Andrea Soares orienta as aulas do sistema de práticas, que integra terapia, arte, saúde e educação
Andrea Soares orienta as aulas do sistema de práticas, que integra terapia, arte, saúde e educaçãoFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Durante a correria do dia a dia é difícil pararmos para pensar em cuidar do corpo e da nossa mente. São contas para pagar, filhos para educar, responsabilidades no trabalho. Na contramão do ritmo frenético do nosso cotidiano, surgiu em 1957 uma pedagogia centrada na autonomia e no autoconhecimento, a Eutonia. Ela se apresenta como uma alternativa no processo de autocura do ser humano.

Buscando compreender e investigar a nossa estrutura física, a professora alemã Gerda Alexander, em decorrência das dores que sentia na infância e que se agravaram na adolescência, quando ela teve uma febre reumática, criou o conceito da Eutonia.

Eutonia é o composto de duas palavras gregas: eu, que significa bom, harmonioso; e tônus, tensão. A prática é um sistema que integra terapia, arte, saúde e educação. Quatro princípios fundamentais norteiam as leves movimentações do método: a conscientização superficial e profunda da pele, do volume do espaço interno, dos ossos e o contato consciente.

Leia também:
Recife ganha festival voltado para audiovisual e dança
Dança Cigana Sistêmica: a união de cultura e de terapia
Deborah Colker vence o Benois de la Danse, importante prêmio russo de dança


“Ela tem uma perspectiva muito centrada na subjetividade de cada aluno. Não existe um método, um rótulo. Partimos do princípio que a gente desperta no aluno o autoconhecimento e uma responsabilidade dele com o próprio corpo", explica Andrea Soares, presidente da Associação Brasileira de Eutonia, que realiza workshop na Escola de Biodança Rolando Toro de Pernambuco/ MUAFRO, na próxima semana.

Atividade pouco conhecida no Brasil, a eutonia acabou se restringindo a um nicho muito pequeno de pessoas. A maioria dos profissionais da Medicina, por exemplo, nunca ouviu falar. Porém, Andrea Soares explica que os poucos médicos que passaram por uma experiência ficaram muito impressionados.



“Temos algumas práticas, coisas pequenas. Quem está de fora nem percebe, mas dão um resultado grande”, conta Andrea, que é paraibana, mas morou em Pernambuco desde a infância, e que se mudou para São Paulo no começo dos anos 2000. Outros profissionais, como fisioterapeutas, psicólogos, artistas e educadores, buscaram se formar nas práticas eutonistas. A técnica só chegou ao Brasil em 1991 e atualmente a Associação Brasileira de Eutonia conta com 40 associados.

Sobre algumas intervenções da sua gestão à frente da Associação Brasileira, Andrea Soares diz que já tem realizado aulas em São Paulo a preços acessíveis e que pensa em ampliar para que mais pessoas conheçam os métodos e conceitos da eutonia. “Temos feito pequenas ações de ampliar o acesso da população. Muitas pessoas não conseguem pagar o valor das aulas e temos que fazer chegar a mais pessoas”. A ideia também é de se aproximar do Sistema Único de Saúde (SUS).

   Inscrições

No início da próxima semana, os recifenses terão oportunidade de participar do workshop. O encontro está programado para ocorrer entre os dias 16 e 19 de julho. As aulas custam R$ 160, para quem vai fechar o pacote dos quatro dias, e R$ 50 por aula avulsa.

Sobre o workshop, Andrea Soares explicou que alguns materiais como bambus, toalhas de rosto e de banho podem ser utilizadas para praticar a Eutonia. Serão quatro encontros e a ideia é apresentar os principais fundamentos do sistema de práticas, como o tato consciente, a consciência de osso, o contato.

“Uma aula eu vou estar bastante focada na sensação da pele e o que isso transforma no corpo, a percepção sobre o nosso esqueleto. Como se movimentar com menos esforço, menos gasto de energia com essa consciência óssea, como você se percebe nesse jogo de ampliação da percepção, no espaço. Para depois brincar com a questão de movimento”, afirma.

Serviço:
Workshop "O corpo Consciente a partir da Eutonia", com Andrea Soares
Escola de Biodança Rolando Toro de Pernambuco/ MUAFRO (rua Mariz e Barros, 328, Sala 22, Recife Antigo)
De 16 a 19 de julho, das 19h às 21h
Valor: R$ 160 (curso completo); R$ 50 (aula avulsa)
Informações e inscrições: ilumiarasereconhecer@gmail.com / Fone e wpp: (11) 98366-7640

 

Andrea Soares orienta as aulas do sistema de práticas, que integra terapia, arte, saúde e educação
Andrea Soares orienta as aulas do sistema de práticas, que integra terapia, arte, saúde e educaçãoFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco
Andrea Soares orienta as aulas do sistema de práticas, que integra terapia, arte, saúde e educação
Andrea Soares orienta as aulas do sistema de práticas, que integra terapia, arte, saúde e educaçãoFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: