Foram encontrados 2 resultados para "Dezembro 2017":

Despesas de final de ano: mantenha seu orçamento equilibrado
Despesas de final de ano: mantenha seu orçamento equilibradoFoto: PxHere

É de praxe, quando chega o fim do ano, os gastos geralmente aumentam com as compras de presentes para as pessoas queridas e a empolgação vem principalmente quando o 13º salário cai na conta, o que acaba comprometendo o orçamento familiar. Mais de 10% dos brasileiros chegam a deixar de pagar dívidas por causa dos gastos excessivos segundo a pesquisa elaborada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) junto ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O segredo é não gastar além do que vai receber.

Leia também:
Confiança do comércio tem ligeiro recuo em novembro, após duas altas
Confiança do consumidor atinge maior nível desde outubro de 2014

As despesas são diversas - estão na soma as dívidas feitas durante o ano, as viagens que foram ou que serão feitas, reservas de hotéis e os custos com as festas do fim de ano. Além disso, existem também os gastos do início do próximo ano, como, por exemplo, os impostos e despesas escolares. “O primeiro passo para planejar o gasto com os presentes é determinar o valor exato disponível para as compras já descontadas as despesas fixas que as pessoas sempre têm”, observa Dori Boucault, advogado especialista em direitos do consumidor. Outra dica é anotar os nomes daqueles que receberão os presentes.

Pensar na forma de pagamento também é bastante importante - ao parcelar as compr, é sempre bom analisar os juros. Para o especialista, o consumidor deve se manter atento aos juros, porque, em alguns casos, acabam sendo embutidos e, na ânsia de comprar, não observa os valores acima do preço real do produto. A melhor forma de resolver essa questão é a compra à vista: esse tipo de pagamento possui melhores possibilidades de desconto. 

Comprar com antecedência também é uma ótima forma de se organizar. Boucault aconselha: “Se o consumidor deixar para comprar muito em cima da hora, acaba não tendo tempo para pesquisar preços ou encontrar opções de produtos mais baratos e, assim, vai gastar mais, comprometendo o seu orçamento”. Uma das principais dicas é analisar bem antes efetuar a compra, e assim, poder refletir a necessidade e sobre se o valor está dentro da sua realidade financeira. 

O local da compra é também um fator determinante. Lojas bem estabelecidas no comércio oferecem mais segurança, fornecendo nota fiscal, que é uma forma importante para o cidadão exercer seus direitos em caso de problemas com a mercadoria. Por isso, evite comprar produtos de procedência duvidosa. Atente-se principalmente a produtos vendidos na internet: site de compras seguros possuem um cadeado verde na barra de navegação. 

Eletricista
EletricistaFoto: Pixabay

As esperanças que são criadas por conta do Ano Novo sempre chegam acompanhadas por gastos excessivos em festas, presentes, viagens e até mesmo impostos. Com o objetivo de ajudar quem está em busca de renda extra para otimizar o orçamento nesse período (cheio de boletos), o portal Bicos realizou um levantamento que indica os dez profissionais mais buscados entre novembro e dezembro de 2017. A pesquisa foi realizada com base nos mais de 90 mil usuários da plataforma e constatou que as diaristas são as mais requisitadas nesta época.

Ainda com relação com os cuidados domésticos, em segundo lugar no ranking ficaram os eletricistas. Nessa época tão iluminada pelos pisca-piscas, e outras iluminações tradicionais da época, não dá para ficar sem energia. Fechando o top 3, os técnicos em informática não deixarão os internautas sem rede, as mensagens de final de ano para as pessoas queridas estão a salvo.

Leia também:
Pesquisa aponta que EUA e Brasil têm melhores perspectivas de emprego em anos
Jovens enfrentam barreiras para o primeiro emprego
Desemprego recua para 12,2% no trimestre encerrado em outubro

Para os que se dão bem com o atendimento ao público, bicos de garçom, motorista e animador de festa – 4ª, 5ª e 6ª posição, respectivamente – não irão faltar. As pessoas muitas vezes preferem repassar alguns afazeres das festas, surpreendendo os convidados ou fazer um evento mais caprichado.

De acordo com Kleber “a demanda entre novembro e dezembro deste ano já aumentou em 30% e a expectativa é a de que esse número cresça ainda mais”. O CEO lembra também que estas são ótimas oportunidades para quem precisa deixar as contas em dia no início de 2018 sem passar por sufoco.

Bicos

comece o dia bem informado: