Uma Série de Coisas

Fernando Martins

ver colunas anteriores
Andrew Lincoln, intérprete de Rick Grimes, se despede de "The Walking Dead" nesta temporada
Andrew Lincoln, intérprete de Rick Grimes, se despede de "The Walking Dead" nesta temporadaFoto: Divulgação

Demorou, mas chegamos em outubro. Anualmente, o mês marca a volta de episódios inéditos da série apocalípticaThe Walking Dead”, agora estreando sua nona temporada. No último domingo (30), a série derivada desse universo, “Fear The Walking Dead”, concluiu sua quarta temporada, estrategicamente pensada para abrir espaço na grade televisiva para sua série-mãe.

No próximo domingo (7), uma nova fase marcará a produção. Isso porque na temporada anterior Rick Grimes (Andrew Lincoln) e seu grupo finalmente conseguiram parar o vilão Negan (Jeffrey Dean Morgan) e concluir a Guerra Total que teve seu estopim quando o recém-chegado matou dois dos mais queridos personagens da história.

O novo ano da série é um recomeço para os sobreviventes e a possibilidade de construir um lugar sem abusos e violência. Porém, o público – acostumado com a saída de personagens queridos – já pode ir se preparando para mais perdas. Em entrevista à Entertainment Weekly, o ator Norman Reedus, que interpreta Daryl na história, disse que “grandes mortes” estão por vir.

Leia também:
"The Good Place": será que Eleanor apoiaria o #elenão?
Bate-papo: MariMoon indica séries para o Uma Série de Coisas

Além do “presságio” de Reedus, pouco depois que a oitava temporada da série de zumbis chegou ao fim, foi anunciado pela imprensa americana que Andrew Lincoln está deixando a produção. O ator interpreta o protagonista há nove anos e esta será a última vez que veremos Rick no comando do grupo de sobreviventes. Como se isso não fosse o bastante, a atriz Lauren Cohan (Maggie Rhee) aparecerá menos do que o esperado, já que agora ela estreia como protagonista em uma série de espiões da ABC, “Whiskey Cavalier”, e por isso terá que dividir o tempo de gravação entre as duas produções.

E caso você não lembre de todos os detalhes, a coluna Uma Série de Coisas de hoje faz um resumão das novidades e dos principais pontos da série até agora. Confira:

Salto no tempo

Embora seja comum “The Walking Dead” trabalhar com mais de uma linha de tempo em suas narrativas, a trama principal da nona temporada acontecerá dois anos após o fim da guerra entre Rick e Negan. Esse adiantamento também acontece nas HQ’s em que a série é baseada e lança luz para o pós-guerra e em como os reinos se desenvolveram em termos de estrutura e sociedade.

É importante lembrar que a Guerra Total durou 10 semanas dentro da narrativa, embora o público tenha a sensação de que durou anos, já que ela se desenvolveu por duas temporadas inteiras. Por esse motivo, nós não vemos a barriga de Maggie crescer em quase nada, uma vez que ela está grávida. Mas, no trailer da temporada seguinte podemos ver uma criança de aproximadamente dois anos em seus braços.

Personagens novos

Oito novos personagens da HQ aparece no nono ano de “The Walking Dead”. A Magna (Nadia Hilker, de “The 100”) é líder de um grupo de sobreviventes de Washington; Yumiko (Eleanor Matsuura) usa um arco e flecha; a surda Connie (interpretada pela atriz Lauren Ridloff, também surda); a dupla de jovens amigos Ken (nome do ator não divulgado) e Marco (Gustavo Gomez); Luke (Dan Fogler, de “Animais Fantásticos e Onde Habitam”), o leal seguidor de Magna; e o ferreiro Earl (John Finn, de “Arquivo Morto”).

Durante a oitava temporada, o público foi surpreendido por um helicóptero que observava de longe todos os conflitos envolvendo a guerra contra Negan. Há uma possibilidade que essa ponta solta seja esclarecida com esse grupo de Washington.

O destaque mais relevante é a atriz Samantha Morton, indicada ao Oscar pelo filme “Poucas e Boas” (1999). Ela interpreta a nova antagonista, Alpha, líder dos Sussurradores.

Liderança feminina

A produção promete muitas mudanças e a principal delas está dentro e fora da história apocalíptica. Além da nova vilã ser uma mulher (a maioria dos antagonistas principais foram homens), o produtor executivo da série, Scott Gimple, agora é diretor de conteúdo do universo dos zumbis, deixando o comando do show para Angela Kang.

Já em cena, teremos mais evidência para as personagens femininas. A Maggie tem desempenhado um bom papel como líder de Hilltop. A Carol (Melissa McBride) continuará sendo o braço direito, novo amor e principal influência do Rei Ezekiel (Khary Payton) no Reino. Ao que tudo indica, a Michonne (Danai Gurira) poderá ser a substituta de Rick após sua saída da série.

Amigos ou inimigos?

Quem acompanhou todas as batalhas enfrentadas pelos mocinhos pode ter ficado um pouco frustrado com o resultado final. Negan é capturado e o momento em que grande parte dos telespectadores esperava - a morte do vilão - não aconteceu. Rick decidiu acatar o pedido de seu falecido filho, Carl (Chandler Riggs), pregando a ideia de que para se construir uma sociedade próspera seria preciso parar com a onda de mortes.

Atualmente, Negan vive em uma cela dentro de Alexandria, mas Maggie, uma das mais afetadas pela maldade do anti-herói, deixou claro desde o começo que não concordava com a atitude. A temporada conclui com a viúva de Glenn (Steven Yeun) reunindo Jesus (Tom Payne) e Daryl em um tipo de conspiração, mas sem deixar claro qualquer tipo de plano ou intenção.

Retorno dos antigos

Uma das confirmações que fez os fãs vibrarem foi a volta do ator Jon Bernthal, que interpretou Shane Walsh no início do programa. Para quem não lembra, seu personagem morreu na segunda temporada, após um confronto entre ele e seu melhor amigo Rick. Naturalmente, Jon reprisará seu personagem através de lembranças ou alucinações de Rick. Vale ressaltar que, em seu período de luto, o protagonista também via o espírito da mulher falecida.  Outro ponto importante é que na última temporada foi revelado que Judith é filha biológica de Shane e Lori (Sarah Wayne), esposa de Rick.

O ator Michael Cudlitz também volta nessa nova temporada, porém, como diretor. É que seu personagem, o ruivo Abraham, foi uma das primeiras vítimas de Negan na sétima temporada. Michael será a primeira estrela a comandar um dos capítulos da série.

Nova abordagem

Como já sabemos, um mundo novo será apresentado no próximo domingo (7). Essa nova fase trará uma crise para quem tenta sobreviver ao apocalipse. Em fotos divulgadas pela EW, pode-se perceber que os carros serão substituídos por cavalos e carroças. A iluminação também será mudada para lamparinas. As armas serão artesanais, como facas, arcos e lanças, porque as balas serão quase extintas. Quase um faroeste com zumbis.

Na temporada passada, Maggie recebeu um livro de presente de uma mulher misteriosa chamada Georgie (Jayne Atkinson). O livro, intitulado “Uma Chave para um Futuro”, é definido pela forasteira como “um livro das conquistas medievais do ser humano, para que nós possamos ter um futuro a partir de nosso passado”.

Fica óbvio que esses dois anos é a colocação desse livro na prática. Resta saber se ainda veremos a Georgie e até que ponto ela pode ser uma aliada ou uma eventual inimiga. Essas e outras questões, veremos em breve!

A 9ª temporada de The Walking Dead estreia no dia 7 de outubro de 2018. No Brasil, a série é transmitida pelo canal Fox Brasil. Veja o trailer:



*Fernando começou a assistir a séries de TV e streaming em 2009 e nunca mais parou. Atualmente ele acompanha mais de 200 produções e já assistiu mais de 6 mil episódios. A série mais assistida - a favorita - é 'Grey's Anatomy', à qual ele reassiste com qualquer pessoa que esteja disposta a começar uma maratona. Facebook: Uma série de Coisas. Instagram: @umaseriedecoisas. Blog: Uma Série de Coisas.

*A Folha de Pernambuco não se responsabiliza pelo conteúdo das colunas.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: