Compesa
CompesaFoto: Divulgação/Compesa

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) lançou, nesta terça-feira (24), edital de concurso público no Diário Oficial do Estado para ampliação do quadro profissional da empresa. Serão 63 vagas para os níveis médio, médio técnico e superior, com salários que variam de R$ 1.442,36 a R$ 6.743,28. Também está prevista a reserva de vagas para pessoas com deficiência.

As inscrições iniciam na próxima segunda-feira (30) e podem ser feitas até o dia 4 de junho de 2018 no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora do certame. O edital também já está disponível no site da FGV.

O pagamento do boleto referente à inscrição pode ser realizado até o dia 6 de junho. O valor da inscrição é de R$ 69 para nível médio e médio técnico, R$ 79 para Analista de Gestão e R$ 89 para Analista de Saneamento. |

O prazo de vigência do concurso será o período de um ano, sendo prorrogável por mais um ano, e as primeiras contratações estão previstas para 2019. As vagas oferecidas são para atuação em qualquer uma das unidades da Compesa em Pernambuco e serão alocadas de acordo com a necessidade da companhia.

Vagas
Foram disponibilizadas 28 vagas para o cargo de Assistente de Saneamento e Gestão (nível médio), cuja especialidade é de Assistente de Gestão e Serviços Comerciais, e outras 11 vagas para Assistente de Saneamento e Gestão (nível médio técnico) distribuídas nas especialidades de Técnico em Contabilidade e Técnico Operacional com habilitação em Desenho Técnico, habilitação em Topografia, habilitação em Mecânica e habilitação em Edificações.

Para os cargos de nível superior, foram disponibilizadas 24 vagas, sendo nove para Analista de Gestão e 15 para Analista de Saneamento. Para concorrer a uma das vagas de Analista de Saneamento, os profissionais precisam ter formação nas engenharias Elétrica com habilitação em Eletrônica, Elétrica com habilitação em Eletrotécnica, Química, Civil e Cartográfica. Já para as vagas de Analista de Gestão, os candidatos precisam ter formação em Administração, Ciência da Computação ou Sistema da Informação e Enfermagem com espacialização em Enfermagem do Trabalho.

Como a Compesa é uma sociedade de economia mista, os contratados serão submetidos ao regime jurídico estabelecido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e prevê o cumprimento da carga horária de 200 horas, por mês.

Além da remuneração inicial, os empregados da companhia são contemplados com política que prevê progressões salariais por mérito e antiguidade, bem como participação nos resultados.

Os funcionários recebem, atualmente, os benefícios de vale-alimentação ou refeição, auxílio-educação e plano de saúde, plano odontológico (empregado e dependentes) e previdência privada – sendo estes três últimos benefícios opcionais, mediante contribuição por parte do empregado. O salário e os benefícios têm como base de referência o mês de janeiro de 2018 e podem sofrer alterações de conteúdo ou de valores, inclusive por atualização do Acordo Coletivo de Trabalho.

A última vez que a Compesa realizou um concurso público foi no ano de 2016 – os anteriores foram nos anos de 2006, 2007, 2009, 2012 e 2014.

Relógio com acesso à internet que era usado pela suspeita
Relógio com acesso à internet que era usado pela suspeitaFoto: Divulgação/Polícia Federal

Uma administradora de 27 anos foi presa em flagrante na noite do último domingo (22) em uma escola em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, quando tentava fraudar o concurso público do Conselho Regional de Farmácia do Estado de Pernambuco (CRF-PE). Ela informou em interrogatório aos policiais federais que receberia R$ 35 mil de outro candidato, que seria o beneficiado pela fraude. O valor seria pago apenas em caso de aprovação.

A suspeita estava com um relógio de pulso com acesso à internet por baixo da manga da camisa e ia constantemente ao banheiro, o que despertou a desconfiança do fiscal de sala. Após a descoberta do relógio, a candidata foi eliminada do concurso e o 19º Batalhão da Polícia Militar (BPM) foi acionado.

A presa contou que outro candidato, que também fazia a prova, recebia os gabaritos repassados através do relógio. Ele foi procurado, mas já havia saído do local e não foi preso. A reportagem do FolhaPE entrou em contato com o CRF-PE e aguarda o posicionamento do conselho sobre o caso.

Leia também:
Quadrilha especializada em fraudes de concurso é investigada pela Polícia Civil
Três candidatos são flagrados fraudando concurso público em Pernambuco

Ela foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Boa Viagem e em seguida levada para a sede da Polícia Federal (PF). Ela foi autuada pelo crime de fraudes em certames de interesse público, contido no artigo 311-A do Código Penal Brasileiro. Caso condenada, ela poderá pegar pena de um a quatro anos de reclusão. A administradora pagou a fiança e foi liberada para responder ao crime em liberdade.


Polícia Federal
Polícia FederalFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O diretor-geral da Polícia Federal (PF), Rogério Galloro, autorizou, nesta sexta-feira (20), a realização de concurso público para 500 vagas. Os candidatos que se encaixarem nos requisitos poderão concorrer aos cargos de delegado, perito criminal, escrivão, papiloscopista e agente da PF. De acordo com o órgão, o edital de abertura das inscrições está previsto para ser publicado em até seis meses e informará que para todos os cargos será necessário diploma de curso superior.

Leia também
Confira a portaria que autoriza a realização do concurso da Polícia Federal
Concurso do TRT-PE: aulão solidário de língua portuguesa acontece neste sábado
Funase abrirá seleção com 496 vagas para agentes socioeducativos
Jeep está em busca de estagiários


A portaria nº 8.380, que prevê as novas oportunidades, foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (20). No concurso, serão ofertadas 150 vagas para o cargo de delegado; 60 para o cargo de perito criminal federal; 80 para escrivão; 30 para papiloscopista e 180 para agente da Polícia Federal.

Os que concorrem aos cargos de agente, escrivão e papiloscopista poderão ganhar em torno de R$ 12,5 mil. Já os salários dos que optarem pela modalidade de perito e delegado, são de cerca de R$ 23 mil.

Para as vagas de delegado, os candidatos precisam ter nível superior em direito. Para escrivão, agente e papiloscopista, quem tem nível superior em qualquer área poderá se inscrever. Já para concorrer a perito, o edital, que deve ser publicado até o dia 20 de outubro, definirá quais áreas de graduação os interessados devem ter. 

Você pode conferir, no site da Polícia Federal, os últimos editais lançados pelo órgão e as últimas provas e gabaritos.

TRT-PE
TRT-PEFoto: Divulgação

Um aulão solidário com foco no concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE) acontece, neste sábado (21), das 9h às 17h, no auditório do Hotel Manibu, no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. A professora Flávia Rita vai passar dicas importantes de língua portuguesa e de vivências do mercado de concursos para os alunos que vão gabaritas a prova, que acontecerá no dia 29 de abril.

Para se inscrever, é preciso doar dois pacotes de fraldas geriátricas (que são entregues no dia do evento) e acessar o site para preencher o formulário. No encontro, a professora fará o sorteio de um jantar com tudo pago para que o aluno possa tirar as últimas dúvidas antes da prova.

No dia seguinte ao evento, as fraldas geriátricas arrecadadas serão entregues na Associação Casa do Amor, localizado no bairro do Arruda, na Zona Norte do Recife. Informações: (31) 9745-0684 ou (31) 3296-0590. Flávia Rita é graduada em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais e pós-graduada em Didática do Ensino Superio.

Julgamento no STF
Julgamento no STFFoto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu nesta quinta-feira (12), por unanimidade, que a Lei de Cotas é válida também para concursos das Forças Armadas.

Os ministros já haviam validado, ao julgar uma ação declaratória de constitucionalidade, em junho do ano passado, também por unanimidade, a Lei de Cotas (12.990/2014), que reserva 20% das vagas oferecidas em concursos públicos na administração pública federal direta e indireta, nos Três Poderes.

Leia também:
Lei de cotas na educação estadual
Decreto inclui pessoas com deficiência em cotas de universidades federais
Índios, ciganos e quilombolas podem ser incluídos no sistema de cotas


A instituição Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes entrou com um embargo de declaração para esclarecer se a decisão abrangeria também os concursos para cargos no Exército, Marinha e Aeronáutica, o que foi agora confirmado pelo STF.

Funase
FunaseFoto: Arquivo Folha

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) vai abrir uma seleção pública simplificada com 496 vagas para agentes socioeducativos.  As vagas são por tempo determinado na Região Metropolitana do Recife.

O Aviso de Chamamento Público saiu nesta terça feira (10) no Diário Oficial do Estado para a contratação da empresa que ficará responsável pelo processo seletivo. A princípio, seriam 296 oportunidades para os agentes socioeducativos, mas foram ampliadas em mais 200 vagas para permitir uma composição mais abrangente do número de funcionários da Funase.

Ainda não foram divulgados pela Funase a data do concurso ou o valor referente aos salários

Fábrica da Jeep, em Goiana
Fábrica da Jeep, em GoianaFoto: Rafael Neddermeyer/ FCA/ Fotos Públicas

Universitários interessados no setor automotivo têm a oportunidade de participar da seleção do Programa de Estágio Jeep em Pernambuco. As vagas são destinadas a Planta Jeep (em Goiana, Mata Norte do Estado), ao Centro de Engenharia (na Capital, Recife) e a FCA Autopeças (em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana). As inscrições devem ser feitas até 30 de abril através do site do Programa.

Para concorrer, os candidatos devem estar matriculados em um curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação e ter previsão de conclusão entre junho de 2019 e dezembro de 2020. Podem se inscrever estudantes dos seguintes cursos: Administração, Ciências da Computação, Contabilidade, Direito, Engenharia de Automoção, Engenharia Mecânica, Engenharia Mecatrônica, Engenharia de Meio Ambiente, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Engenharia de Sistemas, Engenharia de Software, Enfermagem, Jornalismo, Logística, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas, Sistemas da Informação e Serviço Social.

O programa tem como objetivo oferecer ao estudante a oportunidade de unir o conhecimento acadêmico à prática e à experiência do mundo organizacional através do desenvolvimento de atividades com o acompanhamento de profissionais experientes, competentes e formadores de equipes de alta performance. “Buscamos estudantes que queiram construir sua própria história, inovadores e interessados em construir carreira numa grande empresa como a Jeep”, destaca Camilla Corrêa – Supervisora de Talent Acquisition da FCA Fiat Chrysler Automobiles Latam.

O processo seletivo é composto de sete etapas que incluem um game online, dinâmicas em grupo, uma visita ao Polo Automotivo Jeep e entrevistas com gestores das áreas escolhidas pelos estudantes. O resultado final será divulgado em junho.

Pré-requisitos
- Estar devidamente matriculado/ vinculado a um curso superior reconhecido pelo MEC
- Ter previsão de conclusão do curso superior de junho de 2019 a dezembro de 2020
- Ter disponibilidade de estagiar pelo período mínimo de um ano
- Ter disponibilidade para estagiar 4 ou 6 horas diárias, conforme exigência da vaga para a qual for direcionado
- Ter disponibilidade para atuar em qualquer uma das vagas que for direcionado pela equipe de seleção da FCA, sempre em concordância com a formação superior.
- O conhecimento no idioma inglês será considerado um diferencial na decisão final pelo candidato

SERVIÇO
Programa de Estágio Jeep
Inscrições até 30 de abril | Clique aqui.

Emprego formal
Emprego formalFoto: Pedro Ventura/Agência Brasília

A cidade do Paulista está oferecendo novas oportunidades para quem deseja se inserir no mercado de trabalho. Segundo a Agência do Trabalho do município, no total, são ofertadas 12 vagas, sendo duas delas reservadas para pessoas com deficiência.

Do total, três vagas são para técnico de manutenção industrial e sete para operador de empilhadeira. Para concorrer, é necessário ter concluído o Ensino Médio e seis meses de experiência. O salário não foi informado.

Leia também
Fábrica da Jeep anuncia terceiro turno e abre 1,5 mil empregos
CNC estima que varejo criará 10,6 mil empregos temporários na Páscoa


As duas vagas destinadas para pessoas com deficiência são de ajudante de carga e descarga de mercadoria. É preciso ter ensino fundamental completo e ter seis meses de experiência. A remuneração também não foi informada.

Os interessados devem comparecer à Agência do Trabalho do Paulista, localizada na Praça Frederico Lundgren, s/n, no Centro, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. Para outras informações, o candidato deve ligar para central de vagas pelo número (81) 3183-7293.

Concurso
ConcursoFoto: Pixabay

A Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE) realiza, neste sábado (24) e domingo (25), as provas do sexto concurso para procurador do Estado. A primeira etapa será a prova objetiva, realizada das 14h às 19h do sábado, e a segunda, prova discursiva, no domingo, das 8h às 13h.

Serão 4.867 candidatos concorrendo a 10 vagas, com salário inicial de R$ 13.648. O exame será nos prédios de cinco instituições de ensino no Recife. Para consultar o local onde fará cada uma das provas, o candidato deve acessar o site do Cebraspe. A consulta é individual, devendo o candidato informar os dados solicitados.

A PGE-PE alerta para a possibilidade de o local de realização da prova objetiva ser diferente do local de realização da prova discursiva. A terceira etapa do concurso é a avaliação de títulos.

O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o início munido de caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, do comprovante de inscrição e do documento de identidade original.

O edital também enumera os materiais proibidos de serem portados pelos candidatos durante as provas e traz ainda instruções de utilização de material de consulta para a realização das provas.

Marinha do Brasil
Marinha do BrasilFoto: Marinha/Divulgação

A Marinha do Brasil abriu inscrições para concurso público para o Corpo de Engenheiros (CEM) nessa quarta (21). Serão 64 vagas destinadas a graduados em engenharia brasileiros com menos de 36 anos, até 1º de janeiro de 2019. As vagas são de diversas áreas da engenharia, além de arquitetura e urbanismo. O salário inicial para o posto é de cerca de R$ 11 mil, além de benefícios.

Os interessados podem se inscrever até o dia 16 de abril pelo site da Marinha ou em um dos postos de inscrição, distribuídos por todo o país, cujos endereços estão disponíveis no edital. Em Pernambuco, as inscrições podem ser feitas na Escola de Aprendizes-Marinheiros de Pernambuco (EAMPE), no Complexo de Salgadinho, em Olinda, Região Metropolitana do Recife. A taxa para se inscrever é de R$ 120,00.

A data da prova ainda será definida. A partir do dia 23 de abril, os candidatos deverão consultar a página da Marinha para se informar sobre datas e horários.

Os candidatos realizarão a prova em duas fases: a primeira com 20 questões objetivas de conhecimentos profissionais e redação e a segunda etapa com 10 questões discursivas de conhecimentos profissionais e tradução de texto na língua inglesa.  Os aprovados na prova escrita farão parte dos eventos complementares compostos por inspeção de saúde, teste de aptidão física (corrida e natação), verificação de documentos, avaliação psicológica, verificação de dados biográficos e prova de títulos.

O candidato aprovado e classificado na Seleção Inicial realizará o Curso de Formação de Oficiais no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), no Rio de Janeiro. O Curso tem por finalidade o preparo do candidato para o exercício de cargos e funções em Organizações Militares da Marinha, situadas em qualquer Unidade da Federação, de acordo com as suas qualificações e atendendo à conveniência do serviço, por meio da necessária instrução militarnaval.

Confira as vagas:

Arquitetura e Urbanismo - 2
Engenharia Cartográfica - 3
Engenharia Civil - 4
Engenharia de Materiais - 2
Engenharia de Produção - 4
Engenharia de Sistemas de Computação - 5
Engenharia de Telecomunicações- 3
Engenharia Elétrica - 10
Engenharia Eletrônica - 7
Engenharia Mecânica - 9
Engenharia Mecatrônica - 3
Engenharia Naval - 5
Engenharia Nuclear - 4
Engenharia Química - 3

comece o dia bem informado: