Alexandre Nero reuniu músicos e atores da sua cidade natal, Curitiba
Alexandre Nero reuniu músicos e atores da sua cidade natal, CuritibaFoto: Divulgação

 

Os constantes papéis de destaque na televisão fizeram com que Alexandre Nero passasse a ser visto pela maioria das pessoas como um ator bem-sucedido. Para o curitibano, no entanto, o êxito na carreira não depende do reconhecimento público. “Fama e sucesso são coisas completamente diferentes. Mais do que isso: na verdade, não existe o tal sucesso intocável. Sempre me considerei bem-sucedido, porque sempre vivi dignamente do meu trabalho”, afirma o artista. Ele aporta no Recife para três sessões do espetáculo “O Grande Sucesso”, com sessões hoje, amanhã e domingo, no Teatro Boa Vista.

Pela primeira vez na capital pernambucana, o musical abraça como tema dois lados de uma mesma moeda: sucesso e fracasso. Na trama, um grupo de oito atores coadjuvantes espera a vez de entrar em cena. Nos bastidores de uma montagem teatral, enquanto observam o protagonista em cena, eles colocam em discussão o próprio ofício. “A peça fala de artistas que estão no chamado ‘segundo escalão’, no limbo, onde eu já estive e poderei estar novamente”, explica. “Lidar com o sucesso é sempre muito mais fácil. Eu sou uma pessoa que gosta dos fracassos, que não evita que eles apareçam”, complementa.

Com dois Prêmios Shell - nas categorias autor e figurino - no currículo, a comédia apresenta toques biográficos e um tipo de humor peculiar. “Há o meu humor irônico, sarcástico, bastante curitibano”.

Neste trabalho, Nero cercou-se de amigos da cena paranaense. Foram convidados os atores e músicos Rafael Camargo, Eliezer Vander Brock, Fernanda Fuchs, Fabio Cardoso e Edith de Camargo, além da musicista paulista Carol Panesi e do ator carioca Marco Bravo. Também de Curitiba, estão envolvidos Carmem Jorge (preparadora corporal e coreógrafa) e Gilson Fukushima (diretor musical).

Paralelamente à carreira no teatro, na televisão e no cinema, Nero é um músico com oito CDs e um DVD gravados. Em “O Grande Sucesso”, ele tem a oportunidade de unir essas vertentes artísticas numa mesma obra. “As duas coisas sempre andaram juntas. Para mim, cantar é como dizer um texto. Estou atuando quando canto e vice versa. Não separo uma coisa da outra”, assegura.

Serviço >
Espetáculo
“O Grande Sucesso”
Quando: hoje e amanhã, às 21h, e no domingo, às 20h
Onde: Teatro Boa Vista (rua Dom Bosco, 551, Bairro da Boa Vista)
Quanto: R$ 100 (plateia A) e R$ 80 (plateia B)
Informações: (81) 2129-5961​

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: