Prefeitura de Carpina
Prefeitura de CarpinaFoto: Google Maps

A Prefeitura de Carpina, na Mata Norte de Pernambuco, abre, nesta sexta-feira (19), as inscrições para a seleção pública simplificada que visa preencher 387 vagas para cargos de níveis fundamental, médio/técnico e superior. Os salários variam de R$ 954 a R$ 10 mil. (Confira o edital)

Do total de vagas ofertadas por função, o mínimo de 5% será reservado para contratação de pessoas portadoras de deficiência. Para os cargos de nível fundamental, são oferecidas vagas para auxiliar de saúde bucal, auxiliar de serviços gerais, copeira, cozinheiro, eletricista, encanador, merendeira, motorista, porteiro, servente, soldador e vigia.

Para os cargos de nível médio, são oferecidas vagas para assistente administrativo, atendente de UBS, atendente hospitalar, auxiliar de sala de parto, auxiliar de secretaria, professor, professor auxiliar, recepcionista hospitalar, regulador de sistema, técnico de vigilância em saúde, técnico em radiologia, técnico em enfermagem e técnico de vigilância em saúde.

Para os cargos de nível superior, são oferecidas vagas para assistente social, dentista, educador físico, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico, médico veterinário, nutricionista, pedagogo, professor e psicólogo e técnico de vigilância em saúde.

As inscrições deverão ser feitas, presencialmente, das 8h às 13h, até o dia 8 de fevereiro, no auditório da própria prefeitura, na Praça São José, 95, no bairro São José, em Carpina. A seleção será feita por meio de avaliação curricular dos candidatos para contratação temporária. 

Para se inscrever, o candidato precisa preencher, em letra de forma, o formulário que consta no edital. Os contratos têm duração de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período.




Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE)
Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE)Foto: Divulgação

A Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE) vai abrir realizar um concurso para o preenchimento de dez vagas de procurador do Estado e formação de cadastro de reserva. O vencimento é de R$ 13.648,64 referentes a 30h semanais de trabalho. É exigido que o candidato seja bacharel em Direito, portador de diploma expedido por instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), esteja inscrito na Ordem dos Advogados Brasileiros (OAB) e não possua antecedentes criminais.

As inscrições, no valor de R$ 210,00, serão realizadas de 23 de janeiro a 2 de fevereiro no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). O edital pode ser consultado na página da PGE-PE. 

Leia também:
Concurso para professor do Colégio de Aplicação abre inscrições no dia 15 de janeiro
Abin abre concurso para 300 vagas com salários de até R$ 16 mil


O concurso será realizado em três fases, todas no Recife. A primeira é uma prova objetiva de 100 questões, de caráter eliminatório e classificatório. A segunda etapa é uma prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, que consistirá na elaboração de um parecer de até 60 linhas e de uma peça processual de até 90 linhas sobre o tema apresentado. As provas objetiva e subjetiva serão realizadas nos dias 24 e 25 de março, respectivamente, com duração de cinco horas, cada.

A terceira fase da seleção é a avaliação de títulos, de caráter classificatório. Entre os títulos a contar pontuação estão: pós-graduação em nível de doutorado, mestrado ou especialização; título de professor em Direito havido em concurso público; livro, de autoria individual, no âmbito da ciência jurídica; trabalhos publicados em periódicos especializados; arrazoados forenses; e exercício, por mais de um ano, de cargo, emprego ou função de natureza jurídica em entidades públicas, inclusive cargos em comissão e empregos temporários.

Candidatos transgênero poderão solicitar, no momento da inscrição, a utilização do nome social durante a prova, entretanto, nas publicações será utilizado o nome e o gênero constantes no registro civil.

As candidatas que tiverem de amamentar durante o exame, deverão informá-lo na inscrição para que possam levar um acompanhante adulto que ficará numa sala reservada e será responsável pela guarda da criança.

Delegado Bruno Vital, Diretor Integrado do Interior II
Delegado Bruno Vital, Diretor Integrado do Interior IIFoto: Divulgação/PCPE

Uma operação que investiga fraudes em concursos públicos em pelo menos 14 estados do país e do Distrito Federal foi deflagrada na manhã desta segunda-feira (15) pela Polícia Civil de Pernambuco (PCPE). Chamada de Operação Sem Barreiras, a ação cumpriu mandados de busca e apreensão em alguns estados do país. Em Pernambuco, a atuação aconteceu nos municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Petrolina, Sertão do Estado.

Leia também
Operação policial desarticula bando de assaltantes de bancos e carros-fortes no Sertão
Operação na favela da Mangueira deixa 4 mortos e 3 policiais feridos
Ministério Público investiga concursos públicos em Pernambuco


De acordo com PCPE, a quadrilha está sendo investigada desde 2016 e já movimentou R$ 18 milhões. “Essa quadrilha está sendo investigada há aproximadamente dois anos. Foram vários concursos fraudados. A organização criminosa movimentou aproximadamente R$ 18 milhões e atuava de diversas formas, desde meios tecnológicos até de subornos para conseguir provas e passarem para candidatos”, disse o delegado Bruno Vital, Diretor Integrado do Interior II, em coletiva na tarde desta segunda.

Na operação, foram apreendidos equipamentos eletrônicos que passarão por perícia. “As informações contidas nesses aparelhos serão extraídas e usadas como provas contra a quadrilha”, falou o delegado. Ainda de acordo com a PCPE, um dos envolvidos no esquema de fraude é um policial pernambucano, preso nesta segunda. “Segundo as informações passadas, a pessoa presa no Distrito Federal é pernambucano que exerce a função de policial civil no Distrito”, disse Vital.

Os professores irão atuar na educação infantil e no ensino fundamental
Os professores irão atuar na educação infantil e no ensino fundamentalFoto: Pixabay

A Prefeitura de Belo Jardim lançou, nesta segunda-feira (15), o edital de seleção simplificada que visa a contratação temporária emergencial de 150 professores e formação de cadastro de reserva. Os profissionais irão atuar na educação infantil e no ensino fundamental (anos iniciais, 1ª e 2ª fase da Educação de Jovens e Adultos e anos finais). As inscrições serão realizadas de 22 a 24 de janeiro, de forma presencial, no Centro Comunitário Municipal Castelinho, localizado no Centro, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

As vagas são para professores de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia, Educação Física e Ciências Biológicas (Professor II), além de formados em pedagogia (Professor I). A seleção será realizada por meio de Análise Curricular e de Títulos. Do total de vagas, 5% são destinadas a pessoas com deficiência.

Leia também:
Prefeitura de São Lourenço da Mata abre seleção para contratar 479 professores

O cargo de Professor I, que oferta 105 vagas, exige que o candidato possua Certificado de Normal Médio e/ou Certificado/Diploma, devidamente registrado, de curso de nível superior completo de Pedagogia por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Já o cargo de Professor II, que dispõe de 45 vagas, é voltado ao candidato que possua Certificado/Diploma, devidamente registrado, de curso de nível superior completo (Licenciatura) na área específica por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

O resultado preliminar será divulgado no dia 26 de janeiro e a contratação ocorrerá no dia 31 de janeiro. Nos dias 1º e 2 de fevereiro, os contratados passarão por uma formação pedagógica. Para se inscrever, os interessados devem ter idade mínima de 18 anos, estar em dia com as obrigações eleitorais e quite com o serviço militar (homens), não ter antecedentes criminais e estar apto física e mentalmente para desenvolver as atividades, além de possuir os requisitos exigidos no edital.

No ato da inscrições, os candidatos devem levar a cópia e original dos seguintes documentos: identidade, CPF, comprovante de residência, título de eleitor, quitação eleitoral e do serviço militar (quando do sexo masculino), além do currículo com a experiência profissional e os certificados/diplomas exigidos para o cargo pretendido.

Colégio de Aplicação do Recife
Colégio de Aplicação do RecifeFoto: Arquivo/Folha de Pernambuco

As inscrições do concurso para professor do Colégio de Aplicação, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), começam no dia 15 de janeiro e vão até o dia 17 de fevereiro. Ao todo, são oferecidas cinco vagas e os aprovados terão dedicação exclusiva. A titulação mínima exigida é de graduação. O vencimento inicial é de R$ 4.455,22.

Os professores aprovados irão atuar no Campus Recife e as vagas ficarão distribuídas da seguinte forma: Estudos Sociais/Subárea: Geografia – duas vagas; Comunicação e Expressão e Educação Artística/Subárea: Dança – uma vaga; Comunicação e Expressão e Educação Artística/Subárea: Espanhol – uma vaga; Ciências Exatas e da Natureza/Subárea: Química – uma vaga.

O candidato deve requerer a inscrição exclusivamente por via postal, endereçada à Diretoria do Colégio de Aplicação, na avenida da Arquitetura s/n, Cidade Universitária – CEP 50740-550, Recife-PE. A taxa de inscrição tem valor de R$ 239, com pagamento por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU), disponível no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida (Progepe).

A lista de documentos necessários para a inscrição pode ser conferida no Edital nº 89/2017, também disponível no site da Progepe. As provas do concurso serão realizadas no prazo de até 90 dias a contar da data de encerramento das inscrições, em local, datas e horários previstos no cronograma do concurso, que será afixado na secretaria do Colégio de Aplicação e disponibilizado nos sites do CAp e da Progepe, com antecedência mínima de dez dias da data de seu início.

O prazo de validade do concurso será de um ano, contado a partir da data da publicação da homologação do resultado final no DOU, podendo ser prorrogado por igual período.

Tribunal de Justiça de Alagoas
Tribunal de Justiça de AlagoasFoto: Divulgação

Começam às 14h desta segunda-feira (8) as inscrições para o concurso do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), distante 250 quilômetros do Recife. São oferecidas 131 vagas para os cargos de analista e técnico judiciários e os salários variam entre R$ 2.550,96 (médio) e R$ 5.101,92 (superior). Confira o edital completo.

A carga horária para os dois níveis é de 30 horas semanais. O candidato deve se inscrever no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV) até o dia 15 de fevereiro. Das 131 vagas oferecidas, 100 são para técnico judiciário – área judiciária; 15 para analista judiciário - oficial de justiça avaliador; 15 para analista judiciário - área judiciária e uma para analista judiciário - área de estatística.

A taxa de inscrição custa R$ 80 para os cargos de nível médio e R$ 100 para os de nível superior. A prova será aplicada no dia 25 de março, em Maceió. O turno da manhã será reservado para analista judiciário e o turno da tarde, para técnico judiciário.

Para solicitar isenção no pagamento, o candidato tem que residir há no mínimo dois anos em Alagoas e declarar que não possui recursos financeiros suficientes. O candidato doador de sangue também está livre de pagar a taxa. Informações: 0800 2834628 e pelo e-mail concursotjal@fgv.br.

Estudo
EstudoFoto: Reprodução

A partir da próxima segunda (8), a Prefeitura do Recife abre inscrições para cursos gratuitos de qualificação profissional do programa Qualifica Recife. Serão 2.875 vagas em 52 cursos nas áreas de Administração, Informática, Indústria, Vestuário, Construção Civil, Beleza, Alimentação, Artes e Idiomas. As inscrições começam às 14h e devem ser feitas pelo site. Seguem até a quarta seguinte (10).

Leia também:
MEC libera R$ 6,1 milhões para cursos de formação profissional
Profissionalização é maior desafio para o mercado da moda pernambucano

Segundo informou a Prefeitura, o resultado será divulgado na sexta (12). As matrículas serão feitas entre 18 e 19 de janeiro e o início das aulas está na segunda, 22 de janeiro. As aulas serão ministradas em 16 escolas profissionalizantes administradas pela Secretaria de Desenvolvimento e Meio Ambiente do Recife.

Exigências
O candidato tem que ser residente na cidade do Recife por no mínimo três anos, atender aos critérios de idade e escolaridade mínimas definidas para cada curso, não estar matriculado nas escolas profissionalizantes da PCR e não ter abandonado o curso sem justificativa nos últimos seis meses.

Inscrições
Para fazer a inscrição, é preciso acessar o site, preencher seus dados corretamente e imprimir o comprovante de inscrição. Quem não tiver acesso à Internet poderá usar os computadores da Gerência-geral de Qualificação Profissional, no térreo da PCR, e nas Salas do Empreendedor situadas no Compaz Eduardo Campos (no Alto Santa Terezinha) e no Compaz Ariano Suassuna (no Cordeiro).

Os candidatos serão selecionados por ordem cronológica, a partir da primeira inscrição, até o preenchimento das vagas do curso optado pelos candidatos. A listagem dos selecionados será divulgada no site, por ordem de classificação. Os aprovados deverão comparecer à escola indicada para realizar sua matrícula, nos dias 18 e 19 de janeiro, portando original e cópia de RG ou CNH, CPF, foto 3x4 e comprovantes de residência e escolaridade.

Cursos

Entre as opções de cursos oferecidas estão Artes Serigráficas; Atendente Administrativo; Bombeiro Hidráulico (Encanador); Mecânico de Bicicleta; Cabeleireiro; Inglês; Espanhol; Doces, Salgados e Tortas Finas; Confeitaria; Garçom; Informática Básica; Corte e Costura; Cuidador de Idosos; Recepção em Serviços Turísticos e em Hotelaria; Técnicas Massoterapêuticas; e Maquiagem e Penteado. Cada candidato só poderá se inscrever para um curso.

Calendário
Inscrições: 8, 9 e 10/01
Divulgação dos resultados pelo site: 12/01
Matrículas nas escolas: 18 e 19/01
Início das aulas: 22/01
Informações para o público: (81) 3355-9204

Seleção
SeleçãoFoto: Divulgação

A Prefeitura de São Lourenço da Mata abre inscrição nesta quinta-feira (4) para o processo simplificado que visa contratar 479 professores para a rede municipal de ensino. O processo de inscrição, que vai até o dia 17 de janeiro, poderá ser feito de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 16h, na Secretaria Municipal de Educação, que fica na rua João Teixeira, nº 135, no centro do município. O salário base é de R$ 1.350 para uma jornada de trabalho de 150h por mês. Confira o edital.

Para a inscrição, que é gratuita, é necessário comparecer com cópias e originais do requerimento padrão de inscrição preenchido, conforme modelo constante no anexo I, do Edital, currículo, RG, CPF, comprovante de residência, título de eleitor, acompanhado do comprovante de votação ou justificativa no último pleito e comprovante de quitação com o serviço militar obrigatório, no caso do sexo masculino.

Do total de vagas para o ensino fundamental, serão 197 para professores em anos iniciais. Já para os professores de anos finais, serão 214, sendo 15 para professor de Arte, 19 Educação Física, 21 Geografia, 20 História, 48 Português, 28 Ciências, 41 Matemática e 22 Língua Inglesa, além de duas vagas para professor de escrita braille. Também serão abertas 66 vagas para docentes de Educação Infantil. Ao todo, 5% das vagas serão destinados as pessoas com deficiência. 

Vagas de emprego
Vagas de empregoFoto: Pixabay

As inscrições para o concurso público para a Agência Brasileira de Inteligência (Abin)  abrem às 10h da próxima terça-feira (9). São 300 vagas de nível médio e superior com salários que vão de R$ 6.302,23 a R$ 16.620,46. O edital do certame foi publicado na última quarta-feira (3). A taxa de inscrição para oficial técnico de inteligência custa R$ 230, oficial de inteligência R$ 210 e agente de inteligencia R$ 190.

As inscrições vão até às 18h do dia 30 de janeiro, na página do organizador do concurso, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). Podem solicitar isenção os candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou que forem identificados como membro de família de baixa renda nos termos do Decreto nº 6.135/2007.

Vagas
O cargo de oficial técnico de inteligência dispõe de 60 vagas e é destinado para os graduados em administração, economia ou contabilidade; direito; psicologia; pedagogia; engenharia civil; engenharia eletrônica ou elétrica; matemática ou estatística; tecnologia da informação ou engenharia com ênfase em tecnologia da informação; arquivologia ou biblioteconomia.

O cargo de oficial de inteligência, com 220 vagas, é destinado aos graduados em qualquer área de formação de nível superior. Enquanto que o cargo de agente de inteligência, de nível médio, dispõe de 20 vagas. 20% das vagas são reservadas para candidatos autodeclarados negros que deverão se apresentar à comissão avaliadora para verificação da condição declarada.

Exame
As provas são objetiva e discursiva, sendo esta última somente para os cargos de nível superior, e serão aplicadas no dia 11 de março para lotação da Abin em Brasília, mas alguns aprovados para oficial de inteligência poderão solicitar outra unidade de sua preferência, levando em consideração sua classificação. O concurso ainda é composto por outras duas fases de avaliação física, médica e psicológica, além de um curso de formação em inteligência da Abin, a ser realizado em Brasília, no Distrito Federal.

Serviço
Concurso para lotação da Agência Brasileira de Inteligência
Vagas:300
Salário: de R$ 6.302,23 a R$ 16.620,46
Taxa de inscrição: de R$ 190 a R$230
Provas: 11/03/2018
Inscrições: Cebraspe

Campus Recife da Universidade Federal de Pernambuco
Campus Recife da Universidade Federal de PernambucoFoto: Arquivo

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) abriu três concursos com 93 vagas para professores. São 89 vagas para docentes do magistério superior, duas para professor titular-livre do magistério superior dos departamentos de Botânica e Física e duas para professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Colégio de Aplicação (CAp).

As inscrições para a seleção de professor do magistério superior serão realizadas da próxima segunda-feira (8) até o dia 8 de março. Já os interessados nas vagas de professor titular-livre do magistério superior terão de 10 de janeiro a 9 de abril para formalizar a participação no certame. Por fim, as inscrições para professor do CAp poderão ser feitas entre a próxima segunda e o dia 6 de fevereiro. As informações foram divulgadas nesta quarta (3) pela UFPE.

O primeiro grupo de oportunidades se divide em 18 vagas para o Centro de Tecnologia e Geociências (CTG), 12 para o Centro de Artes e Comunicação (CAC); nove para o Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN); 13 para o Centro de Ciências da Saúde (CCS); 12 para o Centro Acadêmico do Agreste (CAA); cinco para o Centro de Biociências (CB); quatro para o Centro Acadêmico de Vitória (CAV); três para o Centro de Educação (CE); sete para o Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH); três para o Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA); e três para o Centro de Informática (CIn).

A remuneração para professor adjunto, com titulação de doutorado, é de R$ 9.585,67, para dedicação exclusiva, e de R$ 3.377,45, para regime de 20 horas de trabalho. Já para professor assistente, com titulação de mestrado, é de R$ 6.726,82, para dedicação exclusiva, e de R$ 2.777,15, para regime de 20 horas de trabalho.

Botânica e Física

Já as duas vagas para professor titular-livre dos departamentos de Botânica e Física oferecem vencimento básico de R$ 8.119,08 e a retribuição por titulação de R$ 11.321,40, totalizando salário de R$ 19.898,48. Para concorrer, é necessário ter título de doutor há, pelo menos, dez anos na área de conhecimento do concurso, na data da posse.

CAp

Os selecionados para trabalhar no CAp terão salário básico de R$ 4.455,22, referente à titulação de graduação e ao regime de trabalho de dedicação exclusiva. Uma vaga é para Estudos Sociais (na subárea de Geografia), e outra, para Comunicação e Expressão e Educação Artística (na subárea de Dança). É necessário ser graduado em Licenciatura em Geografia ou em Dança, respectivamente.

Os editais foram publicados no Diário Oficial da União (DOU) de 21 de novembro de 2017 e podem ser consultados no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida (Progepe).

comece o dia bem informado: