Foram encontrados 40 resultados para "Agosto 2017":

Fábrica da empresa Ambev
Fábrica da empresa AmbevFoto: Divulgação

A empresa Ambev está com vagas abertas para a função de promotor de vendas no Centro de Distribuição de Olinda, na Grande Recife. A contratação é efetiva e para início imediato. Os pré-requisitos para as vagas são: experiência em vendas, ensino médio completo e habilitação A/B definitiva com menos de 7 pontos na carteira. Alguns dos benefícios são alimentação, plano de saúde e transporte.

Os currículos devem ser entregues na portaria do Centro de Distribuição, localizado na Avenida Presidente Kennedy, nº 4400, no bairro de Peixinhos, em Olinda. Também é possível encaminhar o documento por e-mail para marcela.ralph@ambev.com.br.

Leia também
Empresa em Suape abre vagas para pessoas com deficiência


A empresa também orienta os interessados a cadastrarem o currículo no endereço www.queroserambev.com.br. Através do site, os candidatos podem ser selecionados para qualquer vaga da Ambev no país, caso tenham disponibilidade para viajar.

Não há prazo para a entrega de currículos. Quem não for selecionado neste momento pode ser chamado em seleção futura, já que a empresa inclui os candidatos no banco de dados.

Fábrica da Qualiman Engenharia
Fábrica da Qualiman EngenhariaFoto: divulgação

A Refinaria Abreu e Lima, em Suape, abriu vagas para a contratação de pessoas com deficiência. A Qualiman Engenharia e Montagens, à frente da finalização das obras da Unidade de Abatimento de Emissões (Snox) da primeira linha de refino do empreendimento, comunicou a oferta de quase 20 vagas, distribuídas entre as áreas administrativas, de qualidade, de pintura, andaimes, solda, elétrica e serviços gerais.

“As contratações priorizarão os profissionais qualificados de Pernambuco”, de acordo com nota divulgada pela empresa. “As vagas serão preenchidas gradativamente, conforme a necessidade de cada função e o andamento das obras”, informou a companhia, que tem 25 anos de atuação no mercado nacional, com foco na área industrial e no segmento de óleo e gás.

Os interessados nas vagas da Qualiman para pessoas com deficiência devem enviar seus currículos para o e-mail cvsx@qualimanengenharia.com.br, escrevendo no assunto “Vaga PNE”.

Contrato
O contrato da Qualiman com a Petrobras, responsável pela refinaria, tem duração de 21 meses. O acordo foi fechado em março deste ano, quando foi informada a geração de cerca de 800 postos de trabalho na área operacional da obra, até a sua conclusão. O anúncio causou grande comoção no mercado, atraindo uma multidão de profissionais desempregados que fez plantão na porta da empresa, instalada no Cabo de Santo Agostinho, para entregar currículos. O Sindicato dos Trabalhadores na Construção Pesada de Pernambuco (Sintepav-PE) contabiliza mais de 40 mil profissionais desligados das obras da Refinaria Abreu e Lima, após a desmobilização do canteiro e a crise do segmento.

Apesar de toda essa mobilização, a Qualiman não deu garantia de que aqueles currículos entregues na sua portaria seriam efetivamente aproveitados. De acordo com a Qualiman, até agora já foram contratados 550 colaboradores para o canteiro de obras. Não há informações, no entanto, sobre o percentual de pernambucanos chamados até o momento, mas a empresa garante que eles são maioria.


McDonald's
McDonald'sFoto: Divulgação

A rede de fast food McDonald's oferece 22 vagas de emprego em Pernambuco. No Recife, são 20 oportunidades em horário reduzido. Já em Petrolina são 2 oportunidades ofertadas para Pessoa Com Deficiência (PCD).

A corporação não exige experiência e a contratação é imediata. As inscrições podem ser feitas no portal McDonald's ou entregando o currículo em um dos restaurantes. Entre os benefícios oferecidos pela empresa estão: alimentação no local, seguro de vida, assistência médica e odontológica, vale-transporte e plano de carreira. A remuneração não foi informada.

Ao todo, a rede oferece cerca de 1,2 mil vagas em diferentes cidades do Brasil. Características como dinamismo, facilidade em se comunicar e trabalhar em equipe são diferenciais para quem quer fazer parte da equipe.

As inscrições para o concurso da Secretaria Estadual de Saúde seguem até o dia 28
As inscrições para o concurso da Secretaria Estadual de Saúde seguem até o dia 28Foto: Divulgação

O Ministério Público Federal (MPF) de Pernambuco expediu recomendação ao Governo do Estado para que seja interpretada a Lei Ordinária Estadual nº 16.089/2017, sancionada em 30 de junho, conforme os princípios constitucionais. A lei institui o sistema de “plantões extraordinários” no âmbito da rede estadual de saúde. A responsável pelo caso é a procuradora da República Silvia Regina Pontes Lopes.

A lei estadual autoriza a Secretaria de Saúde de Pernambuco a credenciar, por inexigibilidade de licitação, profissionais de saúde não integrantes do quadro de servidores estaduais ou contratados por prazo determinado, para formar cadastro de reserva para a cobertura emergencial de lacunas de trabalho nas unidades de saúde da rede pública.

“O credenciamento para formação de cadastro de reserva pretendido pelo Governo do Estado não protege o interesse público, favorece o apadrinhamento político e burla a exigência constitucional do concurso público”, argumenta a procuradora da República, destacando que a contratação fere os princípios constitucionais da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.

O MPF informou, ainda, que a implementação do cadastro não possui nenhuma aferição da capacidade técnica e pessoal dos profissionais, o que coloca em risco a vida dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Para o MPF, as contratações também demonstram a existência de cargos vagos e que há disponibilidade financeira para o pagamento de pessoal.

A recomendação é decorrente de representação do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), órgão do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, subscrita pelo procurador Cristiano Pimentel. O MPCO também enviou representação à Procuradoria-Geral da República, para que sejam adotadas medidas destinadas à declaração de inconstitucionalidade da Lei Ordinária Estadual nº 16.089/2017.

Concurso – Na recomendação, o MPF requer que o Governo de Pernambuco interprete como normas de transição os artigos da lei estadual referentes à contratação por tempo determinado, devendo realizar processo seletivo simplificado com critérios objetivos para aferir a capacidade técnica e pessoal dos profissionais interessados em formar o cadastro de reserva. O MPF requer ainda que seja realizado, no prazo de um ano, concurso público para provimento de cargos efetivos de profissionais de saúde.

Também é recomendado que os valores dos plantões sejam fixados em conformidade com a Constituição e não por decreto, como pretende a lei recém-promulgada, considerada, nesse ponto, inconstitucional pelo MPF, e que as despesas decorrentes dos pagamentos sejam lançadas como despesas de pessoal, ao contrário de emenda modificativa proposta pelo Governo à Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco.

O Governo de Pernambuco deverá informar a procuradora da República, em até 10 dias úteis a contar da notificação, sobre o acatamento ou não da recomendação. Em caso de omissão, o MPF poderá tomar as medidas administrativas e judiciais cabíveis.

Solenidade de lançamento do programa Viva Voluntário
Solenidade de lançamento do programa Viva VoluntárioFoto: Agência Brasil

Para incentivar o engajamento dos cidadãos em atividades voluntárias foi lançado nesta segunda-feira (28), em cerimônia no Palácio do Planalto, o Programa Nacional de Voluntariado - Viva Voluntário. A iniciativa vai unir esforços do governo, de organizações da sociedade civil e de empresas, e será coordenado pela Casa Civil.

Como incentivo, o decreto que cria o programa prevê o uso de horas nesse tipo de atividade como critério de desempate em concursos públicos ou em processos internos de promoção da administração pública, autárquica e federal.

Leia também
TJPE divulga edital de concurso público com 109 vagas


Há também a previsão de parcerias com a iniciativa privada para que aqueles que somarem determinado número de horas em atividades voluntárias tenham descontos em compras de produtos e em eventos culturais.

A iniciativa foi lançada na data em que se comemora o Dia Nacional do Voluntariado, com a presença do presidente Michel Temer, da primeira-dama, Marcela Temer, de ministros e de representantes de organizações da sociedade civil.

O presidente Temer disse que o trabalho voluntário representa um retorno ao fundamento da solidariedade, que é essencial para fazer o país avançar. Temer ressaltou que o programa está alinhado com uma das marcas de seu governo que é o diálogo. “Esse plano nacional é uma iniciativa que vem expandir uma das marcas do nosso governo, que é a abertura ao diálogo. Quanto mais dialogar, tanto melhor para o Brasil. Não se acredita aqui em trabalho solitário, mas em trabalho de equipe”, disse.

Temer disse que a “profissão de fé” empreendida pelo governo com o diálogo tem trazido resultados positivos em todas as áreas e a implementação da agenda do voluntariado não será exceção.

A primeira-dama, Marcela Temer, disse que o caminho a percorrer para a transformação social é longo, mas com a atuação de sociedade civil e do governo é possível promover uma mudança profunda na sociedade. “Estamos dando um importante passo para a consolidação e disseminação do voluntariado no Brasil, unindo esforços pelo bem-estar daqueles que mais precisam de apoio e de resposta rápida dos diversos agentes da sociedade brasileira”, disse ao discursar na cerimônia.

O programa prevê também a criação da Plataforma Digital do Voluntariado para fazer a ligação entre o cidadão que quer encontrar atividades voluntárias e as instituições que precisam.

No evento foi anunciada uma premiação anual para reconhecer empresas e cidadãos que desenvolvem atividades voluntárias de relevância social. O Viva Voluntário e o Prêmio Nacional do Voluntariado terão um conselho gestor com a participação de integrantes do governo e da sociedade civil.

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) dará apoio técnico e administrativo para as atividades do Programa Nacional de Voluntariado - Viva Voluntário.

Documentos
DocumentosFoto: Divulgação/ Prefeitura de Olinda

As inscrições para a seleção simplificada para a contratação temporária de 45 profissionais de nível médio e superior para a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco (SDSCJ) serão encerradas nesta sexta-feira (1). Os salários variam entre R$ 1,5 mil e R$ 2,7 mil.

As vagas são para os Núcleos de Mediação Institucional de Conflitos, no âmbito do Programa Governo Presente de Ações Integradas para Cidadania da SDSCJ. A inscrição pode ser feita pelo site http://www.institutodarwin.org

A taxa de inscrição é de R$ 40 para nível médio e R$ 60 para nível superior. A seleção será feita a partir de análise de experiência e prova de títulos.

São oito vagas de nível superior com formação em qualquer área divididas nos municípios de Recife, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru e Petrolina. Os salários dão R$ 2,7 mil para 40 horas semanais.

Outras 35 vagas são para nível médio completo e serão divididas também na Capital pernambucana e nos municípios de Jaboatão dos Guararapes, Caruaru e Petrolina. O salário e de R$ 1,5 mil para 40 horas semanais.

Os contratos são de 24 meses, prorrogáveis por igual período. A expectativa é que o resultado seja divulgado no dia 1º de outubro.

Seleção
O processo seletivo será realizado por meio de análise da experiência profissional e de títulos. Esta fase é única e tem caráter eliminatório e classificatório. Ao fazer seu cadastro no site da organizadora, os candidatos devem anexar os documentos digitalizados e preencher o formulário. Do total de vagas ofertadas por função, este Edital, 5% será reservada para pessoas com deficiência.

Para participar da seleção simplificada, o candidato deverá:

I - Ser brasileiro ou gozar das prerrogativas previstas no art. 12, §1.º, da Constituição Federal;
II - Ter idade mínima de 18 anos ou ser emancipado civilmente;
III - Estar em dia com as obrigações eleitorais;
IV - Estar quite com o serviço militar, quando do sexo masculino;
V - Estar apto físico e mental para o exercício das atribuições da função;
VI - Não acumular função, empregos ou cargo público, em qualquer esfera de Governo ou em qualquer Poder, salvo nos casos constitucionalmente permitidos;
VII - Não estar cumprindo o prazo de interstício de afastamento do Estado por ter prestado serviços, através de contrato temporário, conforme Lei nº 14.547, de 21 de dezembro de 2011, e suas alterações;
VIII - Não registrar antecedentes criminais e se encontrar no pleno exercício de seus direitos civis e políticos;
lX – Firmar declaração de não estar cumprindo e nem ter sofrido, no exercício da função pública, penalidade por prática de improbidade administrativa, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal;
Xl - Preencher os requisitos de formação exigidos, conforme indicado no Anexo I deste Edital; Xll – Ter disponibilidade para viajar
XIll – Anexar cópia do documento de Identidade, CPF, comprovante de residência e certificado de conclusão de curso de nível médio emitido por instituição oficialmente reconhecida pelo MEC.

TJPE
TJPEFoto: Gabi Albuquerque/Arquivo Folha

As inscrições para o concurso público do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) foram prorrogadas até o dia 31 de agosto. A princípio, os candidatos teriam até as 23h59 desta quinta-feira (24) para se inscrever. Estão sendo oferecidas 109 vagas, sendo 60 para nível médio e 49 para nível superior, distribuídas em 15 polos de todo o Estado.

Leia também
TJPE divulga edital de concurso público com 109 vagas


Com a mudança, o prazo para o pagamento da taxa de inscrição passa para o dia 1º de setembro. Apesar da prorrogação, a data prevista para a realização das provas, dia 15 de outubro, segue a mesma.

Os salários do concurso variam entre R$ 4.222,45 (médio) e R$ 5.502,12 (superior). As taxas de inscrição custam R$ 55 (médio) R$ 63 (superior). O certame também realiza formação de cadastro de reserva. As inscrições são feitas no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação.

Secretaria Estadual de Saúde
Secretaria Estadual de SaúdeFoto: Reprodução/Internet

A Secretaria de Administração de Pernambuco autorizou a abertura de 45 vagas para seleção simplificada na Secretaria Executiva de Vigilância em Saúde, Serviço de Verificação de Óbito (Recife e Caruaru) e na Vigilância Epidemiológica Hospitalar. A autorização para a seleção é válida por dois anos, podendo ser prorrogada.

Entre as vagas ofertadas estão: sanitaristas (2), enfermeiros sanitaristas (30), enfermeiro (1), codificador de causa básica (1), sistema de informação em saúde  (3), auxiliares de necropsia (8).

O edital, inscrições, avaliações e recebimento de currículos serão anunciados pela Comissão executiva sem data programada.

TJPE
TJPEFoto: Arquivo Folha

As inscrições para o concurso público para o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) terminam às 23h59 desta quinta-feira (24). Ao todo, são oferecidas 109 vagas, sendo 60 para nível médio e 49 para nível superior, distribuídas em 15 polos de todo o Estado. O certame também realiza formação de cadastro de reserva. As inscrições podem ser feitas no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação.

Os salários variam entre R$ 4.222,45 (médio) e R$ 5.502,12 (superior) e as provas serão realizadas no dia 15 de outubro. A taxa custa R$ 55 (médio) R$ 63 (superior). Ao todo, 5% das vagas serão destinadas a pessoas com deficiência e 20% para negras respeitadas as condições do edital do concurso do TJPE, que pode ser conferido na íntegra aqui (disponível entre as páginas 24 e 59).

Previstas para 15 de outubro, as provas objetiva de múltipla escolha e discursiva para os cargos de Técnico Judiciário e Oficial de Justiça serão realizadas em turno distinto às do cargo de Analista Judiciário. A duração será de quatro horas. Por se tratar de concurso regionalizado, a prova deverá ser realizada no polo onde o candidato estiver concorrendo à vaga.

A prova objetiva de múltipla escolha terá 50 questões com caráter eliminatório e classificatório. Serão 25 questões de conhecimentos gerais – língua portuguesa, raciocínio lógico e legislação – e 25 de conhecimentos específicos de acordo com cada área. Será considerado aprovado na objetiva o candidato que alcançar no mínimo metade do total de pontos da prova, sem zerar nenhuma das disciplinas.

Com relação às discursivas, serão corrigidos os textos até a classificação correspondente a 100 vezes o número de vagas por cargo/função/polo. O candidato que não obtiver 60% do total de pontos será eliminado.

Leia também
TRT autoriza concurso público em Pernambuco
TJPE divulga edital de concurso público com 109 vagas

TRT-PE
TRT-PEFoto: Divulgação

Atenção, concurseiros: vem aí um novo certame. O Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região, em Pernambuco, autorizou a abertura de concurso para o provimento de vagas nos cargos de Técnico e Analista Judiciário. A decisão foi publicada no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho da última terça-feira (22).

A expectativa é que sejam ofertadas 32 vagas. Das vagas, 6 são para Analista Judiciário, área judiciária; 1 para Analista Judiciário, área apoio especializado, especialidade Medicina; 2 para Analista Judiciário, área judiciária, especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal; 16 vagas para Técnico Judiciário, área administrativa; 3 para Técnico Judiciário, especialidade apoio de serviços diversos; 1 para Técnico Judiciário, especialidade telefonia; 2 para Técnico Judiciário, especialidade Segurança; 1 para Técnico Judiciário, especialidade Transporte.

O edital ainda não tem data definida, mas deverá sair até o final deste ano. Ainda não foi informado se o certame terá formação do cadastro de reserva. A remuneração básica de um técnico judiciário, cargo que exige ensino médio, é de R$ 6.376,41. Já para analista judiciário, carreira de nível superior, o vencimento atual é de R$ 10.461,90.

No entanto, os servidores do judiciário terão reajustes escalonados de 41% até 2019, de acordo com projeto de lei sancionado pelo Presidente da República em julho do ano passado. A remuneração do analista judiciário chegará a R$ 12.455,31 e a dos técnicos será de R$ 7.591,37 no início de 2019. Os empossados ainda têm auxílio-alimentação.

2012
O último concurso do TRT em Pernambuco aconteceu em 2012 e foi realizado pela Fundação Carlos Chagas. Ao todo, foram 64 vagas para preenchimento imediato, mais formação de cadastro reserva. O órgão nomeou, até o término de validade do último concurso  (outubro/2016), 589 candidatos.

comece o dia bem informado: