Foram encontrados 21 resultados para "Julho 2017":

Houve mais demissões do que contratações no mês, com um saldo negativo de 12,3 mil vagas formais, divulgou o governo
Houve mais demissões do que contratações no mês, com um saldo negativo de 12,3 mil vagas formais, divulgou o governoFoto: Reprodução

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) divulgados este mês, o número de novas vagas de emprego com carteira assinada superou as demissões. Em junho surgiram 9.821 vagas formais, fato inédito desde 2014. Com esse resultado, o Brasil fechou o primeiro semestre de 2017 com a geração de 67.358 mil vagas, expandido 0,18%.

Porém, nos últimos doze meses até junho, o saldo para no mercado ainda é negativo, com a demissão de 749.060 trabalhadores com carteira assinada. Mesmo diante de um cenário incerto, ainda há oportunidades para aqueles que precisam se recolocar, mas para isso é preciso planejamento, foco agilidade na ação e abertura pessoal para abordar o mercado de forma flexível. A afirmação é de Irene Azevedoh, Diretora de Transição de Carreira e Gestão da Mudança da Lee Hecht Harrison (LHH) América Latina.

“O profissional deve aproveitar o momento do desligamento para revisitar sua trajetória, motivações, interesses, talentos, e definir os próximos ou novos o objetivos de carreira que deseja seguir: novo emprego, empreendedorismo, consultoria, vida acadêmica ou até mesmo a aposentadoria. Um processo de autoconhecimento, reinvenção e abertura pessoal é necessário para ser bem sucedido nesse momento”, diz Irene.

De acordo com a diretora, passado o baque da notícia, o profissional deve começar a refletir e avaliar o que já conquistou e o que precisa mudar. Ela alerta que definir objetivos é importante para começar a desenvolver um planejamento bem estruturado. “Afinal, só é possível definirmos qual caminho seguir, se sabemos onde estamos”, ressalta Irene, acrescentando que também é preciso analisar o mercado, considerando as oportunidades existentes e os desafios de abordá-lo de forma efetiva.

Leia também:
Transição de carreira eficiente exige planejamento
Desemprego chega a 13% e tem 1ª queda desde dezembro de 2014
Saúde abre seleção para contratação de profissionais para PE
TJPE abre concurso com 109 vagas


Segundo a especialista, o próximo passo é a elaboração de um currículo consistente e investir muito no networking. No primeiro, é importante o profissional destacar as realizações e habilidades e não apenas descrever cargos e experiências. É fundamental deixar claro os objetivos e não mostrar não só o conhecimento técnico, mas também a competência emocional, cada vez mais exigida pelo mercado, principalmente, em momentos de turbulência. “Ninguém quer um colaborador que fica ´paralisado´ diante de um problema”, afirma Irene.

Por último, a consultora chama a atenção para a importância de se manter aquecido o networking, um movimento que considera primordial e que tem que ser contínuo. “Não adianta apenas acionar a rede de contatos quando precisa. O networking não funciona assim. Ele é uma troca mútua e permanente, um investimento de longo prazo”, conclui.

Expandindo horizontes
A ansiedade, impaciência e frustração surgem, com frequência, como armadilhas, durante a busca incessante por uma real oportunidade e é fundamental administrá-las. “Este é um tempo de novos aprendizados, novas experimentações e novos relacionamentos e principalmente ter determinação e foco. O essencial é não ficar parado. Deve-se apostar no desenvolvimento de carreira com novos cursos, por exemplo”, indica Irene.

"Mudar de trabalho dá trabalho e é preciso disciplina"
"Mudar de trabalho dá trabalho e é preciso disciplina"Foto: Reprodução

Sabe quando você perde o interesse pela profissão ou pensa em conquistar uma posição diferente? E quando sua empresa sofre uma reestruturação e você é desligado, ficando assim sem saber por onde começar? Esse é o momento em que você deve arregaçar as mangas e investir em um programa de transição de carreira. A afirmação é de Irene Azevedoh, Diretora de Transição de Carreira e Gestão da Mudança da Lee Hecht Harrison (LHH) América Latina.

Com a velocidade do mundo e na atual conjuntura socioeconômica do Brasil, as empresas têm cada vez mais propiciado para seus executivos desligados programas de transição de carreira. Além de preservar sua marca e manter seus colaboradores engajados, propiciar um programa como este para um executivo que há algum tempo na empresa, auxilia o profissional a se reposicionar. Assim, ele acaba encontrando um novo emprego duas vezes mais rápido que os demais. “Mudar de trabalho dá trabalho e é preciso disciplina e planejamento para ser mais efetivo nas suas buscas e fazer isto sozinho nem sempre é fácil”, diz Irene.

Para trilhar esse novo caminho, a especialista ressalta que é fundamental ter autoconhecimento, clareza dos pontos fortes bem como daqueles que precisam ser desenvolvidos, e dos seus motivadores para definir o próximo passo. “Quando a mudança implicar numa mudança de área ou função é preciso buscar desenvolver as competências esperadas durante a transição. Isto ajudará o profissional a se qualificar para as oportunidades que surgirem. Até porque, o tempo do pleno emprego, quando era necessário apenas mandar o currículo e aguardar o telefone tocar não existe mais. Hoje a oferta de mão de obra qualificada está maior e ganha aquele que sabe o que quer, que é proativo sem ser invasivo, que busca se atualizar e identifica e busca empresas alvo onde pode contribuir com seu conhecimentos e competências.”, explica a Irene.

Leia também:
Desemprego: entre a crise e a oportunidade
Desemprego chega a 13% e tem 1ª queda desde dezembro de 2014
Saúde abre seleção para contratação de profissionais para PE
TJPE abre concurso com 109 vagas


Ao avaliar uma oportunidade, o profissional deve levar em consideração a estabilidade da empresa e o quanto pode se desenvolver nela. “O candidato não deve focar somente na remuneração, mas na sua satisfação pessoal e o quanto os valores e visão da empresa estão alinhados com os seus. Quando há esse casamento entre os valores e organizacionais e os seus, a relação de trabalho é mais duradoura”, diz a consultora.

“Para se ter ideia, nos programas de transição de carreira discutimos com os profissionais onde querem chegar, que empresas solicitam e o que eles têm que fazer para chegar lá, tanto no que diz respeito ao conhecimento e habilidades como nos relacionamentos que podem abrir portas nestas empresas alvo. Portanto, ter uma transição de sucesso, exige foco, determinação, planejamento e ações diárias para atingir seus objetivos”, orienta a especialista da LHH.

Secretaria Estadual de Saúde
Secretaria Estadual de SaúdeFoto: Divulgação

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) abre nesta quinta (27) seleção pública simplificada para a contratação temporária de 30 profissionais para a sede da pasta e para 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres) no Estado de Pernambuco e para unidades hospitalares para supervisão e outras atividades. As inscrições seguem até 11 de agosto e o certame tem prazo de validade de 24 meses, prorrogável por igual período, a contar da homologação do resultado final, publicada no Diário Oficial do Estado de Pernambuco.

Vagas
São 12 vagas para engenheiros civis (sendo dez vagas para fiscal de obra, contratos e serviços; um para orçamentista e um para calculista), dois engenheiros elétricos, um engenheiro mecânico, cinco arquitetos, um técnico em eletrotécnica, um técnico em refrigeração e oito técnicos em edificações. A seleção pública será realizada em uma única etapa, por meio de avaliação curricular, de caráter classificatório e eliminatório. A divulgação do resultado preliminar da avaliação curricular será no dia 1º de setembro e resultado final no dia 20 de setembro pelo portal da SES.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas via Sedex ou presencialmente na Diretoria Geral de Gestão do Trabalho, na Rua Dona Maria Augusta Nogueira, 519, no bairro do Bongi, Zona Oeste do Recife.

Os requisitos, atribuições, jornada de trabalho, vagas para pessoas com deficiência e remuneração podem ser consultados no edital. Para se inscrever na seleção, o candidato deverá preencher o formulário de inscrição e o caderno de apresentação de documentos, devidamente acompanhados de cópias dos documentos comprobatórios das informações prestadas.

Arte FolhaPE
Arte FolhaPEFoto: Arte FolhaPE

Todo mundo já passou pelo desafio de começar algo do zero, sem a menor experiência. Perfil básico de quem acabou de sair da faculdade e começa a bater na porta das empresas com a principal arma nessa fase da vida: a vontade de trabalhar. Eis, de fato, o combustível principal de um início de carreira, quando o currículo é enxuto e as exigências do mercado são extensas. Para eles há pouco tempo e muito a fazer até alcançar a tão sonhada estabilidade.

Se você, leitor, integra o time de novos profissionais que buscam uma vaga, a primeira dica dos consultores de carreira é controlar a ansiedade e traçar um objetivo. “Eles têm pouca ideia daquilo que querem ser e o que esperam deles no mercado. Fruto de pouco conhecimento sobre si mesmo, gerando uma possibilidade de erros ao procurar colocações que não tenham a ver com o candidato”, aponta o diretor da Grow Consulting, Felipe Mançano, ao lembrar que o currículo de um iniciante diz muito a respeito ao mostrar a passagem por duas ou até três empresas que não condizem com a atuação pretendida.

Saindo do autoconhecimento, é hora de conhecer melhor o lugar onde se pretende trabalhar, buscando referências e valores internos que se relacionem com o recém-formado. “Muito mais do que um perfil técnico, as companhias de hoje procuram um contexto de aprendizado constante, disposto a se provocar e que não se acomode em uma zona de conforto, assumindo desafios diferentes. A procura tem sido mesmo por pessoas com visão sistêmica do negócio”, completa.

Algo que o bacharel em direito, João Lacerda, fez questão de demonstrar em sua curta trajetória rumo à contratação em um escritório de advocacia no Recife. “O primeiro emprego foi decorrente do meu segundo estágio, onde enfrentei etapas de entrevista com RH, redação livre e conversa com o responsável pela área de estágio. Minha maior preocupação era deixar claro o quanto eu poderia ser útil e capaz de desenvolver bem o meu trabalho”, lembra ele que, logo na entrega do currículo, focou nas atividades do estágio anterior com informações curtas e objetivas.

Detalhe importante, segundo a psicóloga, coach e consultora, Cristiane Souza. Ela lembra o quanto é indispensável ter um CV bem redigido, especificando apenas cursos e atividades que se relacionem à vaga.

“É preciso se preparar como um todo, porque, embora seja um momento de nervosismo, o candidato com a comunicação bem treinada, fará uma ótima entrevista. Mas isso ele só consegue reforçando suas leituras e praticando a oralidade”, reforça a especialista, que sugere ir além dos conhecimentos repassados no campus. Isso inclui cursos complementares que reforcem ideias e vivências.

“Se puder, faça um intercâmbio e se torne um exímio articulista”, resume Souza. Já no ambiente de trabalho, o comportamento deve ser o mais integrado possível, conhecendo bem os colegas e observando a forma como eles trabalham, além de buscar referências positivas e sempre pedir feedback sobre as atividades desempenhadas.

TJPE
TJPEFoto: Gabi Albuquerque/Arquivo Folha

Serão abertas, nesta segunda-feira (24), as inscrições para o concurso do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). O procedimento poderá ser feito até o próximo dia 24 de agosto, com taxa de R$ 55 para técnicos de nível médio (60 vagas) e R$ 63 para analistas de nível superior (49). Ao todo, serão ofertadas 109 vagas distribuídas em 15 polos do Estado. Os vencimentos variam de R$ 4.222,45 (médio) a R$ 5.502,12 (superior). Outras informações podem ser achadas no edital.

Previstas para 15 de outubro, as provas objetiva de múltipla escolha e discursiva para os cargos de técnico judiciário e oficial de justiça serão realizadas em turno distinto às do cargo de analista judiciário. A duração será de quatro horas. Por se tratar de certame regionalizado, a prova deverá ser realizada no polo onde o candidato estiver concorrendo à vaga.

A prova objetiva de múltipla escolha terá 50 questões com caráter eliminatório e classificatório. Serão 25 questões de conhecimentos gerais – língua portuguesa, raciocínio lógico e legislação – e 25 de conhecimentos específicos de acordo com cada área. Será considerado aprovado na objetiva o candidato que alcançar no mínimo metade do total de pontos da prova, sem zerar nenhuma das disciplinas. Com relação às discursivas, serão corrigidos os textos até a classificação correspondente a cem vezes o número de vagas por cargo/função/polo. O candidato que não obtiver 60% do total de pontos será eliminado.

O edital prevê funções para quem possui diplomas de ensino médio e médio técnico em Informática, Rede de Computadores, Manutenção e Suporte em Informática, Sistemas de Computação, Telecomunicações ou Sistema de Transmissão. Para ensino superior, em áreas diversas e nas especificas de Direito, Serviço Social, Pedagogia, Psicologia, Contabilidade, Informática e engenharias Física ou Mecânica com pós-graduação na área de Informática. 

Cinco por cento das vagas serão destinadas a pessoas com deficiência e 20% para negros. A isenção da taxa de inscrição poderá ser solicitada entre segunda e quarta-feira (26), no site www.ibfc.org.br.

Aulão para a OAB acontece neste sábado, um dia antes da prova de primeira fase do exame da Ordem
Aulão para a OAB acontece neste sábado, um dia antes da prova de primeira fase do exame da OrdemFoto: Divulgação

Os bacharéis em direito, candidatos na primeira fase da prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), podem assistir um aulão gratuito neste sábado (22). O evento acontece das 8h às 18h, na esplanada da Universidade Salgado de Oliveira, na Imbiribeira, Zona Sul do Recife. A prova acontece no domingo (23).

Quem quiser participar deve levar 2kg de alimentos não-perecíveis e entregá-los no Núcleo de Práticas Jurídicas da instituição. Também é possível optar pelo certificado de carga horária, de 10 horas, que será fornecido mediante o pagamento de R$ 10.

Os temas revisados no evento serão: Direito Constitucional/Tributário, com o professor Pedro Barretto; Processo Civil e Consumidor, com o professor Fabio Milhomens; Direito Administrativo, com o professor Alexandre Medeiros; Direito Trabalhista e Processo do Trabalho, com a professora Juliana Monteiro, além de Direito Penal e Processo Penal, com o professor Renato Porto.

A Universidade Salgado de Oliveira Vista fica localizado na Av. Mal. Mascarenhas de Morais, 2169 - Imbiribeira, Recife. Mais informações: (81) 3797 9021

Provas de concurso público estão agendadas em vários estados
Provas de concurso público estão agendadas em vários estadosFoto: creativecommons

NACIONAL

Tribunal Superior do Trabalho (TST)
Vagas: 132
Cargos: juiz
Nível: superior
Salário: de R$ 27.500,17 até
R$ 27.500,17
Inscrições: entre 04/07/201 e 02/08/2017
Taxa: R$ 275
Mais informações: www.concursosfcc.com.br

Leia mais: 
Inscrições para concurso do TJPE têm início em 24 de julho


PERNAMBUCO

Funape
Vagas: 52
Cargos: analista em gestão pre­videnciária e analista jurídico-pre­vidênciário
Nível: superior
Salário: R$ 3.678,05
Inscrições: até 20/07/2017
Provas: 03/09/2017
Taxa: R$ 64,50
Mais informações:
www.concursosfcc.com.br

Tribunal de Justiça de Pernambuco
Vagas: 109
Cargos: assistente técnico de gestão universitária, médico e ­outros
Níveis: médio e superior
Salário: entre R$ 4.222,45 e
R$ 5.502,12
Inscrições: de 24/07/2017 a 24/07/2017
Provas: 15/10/2017
Taxas: R$ 55 e R$ 63
Mais informações: www.ibfc.org.br

Leia mais:
Ampliado prazo de inscrições para vagas de trainees do Sebrae/PE
Prefeitura de Calçado, em PE, abrirá concurso para 124 vagas

OUTROS ESTADOS

BAHIA
Prefeitura de Salvador
Vagas: 971
Cargo: auxiliar e técnico
Níveis: fundamental, médio e superior
Salário: de R$ 950 até R$ 3.950
Inscrições: até 27/07/2017
Prova: 03/09/2017
Taxa: de R$ 50 a R$ 90
Mais informações: www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/prefeituradesalvador

TRE-BA
Vagas: 49
Cargo: técnico e analista
Nível: médio e superior
Salário: de R$ 6.051,99 até
R$ 11.003,93
Inscrições: até 24/07/2017
Provas: 20/08/2017
Taxa: de R$ 70 a R$ 85
Mais informações: www.cespe.unb.br

MARANHÃO
UFMA

Vagas: 21
Cargo: professor
Nível: superior
Salário: de R$ 2.408,68 a
R$ 9.570,41
Inscrições: até 21/07/2017
Provas: não divulgadas
Taxa: R$ 120, R$ 160 e R$ 180
Mais informações: portais.ufma.br/PortalProReitoria/proen/concursos_docentes/

PARAÍBA
Corpo de Bombeiros
Vagas: 8
Cargo: tenente
Nível: médio
Salário: de R$ 2.487,05 até
R$ 6.502,52
Inscrições: de 3 a 25/08/2017
Provas: data não divulgada
Taxa: R$ 50
Mais informações: www.bombeiros.pb.gov.br

PIAUÍ
Prefeitura de São Francisco de Assis do Piauí
Vagas: 33
Cargos: professor, médico, recepcionista, fonoaudiólogo, assistente social, outros
Nível: fundamental, médio e superior
Salário: de R$ 937 até R$ 10.000
Inscrições: até 31/07/2017
Provas: 10/09/2017
Taxa: de R$ 70 a R$ 90

SÃO PAULO
Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto
Vagas: 574
Cargos: médico, auxiliar,
enfermeiro, outros
Níveis: fundamental, superior e médio
Salário: de R$ 1.104 até R$ 7.200
Inscrições: não divulgadas
Provas: não divulgadas
Taxa: não divulgada

Prova
ProvaFoto: Arthur Mota/FolhaPE

A saída do edital para 109 vagas no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) deixou em polvorosa a turma concurseira que aguardava ansiosa informações gerais sobre o certame. Os estudantes, que já estavam se preparando mesmo sem a definição de datas, agora sabem que têm até outubro, mês de aplicação das provas, para intensificar os estudos de olho no conteúdo programático. Para muitos, o incentivo está nos salários que variam entre R$ 4.222,45 para técnicos de nível médio e R$ 5.502,12 para superior.

Segundo a professora de Direito Penal, Luciana Neves, da Faculdade Metropolitana e do curso preparatório NPL, neste concurso a primeira atenção vai para o estilo da banca organizadora. “A IBFC é uma banca inovadora, que realiza provas objetivas e de múltiplas escolhas, e que sempre busca seguir os programas propostos nos editais, com questões geralmente situacionais. Ou seja, ela tem o objetivo de relacionar a prova ao trabalho que será realizado pelo futuro profissional”, diz.

De olho nisso, a dica é se adaptar. Ainda sobre o TJPE: sai informática e entra direito tributário - este para quem tentará o cargo de analista judiciário. “Sempre oriento praticar muitas questões no dia a dia, pois o que faz você ser aprovado é o treino. Temos que treinar a mente para, quando abrir a prova, ter lembrança sobre tudo ali colocado”, completa Neves.

Leia mais:
Inscrições para concurso do TJPE têm início em 24 de julho
[Vídeo] Dica para evitar crise de ansiedade durante as provas

Você consegue resolver estas quatro questões de português?
Exercícios de matemática, a "pedra no sapato" de muitos concurseiros


Quem notou diferenças significativas em relação ao edital passado, divulgado em 2011, foi o estudante Aprígio Gusmão, 30, que é formado em informática e é aluno de direito. Desde 2010, ele não desgruda dos livros e está sempre atento às principais chances na carreira pública. “Vou continuar focando no meu preparatório para a Funape, mas agora sabendo quais matérias estão relacionadas ao TJPE e quais eu precisarei ajustar na minha rotina”, diz ele, que não se atem em dicas gerais para se dedicar aos conteúdos. “Acho que cada um tem sua maneira de assimilar melhor as coisas. Eu, por exemplo, aprendo muito assistindo a vídeo-aulas e ouvindo gravações. Não é difícil achar seu próprio método, basta se conhecer melhor”, sugere.

Para Taciana Alves, 22, que há dois anos se dedica à rotina de resolução de questões, criação de fichas-resumo e leituras intensas, é época de manter a calma e priorizar as carências de conteúdo. “Estudo, no mínimo, cinco horas por dia, com grande maioria na parte da noite, quando o silêncio é maior. Mas a dica principal é não focar em editais e, sim, ter um planejamento de estudo para a vida toda, pois assim você não é pego com tantas surpresas na hora que um concurso tão sonhado aparecer”, conta.

Embora a pressão só faça aumentar, a orientação é não esquecer a gestão do tempo. “Na prática, não deixo de fazer meus exercícios diários e descansar aos domingos. Isso é fruto de uma programação distribuída de segunda a sábado”, completa a estudante. 

Prova da Unifavip ocorre em 30 dia julho
Prova da Unifavip ocorre em 30 dia julhoFoto: Reprodução/Internet

Daqui a um mês, em 13 de agosto, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) completa 195 anos. Dentro das ações programadas, está a realização de concurso público para o provimento do cargo de servidor do Poder Judiciário estadual. As inscrições, que têm início em 24 de julho e seguem até 24 de agosto, custarão R$ 55,00 para os cargos de nível médio e R$ 63,00 para superior. A isenção da taxa poderá ser solicitada entre os dias 24 e 27 deste mês. Esses procedimentos devem ser realizados no site www.ibfc.org.br.

Serão oferecidas 109 vagas – sendo 60 para técnicos de nível médio e 49 para analistas de nível superior – distribuídas em 15 polos de todo o Estado. Cinco por cento delas serão destinadas a pessoas com deficiência e 20% para negras respeitadas as condições do edital. Previstas para 15 de outubro, as provas objetiva de múltipla escolha e discursiva para os cargos de técnico judiciário e oficial de justiça serão realizadas em turno distinto às do cargo de analista judiciário. A duração será de quatro horas. Por se tratar de certame regionalizado, a prova deverá ser realizada no polo onde o candidato estiver concorrendo à vaga.

Leia mais:
Exercite seus conhecimentos neste simulado de informática
Mais uma de concordância verbo-nominal
Exercite seus conhecimentos neste simulado de informática


A prova objetiva de múltipla escolha terá 50 questões com caráter eliminatório e classificatório. Serão 25 questões de conhecimentos gerais – língua portuguesa, raciocínio lógico e legislação – e 25 de conhecimentos específicos de acordo com cada área. Será considerado aprovado na objetiva o candidato que alcançar no mínimo metade do total de pontos da prova, sem zerar nenhuma das disciplinas. Com relação às discursivas, serão corrigidos os textos até a classificação correspondente a cem vezes o número de vagas por cargo/função/polo. O candidato que não obtiver 60% do total de pontos será eliminado.

O edital prevê funções para quem possui diplomas de ensino médio e médio técnico em Informática, Rede de Computadores, Manutenção e Suporte em Informática, Sistemas de Computação, Telecomunicações ou Sistema de Transmissão. Para ensino superior, em áreas diversas e nas especificas de Direito, Serviço Social, Pedagogia, Psicologia, Contabilidade, Informática e engenharias Física ou Mecânica com pós-graduação na área de Informática. Os vencimentos variam de R$ 4.222,45 (médio) a R$ 5.502,12 (superior). Outras informações no edital publicado no Diário de Justiça eletrônico (DJe).

Sebrae
SebraeFoto: Reprodução

O Sebrae/PE amplia prazo de inscrições para selecionar 14 trainees. As inscrições podem ser feitas até o dia 11 de agosto pela internet.

Os benefícios oferecidos são: assistência médica (com coparticipação) e odontológica, plano de previdência privada (facultativa), seguro de vida, vale-transporte, vale-alimentação, auxílio atividade física e auxílio-creche para filhos com até 10 anos e 11 meses.

As 14 vagas para trainees são voltadas para candidatos que tenham concluído o ensino superior entre dezembro de 2014 e dezembro de 2016, sendo oito vagas para Recife, duas para Petrolina, duas para Garanhuns, e duas vagas adicionadas ao quantitativo inicial, para Goiana. As oportunidades são para recém-formados nos cursos de Design, Publicidade e Propaganda, Administração de Empresas, Administração com ênfase em Marketing, Ciências Contábeis, Ciências da Computação, Ciências Econômicas, Zootecnia e Veterinária. Confira edital no site da empresa organizadora: www.concepcaoconsultoria.com.br.

Leia mais:
Sebrae/PE está com inscrições abertas para trainees e assistentes
Fuja da saia justa na entrevista


A seleção vai acontecer em três etapas: a análise curricular e documental, avaliação de conhecimentos e avaliação coletiva de habilidades e perfil. A taxa de inscrição custa R$ 100,00 e o salário oferecido é de R$ 3.829,70, com carga horária de 40 horas semanais.

Os Trainees participarão ainda de um Programa de Iniciação Profissional, desenvolvendo competências técnicas e comportamentais, com atuação nos diversos projetos e processos da área de negócios da instituição.

Serviço
Vagas: 14 para trainees
Inscrições: até 11 de agosto pelo site www.concepcaoconsultoria.com.br
Taxa de inscrição: R$ 100 (cem reais)
Salário: R$ 3.829,70

comece o dia bem informado: