David Helbock Trio
David Helbock TrioFoto: Paullo Allmeida/ Folha de Pernambuco

Em comemoração aos 167 anos do Teatro Santa Isabel, completados nesta quinta-feira (18), subiu ao palco da construção de arquitetura neoclássica a banda austríaca David Helbock Trio. O show foi gratuito e os ingressos, distribuídos ao público com uma hora de antecedência, foram bastante disputados.

Talvez só não mais devido aos protestos que ocorreram na noite desta quinta em referência às denúncias contra o presidente Michel Temer. A região no entorno do teatro, inclusive, foi fechada ao público minutos antes do início do show, marcado para as 20h, pois a organização temia uma possível 'invasão' de manifestantes. Muitas pessoas se queixaram da atitude, que foi suspensa a tempo de não causar tumulto na entrada.

Com um atraso de meia hora para o início do espetáculo, a comissão de autoridades locais e internacionais presentes, que só chegou pouco antes do apagar das luzes, ia se pronunciar antes da apresentação, mas resolveu calar-se. Houve apenas uma apresentação dos presentes, como o presidente da Fundação de Cultura da Cidade do Recife, Diego Rocha; o secretário de Cultura do governo do Estado, Marcelino Granja; e embaixadores de vários países europeus.

Conhecida mundialmente, David Helbock Trio veio a Pernambuco trazida pela União Europeia no Estado, em parceria com a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e Prefeitura do Recife. A ideia foi estreitar laços econômicos e culturais.

O público ficou empolgado com o som do trio composto por David Helbock (piano), Raphael Preuschl (ukulele e baixo) e Reinhold Schmölzer (bateria). O piano de David conduzia a apresentação, um mix de jazz com música clássica em dedilhados potentes do músico. Destaque para o som que fazia com as cordas do instrumento. Vibrante!

veja também

comentários

comece o dia bem informado: