Chico César, cantor paraibano
Chico César, cantor paraibanoFoto: Divulgação

"Ruptura e Renascimento" é o tema da 4ª edição do Festival Arte na Usina - Safra 2018, que será realizado entre os dias 9 e 17 de novembro, no engenho Santa Tereza, município de Água Preta, a cerca de 125 km do Recife. O evento propõe lançar novos olhares sobre o espaço onde é sediado, desenvolvendo a cultura a partir de práticas e vivências artísticas. A programação conta com oficinas, exposições e shows de Chico César, Cordel do Fogo Encantado, Josildo Sá, que lança seu novo DVD, entre outros.

Muito mais do que o objeto norteador para as atividades deste ano, "ruptura e renascimento" retratam bem a realidade da Usina Santa Terezinha, desativada há mais de 15 anos, que tem o seu entorno e a vida dos moradores transformados através da arte. "Quando chegamos por lá, as pessoas tinham a esperança de que reativássemos a Usina, mas era algo financeiramente inviável.

No início, a comunidade estranhou a nossa presença, mas à medida que fomos implementando o projeto, eles foram se adaptando e hoje gostam muito", conta Bruna Pessoa de Queiroz, presidente da Associação Sociocultural Ambiental Jacuípe, que coordena o Festival. Para Bruna, além da transformação econômica, o que também chama a atenção é a autoestima dos moradores. "A gente sabe da importância de restabelecer a movimentação econômica do local, mas é muito bom perceber que a comunidade passa a confiar mais no seu potencial de gerar renda, cuidar dos próprios negócios, atrair lucros", completa.

Leia também:
Festival Bar em Bar começa nesta quinta no Recife
REC'n'play: Romero Ferro, Barro, Alice Caymmi e Mariana Aydar cantam no Recife
TV Pernambuco lança novo programa em evento na Fundação Joaquim Nabuco


A Usina de Arte, razão social da Associação Jacuípe, funciona o ano inteiro com uma série de projetos, entre escola de música, oficinas, eventos e ações de apoio ao empreendedorismo local. O festival funciona como um catalisador das atividades desenvolvidas, a fim de difundi-las e multiplicá-las. "O festival é apenas a culminância do nosso projeto. Além de celebrar todas as realizações, esse encontro também tem o intuito de atrair mais gente de Água Preta e das comunidades vizinhas", ressalta Ricardo Pessoa de Queiroz Filho, marido de Bruna, com quem divide a coordenação do evento.

Com curadoria de José Rufino e Fábio Delduque, as atividades artísticas serão realizadas em harmonia com a natureza, já que o espaço abriga um jardim botânico decorado com obras de artistas brasileiros, como Paulo Bruscky, Hugo França, Carlos Mélo e Francisco Brennand. As atrações musicais já começam nesta sexta-feira (9), com show de Beto Ortiz e Josildo Sá, que lança seu novo DVD "Sons da Latada". No sábado (10), o Maxambomba, projeto de Adiel Luna, Tomás e Miguel, e o cantor Almério comandam o palco.

No dia 15, Bruno Lins e os DJs Edinho Jacaré e Valdir Português se apresentam. Chico César e DJ Dolores são os nomes do dia 16 e, fechando a programação no dia 17, Cordel do Fogo Encantado e Lala K encerram os shows. Todas as apresentações começam às 21h.

No campo das artes visuais, a grande atração é o uruguaio Clemente Padín, que apresentará a exposição "Clemente Padín: Poesia Virtual". Também participam do festival os artistas Estela Miazzi, Rodrigo Bueno, o estilista Ronaldo Fraga, Aline Albuquerque, Fábio Delduque e a designer e ilustradora Clara Moreira.

Serviço:
Festival Arte na Usina - Safra 2018
Usina Santa Terezinha (Rodovia PE 99, km 10, Água Preta)
De 9 a 17 de novembro
Informações: (81) 3419-8070 e www.usinadearte.org
Gratuito

Chico César, cantor paraibano
Chico César, cantor paraibanoFoto: Divulgação
Festival chega a sua 4ª edição
Festival chega a sua 4ª ediçãoFoto: Andrea Rego Barros/Divulgação
Obras no Hangar, do escultor José Rufino
Obras no Hangar, do escultor José RufinoFoto: Divulgação
Josildo Sá, cantor
Josildo Sá, cantorFoto: Divulgação

veja também

comentários

comece o dia bem informado: