Harvey Weinstein, ex-produtor de cinema
Harvey Weinstein, ex-produtor de cinemaFoto: Yann Coatsaliou / AFP

Um juiz de Nova York retirou, nesta quinta-feira (11), uma acusação contra Harvey Weinstein, mas manteve outras cinco contra o ex-produtor de Hollywood, ligadas a casos de abuso sexual.

Leia também:
Harvey Weinstein é acusado novamente por mais crimes sexuais
Weinstein volta a se declarar inocente de acusações de abuso sexual
Boston Globe denuncia casos de assédio sexual na indústria da moda

O ex-produtor de cinema, liberado após pagar fiança de US$ 1 milhão e forçado a usar um monitor de GPS se apresentou na última audiência na Justiça e negou quaisquer relações sexuais não consensuais.

"Isso é claramente um desenvolvimento muito positivo", disse o advogado de defesa de Weinstein, Ben Brafman, à imprensa na saída da corte.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: