Imagem da exposição de Sâmia Emerenciano
Imagem da exposição de Sâmia EmerencianoFoto: Sâmia Emerenciano/Divulgação

Uma exposição que busca, na arte e na poesia, inspiração para enfrentar este momento de crise tão difícil para o Brasil e para o mundo. É esse o ponto de partida para "Azul, pura memória de algum lugar", da fotógrafa Sâmia Emerenciano, que entra em cartaz nesta quarta-feira (22), no restaurante Ca-Já, no bairro dos Aflitos. A exposição ficará em cartaz até o dia 23 de junho.

São 17 fotografias, produzidas de 2015 até agora, em locais que vão de Paris a Gravatá, passando pelo Recife, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, São Luís e Lençóis Maranhenses. "A maioria é de 2018, que foi um momento de grande virada interna enquanto artista", revela Sâmia. Os versos da música "Trem das Cores", de Caetano Veloso, são os fios que unem e dividem as diferentes temáticas dentro da mostra.

Leia também:
Museu do Estado recebe exposições eslovenas a partir desta terça
Resistência e beleza em 'Agô', exposição que retrata terreiros de candomblé pernambucanos
Fred Jordão faz inventário sentimental sobre o Recife em livro de fotografias


"Celeste Celestial", por exemplo, traz fotos em enquadramento contra plongée, de baixo para cima. "Os átomos todos dançam" retrata as cores do céu, enquanto "Anel de Turquesa" remete à água. Já "Os dois lados da janela" tem uma pegada mais política. Cada imagem terá, no máximo, 20 impressões em tamanhos variados, que estarão à venda por valores entre R$ 200 e R$ 1 mil.

Imagem da exposição de Sâmia Emerenciano

Imagem da exposição de Sâmia Emerenciano - Crédito: Sâmia Emerenciano/Divulgação

Trata-se da segunda exposição individual da fotógrafa, que tem outros projetos ainda para este ano. Sâmia foi convidada pelo Ca-Já para expor seu trabalho. "As pessoas que fazem o Ca-Já são consumidoras de cultura e de arte. Então, o restaurante começou a abrir para um artista diferente, a cada mês. Eu topei e estou muito feliz, porque a proposta é diferente da de outros espaços do gênero. No Ca-Já, eles não colocam simplesmente as obras à venda. A gente organizou uma exposição de fato, com curadoria, vernissage e toda uma história para contar", resume.

Serviço:
Abertura da Exposição "Azul, pura memória de algum lugar", de Sâmia Emerenciano
Vernissage nesta quarta-feira (22), às 19h
Em cartaz até 23 de junho
Restaurante Ca-Já (rua Carneiro Vilela, 648, Aflitos)
Informações: (81) 3126-0648

veja também

comentários

comece o dia bem informado: