, Livraria Cultura, Shopping Rio Mar Recife Informações: (81) 3256 7500
Ingressos: R$ 50 (inteira), R$ 25 (meia)
Crianças até 24 meses não pagam

Mariane Bigio na Bienal do Livro do Rio
Mariane Bigio na Bienal do Livro do RioFoto: Gustavo Bettini/Divulgação

A autora pernambucana Mariane Bigio participa da XVIII Bienal Internacional do Livro Rio levando a Literatura de Cordel Infantil para o maior evento literário do país. Bigio se apresenta no stand da editora cearense IMEPH com seus cordéis e livros infantis na quinta-feira (07/09), as 15h. Todas as obras de Mariane são feitas com a técnica e as rimas do gênero literário popular. A Bienal acontece no Riocentro até o dia 10 de setembro.
A apresentação de Mariane vai reunir várias histórias infantis em cordel de sua autoria.

Sobre Mariane Bigio

A cordelista, radialista e contadora de histórias Mariane Bigio é autora de seis livros infantis: Um Cordel para Muitos Chapéus (Editora Bagaço - PE, 2015), Dentro do Bucho, Um Bicho! (Evoluir - SP, 2015), Hortência (Editora Coqueiro - PE, Prefeitura do Recife, 2015), O Baú de Surpresas (IMEPH - CE, 2016), O Quebra-Nozes em Cordel (IMEPH-CE, 2016) e O que é, o que é Frutas? (Editora IMEPH-CE, 2016). Bigio também realiza projetos institucionais que utilizam o cordel como instrumento pedagógico, é apresentadora e produtora de um programa de rádio infantil que leva literatura, música e informação para as crianças (Rádio Matraquinha - exibido semanalmente, na Rádio Folha/PE 96,7FM), é cantora numa Banda Infantil que reúne composições de grandes clássicos como Vinicius de Moraes e Toquinho, e mantém um canal no youtube onde propaga suas obras e o Cordel (youtube/cordelanimado).

Sobre a Bienal

A Bienal do Livro Rio é o mais importante acontecimento editorial do Brasil, e o evento literário que mais mobiliza o país. Para o leitor, é a oportunidade de aproximação dos seus autores favoritos e de conhecer muitos outros. Durante onze dias, o Riocentro sedia a festa da cultura, da literatura e da educação. Nos espaços dedicados às atrações, o público pode participar de debates, bate-papos com personalidades e escritores, além das atividades culturais que promovem a leitura. Atraente, variada e dinâmica, a Bienal do Livro Rio é diversão para toda a família! A cada edição, o evento cultural e empresarial supera expectativas de público, vendas e mídia.


18ª Bienal Internacional do Livro Rio
31 de agosto a 10 de Setembro de 2017
Horários de Funcionamento
31 de agosto: 13h às 22h
7 de setembro (feriado): 10h às 22h
Durante a semana: 9h às 22h
Finais de semana: 10h às 22h
Local do Evento
Riocentro
Av. Salvador Allende, 6555
Barra da Tijuca
22780-160 – Rio de Janeiro – RJ
E-mail
Sugestões, dúvidas e comentários
contato@bienaldolivro.com.br
Ingressos:
Inteira: R$ 24,00
Meia-entrada: R$ 12,00

Oficinas para crianças na Baby Bazar
Oficinas para crianças na Baby BazarFoto: Divulgação

O Hotel Village Porto de Galinhas, em parceria com o site corujices.com e a TopMDI levarão para a Baby Bazar uma mostra  do trabalho que vem sendo desenvolvido no hotel, com o estímulo ao brincar criativo, ao sensorial, à arte e a solidariedade. Na quinta-feira (17/08), as famílias visitantes da Baby Bazar poderão pintar camisas com desenhos elaborados pela adolescente artista plástica Sofia Maia em apoio ao projeto Aldeias Infantis. Na sexta, é a vez de Gi Sátiro, do Brincando com Arte, ensinar a fazer massinha de modelar e brincar muito com o resultado. No sábado, Bruno Anselmo, publicitário e ilustrador, fará um oficina de desenho para as crianças. O encerramento da programação no Corujices Brincante será com uma oficina de aquarela ministrada pela artista plástica e ilustradora Ju Paes Barretto. As inscrições para cada oficina custam R$15 e podem ser feitas no local. Serão 20 vagas para cada turma. Para a pintura das camisas é necessário apenas adquirir a camisa (R$20), e toda renda será revertida para a ONG Aldeias Infantis. 

Confira a programação completa: 

Quinta-feira (17/08)
14h as 17h - Pintura de camisas com a ONG Aldeias Infantis (Desenhos de Sophia Maia em apoio ao projeto)
16h - Contação de Histórias com Jojoba

Sexta-feira (18/08)
14h30, 16h e 17h30 - Oficina de Arte com Gi Sátiro do Brincando com Arte (massinha de modelar) 

Sábado (19/08)
14h30, 16h e 17h30 - Oficina de Ilustração para criança com Bruno Anselmo do Bora Criar 

Domingo (20/08)
14h30, 16h, e 17h30 - Oficina de Aquarela para crianças com a artista plástica e ilustradora Ju Barretto 

Serviço:
Corujices Brincante 
Local: Baby Bazar no estacionamento do Plaza Casa Forte 
17 a 20 de Agosto de 2017
Camisas Aldeias Infantis: R$20 (vinte reais)
Quinta-feira (17/08) - Pinturas das Camisas: 14h as 17h 
Quinta-feira (17/08) - Contação de Histórias: 16h
Oficinas: R$15 (quinze reais)
Sexta-feira (18/08) - Brincando com Arte: 14h30, 16h e 17h30
Sábado (19/08) - Ilustração para crianças: 14h30, 16h e 17h30
Domingo (20/08) - Aquarela para crianças: 14h30, 16h e 17h30
Vagas: 20 cada turma

Conheça o Aldeias Infantis - www.aldeiasinfantis.org.br - Uma Organização sem fins lucrativos, de promoção ao desenvolvimento social que trabalha desde 1949, na defesa, garantia e promoção dos direitos de crianças, adolescentes e jovens. O trabalho conta com o apoio financeiro de pessoas físicas que contribuem com um valor mensal, e por parcerias com empresas, que financiam projetos e convênios com o Poder Público.  Além do apoio financeiro, a Organização conta com a divulgação de embaixadores internacionais e nacionais. A obra surgiu com o educador Hermann Gmeiner, em Imst, Áustria, com o objetivo inicial de acolher crianças órfãs, vítimas da II Guerra Mundial. Com o passar do tempo o campo de atuação foi ampliado, com programas para famílias, comunidades, defesa de direitos e ações voltadas à saúde e nutrição, centros educacionais e promoção de direitos das mulheres, além do auxílio em emergências. Atualmente, em 133 países e territórios, são crianças em situação de vulnerabilidade social, que perderam ou estão prestes a perder os cuidados de suas famílias.

programa Rádio Matraquinha
programa Rádio MatraquinhaFoto: Gustavo Bettini/ Divulgação

Com o tema "Arte de chão - Da minha aldeia semeio o mundo" acontece o projeto Jornada Literária do Araripe, que homenageia o escritor Cícero Belmar.

O evento organizado pelo Sesc Pernambuco vai percorrer as cidades de Araripina, Ouricuri, Bodocó e Ipubi.

O objetivo da Jornada é estimular a leitura e escrita através do intercâmbio cultural. A programação conta com debates, oficinas, apresentações culturais até o dia 19 de agosto.

A Rádio Matraquinha participa da programação em Ouricuri e Bodocó nesta quinta e sexta-feira. Confira a programação completa:

14/08 (Segunda) - Araripina

14h - Cordel de todo tamanho - Susana Morais (Recife) e Diego Gibran (Recife) recebem Chico Pedrosa (Guarabira/PB)|Sesc Ler Araripina
14h - Assum preto teu cantar é tão livre como o meu - bate papo e récita com Fred Caju (Recife) e Tony Aldair (Araripina)|Escola Técnica Estadual Pedro Muniz Falcão
14h - A métrica também é livre - bate papo e récita com Gleison Nascimento (Recife) e Junior Baladeira (Ouricuri)|Escola Luiz Gonzaga Duarte - CERU
14h - Meu Reino pela Literatura - A Tropa do Balaco Baco (Arcoverde) emerge a obra de Cícero Belmar (Bodocó)|Pátio da Escola Professora Maria Luzanira Muniz Ramos
14h às 16h - Oficina O corpo é a terra da palavra com Rubi (Goiânia/GO)|Sala de Teatro/Dança - Sesc Ler Araripina
16h - Cortejo para o sol se por|Da Praça Dr. Pedro ao Sesc Ler Araripina
19h – Grupo Sementes Sonoras (Araripina)|AEDA/FAFOPA
19h30 - Belmar em primeira pessoa – Susana Morais (Recife) conversa com Cícero Belmar (Bodocó)|AEDA/FAFOPA
20h30 - Uma voz para ver e ouvir - o canto de Rubi (Goiânia/GO) |AEDA/FAFOPA

15/08 (Terça) - Araripina

08h às 12h - Oficina Artesania e Autonomia Editorial com Fred Caju (Recife) | Sala de Teatro/Dança – Sesc Ler Araripina
09h - A Passagem Secreta - uma manhã de histórias Susana Morais (Recife) e Diego Gibran (Recife) |Sesc Ler Araripina
09h - RE TE TEI - Teatro de bonecos com a com a Tropa do Balaco Baco (Arcoverde)|Praça do Hospital
14h - Meu Reino pela Literatura - A Tropa do Balaco Baco (Arcoverde) emerge a obra de Cícero Belmar (Bodocó)|Sesc Ler Araripina
14h - A métrica também é livre - bate papo e récita com Gleison Nascimento (Recife) e Junior Baladeira (Ouricuri)|Escola Técnica Estadual Pedro Muniz Falcão
14h - Assum preto teu cantar é tão livre como o meu - bate papo e récita com Fred Caju (Recife) e Tony Aldair (Araripina)|Escola Luiz Gonzaga Duarte - CERU
14h -A Passagem Secreta -uma tarde de histórias com Susana Morais (Recife) e Diego Gibran (Recife)|Pátio da Escola Professora Maria Luzanira Muniz Ramos
14h às 16h - Oficina O corpo é a terra da palavra com Rubi (Goiânia/GO)|Sala de Teatro/Dança - Sesc Ler Araripina
19h30 - De Bezerros a Roliúde- Cícero Belmar (Bodocó) conversa com Homero Fonseca (Bezerros)|AEDA/FAFOPA
21h - Quando a poesia e o riso nascem do chão - récita com Chico Pedrosa (Guarabira/PB)|AEDA/FAFOPA
22h - Arena da Poesia - Lunna Amorim (Araripina) acolhe Carlos Paixão (Araripina), Dona Terezinha (Araripina), Fred Caju (Recife), Gleison Nascimento (Recife), Juarez Nunes Costa (Ouricuri), Lala Modesto (Araripina), Liliane Dias (Araripina), Maury Rodrigues (Araripina), Ramirio Nunes (Ouricuri),Sebastião Dias (Araripina) e Vavá (Araripina) |The Casa do Vô Pub


16/08 (Quarta) - Ipubi

09h - A Passagem Secreta -uma manhã de histórias com Susana Morais (Recife) e Diego Gibran (Recife) |Escola Municipal Euzélia de Melo Campos
10h - Meu Reino pela Literatura - A Tropa do Balaco Baco (Arcoverde) emerge a obra de Cícero Belmar (Bodocó) |Escola Municipal Euzélia de Melo Campos
14h - Pegue um bigu na poesia -récita e roda de conversa com Fred Caju (Recife) e Gleison Nascimento (Recife) |Escola Arão Peixoto de Alencar
14h às 17h - Oficina de cordel com Susana Morais (Recife) e Diego Gibran (Recife)|Auditório da SMEJ (Secretaria Municipal de Educação e Juventude)
19h -RE TE TEI - Teatro de bonecos com a Tropa do Balaco Baco (Arcoverde) |Pátio da Igreja Matriz
20h - Um toró de versos com Chico Pedrosa (Guarabira/PB) |Pátio da Igreja Matriz
20h30 - Ritmo e Poesia -Hip Hop Colisão B. Boys (Araripina). Participação especial de Junior Baladeira (Ouricuri) |Pátio da Igreja Matriz

17/08 (Quinta) - Ouricuri

10h - A Rádio Matraquinha (Recife) recebe Cícero Belmar (Bodocó) numa conversa sem pé nem cabeça|Pátio do Colégio Doutor Jose Coriolano Sobrinho
10h - A Princesa do Reino da Pedra Fina e outras fantásticas histórias com Cia Agora Eu Era (Recife)|Centro Educacional Caminho Perfeito
14h - O menino e o poeta com Virgílio Siqueira (Ouricuri) e Davi Siqueira (Petrolina)|Pátio da Escola Dom Idílio José Soares
14h -Onde a poesia e a música se encontram- roda de conversa e récita com José Maria Almeida Marques (Buíque), Junior Baladeira (Ouricuri) e Neudo Oliveira (Ouricuri)|Pátio da EscolaMunicipal São Vicente de Paula
14h às 17h - A Rima Desenhada - oficina de cordel e ilustração com Susana Morais (Recife) eDiego Gibran (Recife)|EREM Fernando Bezerra
17h - RE TE TEI - Teatro de bonecos com a Tropa do Balaco Baco (Arcoverde)|Praça Padre Francisco Pedro da Silva - Praça da Igreja
17h30 -A poesia corre na rua - récita itinerante com Fred Caju (Recife), Gleison Nascimento (Recife), Junior Baladeira (Ouricuri), Neudo Oliveira (Ouricuri) e Tony Aldair (Araripina)|Praça Frei Damião
19h-Belmar em primeira pessoa - Mariane Bigio(Recife) conversa com Cícero Belmar (Bodocó)|Teatro Carlota Peixoto
20h - Palavras andantes - A Trup Errante (Petrolina) emerge a obra de Virgílio Siqueira (Ouricuri)|Teatro Carlota Peixoto
21h-Scopos com o grupo Triato (Araripina)|Teatro Carlota Peixoto

18/08 (Sexta) - Ouricuri

14h - A métrica também é livre - bate papo e récita com Gleison Nascimento (Recife) e Junior Baladeira (Ouricuri)|Colégio e Curso Alternativo
14h - O menino e o poeta com Virgílio Siqueira (Ouricuri) e Davi Siqueira (Petrolina)|Pátio da Escola Dom Helder
14h - O cordel no pátio da escola- Dilma de Caboclo (Ouricuri), Juarez Nunes Costa (Ouricuri) e Ramirio Nunes (Ouricuri)|Pátio doGinásio Municipal Moises Mendes
14h - Palavras Andantes - com a Trup Errante (Petrolina)|Pátio da Escola Dom Idílio José Soares
14h às 17h - A Rima Desenhada - oficina de cordel e ilustração com Susana Morais (Recife) eDiego Gibran (Recife)|EREM Fernando Bezerra
14h às 17h -Oficina Artesania e Autonomia Editorial com Fred Caju (Recife) |Auditório do CEREST
19h30-O escritor guarda um monstro na gaveta? palestra e leitura com Mário Rodrigues (Garanhuns) - vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2016|Teatro Carlota Peixoto
21h - Baião Mais Eu com Neudo e Elmo Oliveira (Ouricuri)|Teatro Carlota Peixoto

18/08 (Sexta) - Bodocó

07h30 - Uma Alvorada para Seu Bindô
09h às 12h - Oficina Artesania e Autonomia Editorialcom Fred Caju (Recife)|Sesc Ler Bodocó
09h às 12h - Oficina de cordel com Susana Morais (Recife) eDiego Gibran (Recife)|Colégio Municipal Antonia Lócio da Cruz
10h - Brincadeiras Tagarelas com a Rádio Matraquinha (Recife)|Sesc Ler Bodocó
10h - Histórias da Cachola com Stephany Metódio & Alexandre Revoredo (Garanhuns) |Intelectual Colégio e Curso
10h -As Rivais - Leitura dramatizada com o grupo Artimanha (Bodocó) e conversa com Cícero Belmar (Bodocó), homenageado da Jornada|Escola João Carlos Lócio
10h -A Princesa do Reino da Pedra Fina e outras fantásticas histórias com a Cia Agora Eu Era (Recife)|Escola Nova Dimensão
14h - A Rádio Matraquinha (Recife) recebe Cícero Belmar (Bodocó) numa conversa sem pé nem cabeça|Sesc Ler Bodocó
14h - Entre Cordas e Palavras - rética com Sarah Lopes & Davi Leandro (Bodocó)|EREM Arthur Barros Cavalcante
14h - Itinerário poético - roda de conversa e récita com José Maria Almeida Marques (Buíque),Solleany Andrade (Bodocó)e Soleanderson Andrade (Bodocó)|Escola Estadual Luiz Gomes Diniz - Sipaúba
15h - As Rivais - Leitura dramatizada com o grupo Artimanha (Bodocó) e conversa com Cícero Belmar (Bodocó), homenageado da Jornada|Escola João Carlos Lócio
15h - Histórias da Cachola com StephanyMetódio& Alexandre Revoredo (Garanhuns)|Escola Municipal São Francisco
19h30 - Novos Nordestinados - Marcus Accioly (Aliança) recebe os repentistas Antônio Marcos (Caruaru) e Nogueira Neto (Belo Jardim)|Sesc Ler Bodocó
21h -Uma noite de aboios - Antônio Santana (Granito), RonaldoAboiador (⁠⁠⁠Palmeirina)e VanderlanAboiador (Bodocó)|Sesc Ler Bodocó
22h -Pré-lançamento do disco Mixó de Davi Leandro (Bodocó) |Sesc Ler Bodocó

19/08 (Sábado) - Bodocó

10h - Histórias da Cachola com StephanyMetódio& Alexandre Revoredo (Garanhuns)|Várzea do Meio
10h30 - A Princesa do Reino da Pedra Fina e outras fantásticas histórias com a Cia Agora Eu Era (Recife)|Bairro de São Francisco
17h - História, causos e lendas com Cícero Belmar (Bodocó) e José Maria Almeida Marques (Buíque) |Fazenda FEBO
18h -Cantoria de Pé de Parede com Antônio Marcos (Caruaru) e Nogueira Neto (Belo Jardim)|Fazenda FEBO
19h- Uma peleja de voz e violão - Sarah Lopes (Bodocó) e Neudo Oliveira (Ouricuri)|Fazenda FEBO
20h -Da Ilha pra Cá -O samba de véio e o verso de terreiro (Petrolina)|Fazenda FEBO
21h - Isaar (Recife)|Fazenda FEBO

Bita e a imaginação que sumiu
Bita e a imaginação que sumiuFoto: Divulgação

O desenho animado pernambucano Bita estreia no Teatro em São Paulo neste sábado. “Estamos migrando da plataforma digital para o real”, relata o pernambucano João Henrique, um dos criadores do personagem e autor da adaptação musical teatral Bita e a Imaginação que Sumiu, dirigida por Alessandra Colasanti, que faz temporada no Frei Caneca. “É uma experiência enriquecedora interagir, ao vivo, com o nosso público, através de uma peça de teatro. Esta nova linguagem do BITA contribuirá, ainda mais, para a função educativa e social dos personagens com a plateia infantil”, conclui João.

A montagem se apropria da técnica transmídia e da linguagem multiplataforma, além de apresentar uma dramaturgia construída exclusivamente para o teatro, com 11 músicas autorais, divertidas e educativas, que já fazem sucesso na internet. Os seis atores cantores que interpretam o personagem título foram escolhidos em audição para o espetáculo. São eles: Barbara Mendes, Isabella Quadros, João Manoel, Robson Lima, Rodrigo Drade e João Velho. Pedro Lima assina a direção vocal, Renato Linhares a direção de movimento e Clívia Cohen a direção de arte.

O musical conta a aventura de Bita e seus amigos Lila, Tito e Dan, que precisam reverter uma inesperada falta de imaginação no planeta em que habitam. Na Galáxia da Alegria, entre o Planeta Música e o Planeta Circo, está o maravilhoso mundo Bita. Lá moram Bita e pequenos e engraçados seres verdes, chamados Plots. Nesse lugar tudo é movido a um combustível especial: imaginação. Um dia os Plots percebem a falta deste ingrediente no reservatório do planeta. Cabe ao protagonista viajar para a Terra com seus amigos na tentativa de solucionar a questão.

O desenho animado foi o primeiro filme de animação feito no Norte/Nordeste, exibido na programação diária de um canal de televisão. Bita e a Imaginação que Sumiu é fruto de uma parceria entre a empresa criadora dos personagens, Mr.Plot e a Gávea Filmes, produtora de cinema e teatro.

“Bita surgiu, na verdade, para ilustrar o quarto da minha primeira filha, em 2011. Ele foi criado para essa geração de crianças que está aqui”, comenta Chaps Melo, autor das canções que ilustram os vídeos do youtube e o espetáculo. “Conheci os personagens através da minha assistente Marcela, que tem uma filha pequena que adora os desenhos e foi a maior incentivadora para a realização da montagem”, conta Bianca de Felippes que produz o espetáculo em parceria com Gabriel Bortolini.

BITA E A IMAGINAÇÃO QUE SUMIU
Teatro Shop. Frei Caneca (600 lugares)
Rua Frei Caneca, 569 / 7º andar
Bilheteria: 3472.2229
Terça a domingo, a partir das 13h. Aceita todos os cartões de débito e crédito, não aceita cheque. Estacionamento do shopping - R$ 10 as duas primeiras horas
Vendas: 4003.1212 - www.ingressorapido.com.br

Sábado e Domingo às 15h
Ingressos: R$ 60
Crianças de colo até 2 anos não pagam
Duração: 50 minutos
Recomendação: Livre
Gênero: musical infantil

Estreia dia 05 de Agosto de 2017
Temporada: até 29 de Outubro

Ficha Técnica:
Texto: João Henrique Souza
Músicas: Chaps Melo
Direção Artística: Alessandra Colasanti
Elenco: Barbara Ferr, Isabela Quadros, João Manoel, João Velho,
Robson Lima e Rodrigo Drade
Direção de Arte: Clivia Cohen
Direção Vocal: Pedro Lima
Direção de Movimento: Renato Linhares
Iluminação: Russinho
Assistente de Direção: Lorena Morais
Figurinista Assistente: Clara Cohen
Perucas e Fantoches: José Cohen
Cenotécnico e Pintor de arte: Massimo Esposito
Assistente de cenotécnico: William Marcello
Aderecistas: Daniely Stenzel, Marcia Marques e Tassia Marques
Contramestre/Costureiros: Lucila Belcic, Paulo Barbosa, Selma Mantovani
Visagismo: Auri Alex Mota
Sonoplastia: Roberto Silva
Direção de Cena: Lucia Martinusso
Fotografia: Elisa Mendes
Assistente de foto e vídeo: Juliana Chalita
Programação Visual: Leonardo Gomez
Assessoria de Imprensa: Morente Forte
Assessoria Jurídica: Roberto Silva
Produção Executiva: Marcela Epprecht
Assistentes de Produção: Maycon Soares e Sérgio Magraner
Estagiária de Produção: Ana Brígido
Produção Local: Rosi Fer
Produção: Gávea Filmes
Co-Produção: Reprodutora
Produtores Associados: Bianca De Felippes e Gabriel Bortolini
Licenciante: Mr. Plot

Anima Kids no Tacaruna
Anima Kids no TacarunaFoto: divulgação

O Tacaruna preparou uma programação cheia de atrações para a garotada no mês de agosto. Através do projeto "Anima Tacaruna", os baixinhos vão ter shows infantis durante os finais de semana, na área Gourmet do shopping, com entrada franca.

E começa neste sábado (5) com o Teatro de Fantoche, a partir das 16h, com a peça "Os porquinhos". No domingo, no mesmo horário, a peça será " A menina e o Lobo". Confira a programação completa:

05/08 - Teatro de Fantoches: Os porquinhos (16h)
06/08 - Teatro de Fantoches: A menina e o Lobo (16h)
12/08 – Show de Mágica com Rodrigo Lima (16h)
13/08 – Show de Mágica com Rodrigo Lima (16h)
19/08 – Show de Mágica com Rodrigo Lima (16h)
20/08 – Show de Mágica com Rodrigo Lima (16h)
26/08 - Teatro de Fantoches: Cachorrinho teimoso (16h)
27/08 - Teatro de Fantoches: Fundo do mar (16h)

Cia Caixinha de Música
Cia Caixinha de MúsicaFoto: Divulgação

Para marcar as comemorações do Dia dos Pais, evento ressalta as 'novas' características dos pais corujas. Neste sábado, dia 05 de agosto, os pais vão poder aprender a fazer penteados em meninos e meninas, a passar esmalte e colar adesivinhos nas unhas, participar de um concurso de montagem de pratos divertidos e saudáveis, e se divertir ao som da Cia Caixinha de Música.

O evento começa as 16h30, na Livraria da Praça de Casa Forte, e conta com a parceria do salão infantil Cabelaria, e da rede de alimentos orgânicos para crianças, Empório da Papinha. Quem montar o prato mais criativo vai receber um kit-presente oferecido pela Livraria. A Cia Caixinha de Música fará o encerramento desta tarde especial entre pais e filhos. O jornalista Fernando Alvarenga, do blog Pai de verdade estará presente na ação e participa do júri do concurso de pratos criativos, junto com a jornalista Cláudia Bettini, produtora e idealizadora do evento. Para participar é preciso fazer a inscrição antecipada na Livraria da Praça. Reservas pelo email: eventos@livrariapracadecasaforte.com.br

Serviço:
Sábado - Dia 05 de Agosto
A partir das 16h30
Local: Livraria da Praça de Casa Forte - Praça de Casa Forte, 454, Casa forte - Recife/PE
Inscrição: R$15 (por pai) - no momento da inscrição informar número de filhos
Limite: 20 vagas (para os pais)
Reservas: eventos@ livrariapracadecasaforte.com. br

Pintando o 7 chega a Caixa Cultural Recife ocupando três fins de semana com muita ludicidade e criatividade. Três companhias de diferentes regiões do país realizam nove apresentações de espetáculos de dança para crianças - sendo duas coproduções internacionais Portugal e Alemanha, além de desenvolverem atividades pedagógicas com vivências que envolvem pais e filhos numa só brincadeira.

No primeiro fim de semana (21, 22 e 23 de julho) o público poderá conferir as apresentações da Companhia de Danças de Diadema (SP), com a montagem A Mão do Meio Sinfonia Lúdica, uma história sobre o nascimento, a descoberta do corpo e da vida, e também, sobre as diferenças. O grupo, com 22 anos de trabalho, tem destaque no cenário da dança por sua inovação e é reconhecido nacional e internacionalmente, além de atuar junto à comunidade com o intuito de ensinar a dança e a descoberta do corpo como uma forma de expressão.

O espetáculo que a companhia traz para o Recife conta a história de uma mão que, fascinada por movimentos, parte à descoberta do corpo e aos poucos se torna uma colecionadora de gestos. Enquanto
desvenda o mundo, encontra pelo caminho uma perna bamba, um pé pipoca e um chapéu que anda sozinho fazendo a plateia mergulhar em um mundo de poesia, onde as situações cotidianas se transformam em mágica e gestos simples se tornam situações surpreendentes.
Já nos dias 28, 29 e 30 de julho será a vez da coprodução Brasil/Portugal O Tempo Perguntou ao Tempo, do Grupo Acaso (PE). O espetáculo faz uma viagem lúdica ao mundo das parlendas, cantigas e brincadeiras de infância em comum entre os dois países, trazendo personagens caricatos e cômicos, como uma menina vestida nas roupas da mãe, lesmas bailarinas e um sapo, que costuram essa história musical e de memórias afetivas. A trilha sonora do Tempo Perguntou ao Tempo é um resgate das lembranças de jogos populares e une pais e filhos através das canções.

Finalizando o projeto Pintando o 7, já no mês de agosto, a Cia. Elisabete Finger (PR) apresenta nos dias 4, 5
e 6 o espetáculo BURACO, um trabalho em coprodução com a Alemanha e que surgiu “de um desejo de partilhar com crianças e adultos outras possíveis lógicas relacionais, abrindo espaço para uma aventura sensória e sensível”. No palco, os artistas mostram as perspectivas do que é um buraco: uma relação entre
dentro e fora do corpo, entre diferentes corpos, entre diferentes materiais. São frestas, vazamentos, são passagens para outros lugares, são portais para outros mundos.

O Pintando o 7 pretende ultrapassar a experiência do palco e proporcionar para o público uma oportunidade de vivenciarem, juntos, um momento educativo e de diversão. Dessa forma, para além das apresentações, pais e filhos poderão participar de workshops desenvolvidos pelas companhias convidadas. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas na Caixa Cultural com a equipe do programa educativo Gente Arteira através do e-mail gentearteirape@gmail.com, em datas pré-estabelecidas. O número de vagas é limitado. Mais informações: (81) 3425.1906.

Serviço:

Todos os espetáculos acontecem nas sextas e sábados
De 21 de julho a 6 de agosto

Local: Caixa Cultural Recife
Hora às 16h, e domingos, às 10h, com classificação livre

ingressos:
R$ 10 (inteira)
R$ 5 (meia).
Os ingressos para todos os espetáculos estarão à venda na bilheteria da CAIXA Cultura Recife à partir das 10 horas da quinta feira que antecede o espetáculo.

Informações: 81. 3097.5268 l info@fervoprojetos.com

DPA O Filme
DPA O FilmeFoto: Daniel Chiacos/Divulgação

Grande sucesso do canal Gloob, a série “D.P.A. – Detetives do Prédio Azul” virou filme. A estreia nos cinemas é a partir de amanhã, dia 13 de julho, com os detetives Bento (Anderson Lima), Sol (Letícia Braga) e Pippo (Pedro Henriques Motta) solucionando mais mistérios do prédio onde moram. Com direção de André Pellenz, “D.P.A. – O Filme” é estrelado pelo elenco atual da série, e traz de volta o trio original, formado por Caio Manhente, Letícia Pedro e Cauê Campos, que retoma os papéis de Tom, Mila e Capim, os detetives veteranos.

Além dos famosos personagens Dona Leocádia (Tamara Taxman), Vó Berta (Suely Franco), Severino (Ronaldo Reis) e Theobaldo (Charles Myara), o filme conta com participações especiais de Mariana Ximenes, Otávio Müller, Maria Clara Gueiros, Aílton Graça e George Sauma, como bruxos poderosos. Também estão no elenco Carol Futuro (Sissineide), Luciano Quirino (Ptolomeu), Miriam Freeland (Lena) e Sávio Moll (Tomatini).

Bento, Sol e Pippo vão enfrentar a maior missão de suas vidas: salvar o Prédio Azul da demolição. Para isso, precisam investigar um misterioso caso que surge com uma inesperada queda de luz durante a festa de Dona Leocádia, na qual ela reuniu os antigos colegas de turma da escola de magia. Além de enormes rachaduras que aparecem nas paredes do edifício, causando a necessidade de sua demolição, a temida síndica é enfeitiçada e fica boazinha da noite para o dia. Quando percebem que, ainda por cima, o quadro falante da Vó Berta desapareceu, as crianças passam a ter certeza de que algo está muito errado e precisam agir.

Desta vez, eles vão precisar buscar pistas pela cidade do Rio de Janeiro, em um improvisado clubinho móvel: a Kombi azul do porteiro Severino (Ronaldo Reis), que topa participar da missão. Pela primeira vez, o time de detetives estará completo. Os veteranos Tom (Caio Manhente), Mila (Letícia Pedro) e Capim (Cauê Campos) se juntam a Bento, Sol e Pippo nesta aventura. O grupo também contará com a parceria do feiticeiro Theobaldo (Charles Myara). Os principais suspeitos são os sagazes bruxos Bibi Capa Preta (Mariana Ximenes), Temporão (Aílton Graça), Mari P. (Maria Clara Gueiros), e Jaime Quadros (Otávio Müller). Além da presença do misterioso Pietro Putrefatos (George Sauma).

Na história, os detetives mostram que são corajosos até debaixo d’água. “Pela primeira vez no cinema brasileiro, filmou-se em um submarino de verdade, operacional, navegando e submergindo, o que rendeu eletrizantes cenas de ação”, conta o diretor André Pellenz. Para se adaptar ao cronograma da Marinha, a equipe rodou a sequência em três submarinos-gêmeos: o “Timbira”, o “Tupi” e o “Tapajó”.

“D.P.A. – O Filme” é uma produção da Paris Entretenimento, com coprodução da Globo Filmes e do canal Gloob. A distribuição é da Paris Filmes e da Downtown Filmes.

Show a Luna
Show a LunaFoto: divulgação

A cientista mais querida das crianças está chegando aos palcos de todo o Brasil. Dos mesmos criadores do desenho animado, "O Show da Luna - Ao Vivo", sucesso made in Brasil exibido no Discovery Kids e transmitido em mais de 70 países, chega dia 15 de julho ao Teatro Guararapes, dentro de turnê que estreou em abril, em São Paulo, e agora roda o País. Os ingressos estão à venda a partir de R$ 32.

Do que é feito o arco-íris? Será que tem alguém vivendo em Marte? Por que as bolhas são redondas? Ao lado de seu irmão, Júpiter, e do furão Cláudio, Luna vai tentar descobrir as respostas para essas e outras perguntas, em um espetáculo repleto de dança, fantasia e canções, entre elas a do refrão "Eu quero saber", que reflete a curiosidade da esperta garota. E nada de usar o computador para tirar as dúvidas: a imaginação é a grande parceira de Luna. Em cena, oito bailarinos e atores dão vida à montagem.

Escrita por Célia Catunda, que também assina a direção ao lado de Jonatan Pikolé, dançarino especialista em danças urbanas, a peça é uma produção do núcleo teatral da TVPinGuim. As músicas, de autoria de André Abujamra e Márcio Nigro, foram especialmente coreografadas para o show.

O DESENHO - Criado pelos brasileiros Célia Catunda e Kiko Mistrorigo (os mesmos de “Peixonauta”) em 2014, o desenho animado é sucesso não só na TV como na internet, com seus mais de 300 milhões de visualizações e quase 750 mil inscritos no Youtube. O mercado está repleto de produtos licenciados da marca: são mais de 30 empresas nacionais e nove estrangeiras que oferecem de roupas a bonecos da Luna. A 3ª temporada da animação, que estreou este ano, tem 52 episódios - e a 4ª já está em fase de produção.

SERVIÇO
"O Show da Luna - Ao Vivo"
Dia 15 de julho (sábado), às 16h
Teatro Guararapes - Centro de Convenções de Pernambuco
Informações: (81) 3182.8020

Duração: 60 minutos
Classificação: Livre


Ingressos:
Plateia Especial: R$ 104 (inteira) e R$ 52 (meia)
Plateia: R$ 84 (inteira) e R$ 42 (meia)
Balcão: R$ 64 (inteira) e R$ 32 (meia)
* À venda na bilheteria do teatro, lojas Ticketfolia e www.eventim.com.br

comece o dia bem informado: