Débora emprestou o cartão de uma loja de roupas para a mãe fazer uma compra de R$ 150, mas a mãe nunca pagou. A dívida cresceu e a o nome de Débora agora está no Serviço de Proteção ao Crédito. A opção dela foi não pagar a dívida e continuar usando o salário para quitar as despesas fixas de casa. Será que essa é a melhor ideia? Confira as dicas da consultora Georgina Santos, da Ágilis/RH.

A fórmula de dezembro inclui Restituição de Imposto de Renda + Férias + 13º Salário. Mas para a consultora Georgina Santos, da Ágilis/RH, se deslumbrar com a aparente riqueza é uma péssima ideia. Afinal, depois da fartura de dezembro vêm despesas como IPTU, material escolar, matrícula e fardamentos. Portanto, nada de entrar no Shopping e ceder aos impulsos. Confira as dicas:

Uma conta de telefone no valor de R$ 3.000! Essa foi a "surpresinha" que a irmã adolescente de Janaína Helena deixou ao se hospedar na casa dela por um mês. Para piorar, Janaína foi demitida do emprego de operadora de telemarketing. E agora, como ela vai resolver esse problema? Confira as dicas da consultora Georgina Santos, da Ágilis/RH.

Elisângela tem vários cartões de crédito e as faturas nem sempre chegam em tempo. Ela acaba pagando em atraso e quer saber se tem a operadora tem direito de cobrar os juros dela. Veja o que a consultora Georgina Santos, da Ágilis/RH, recomenda a ela.

E você, tem dúvidas sobre como cuidar do seu dinheiro? Manda e-mail pra gente!

Dinheiro
DinheiroFoto: Agência Brasil

O percentual de famílias endividadas no Brasil chegou a 57,3% em novembro deste ano. Segundo a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), houve uma redução do número de endividados em relação a outubro deste ano (57,7%) e a novembro do ano passado (61%).

Do total de endividados, 14,1% disseram estar muito endividados neste mês, índice superior aos 13,4% de novembro do ano passado.

O percentual de inadimplentes, ou seja, de pessoas que estão com dívidas ou contas em atraso, chegou a 23,4% em novembro deste ano, taxa inferior aos 23,8% do mês anterior, mas superior aos 22,7% de novembro do ano passado.

Entre as famílias brasileiras, 9,1% acham que não conseguirão pagar suas dívidas nos próximos meses. Em outubro deste ano, o percentual era de 9,4%, enquanto em novembro do ano passado, a proporção chegava a 8,5%. O tempo médio de atraso nas contas ficou em 63,3 dias.

Dinheiro
DinheiroFoto: Agência Brasil

Estabilizar o orçamento, comprar uma casa, investir na educação e viajar são metas que fazem parte dos planos da maioria das pessoas que sonham com um futuro mais tranquilo e sem preocupações financeiras. Durante tempos de crise e dificuldades, a educação financeira se torna essencial para a estabilidade do orçamento.

Para dar dicas de como evitar a inadimplência e manter as contas em dia, o educador financeiro Arthur Lemos irá ministrar a palestra “Atitudes financeiras inteligentes”, no próximo dia 2 de dezembro, às 14h, no auditório da Concessionária Rota do Atlântico, em Suape. As inscrições podem ser efetuadas, gratuitamente, pelo e-mail rh@rotadoatlantico.com.br.

“O objetivo da palestra é sensibilizar as pessoas a administrarem o dinheiro com consciência e de forma inteligente para realizar mais sonhos, o que não necessariamente é alcançado com a diminuição do consumo, como se espera”, explica Arthur Lemos. Conceitos sobre análise de renda, diagnóstico, sonho, orçamento e poupança, endividamento e inadimplência serão alguns dos assuntos abordados pelo educador financeiro.

Elisângela tem 37 anos e vários cartões de crédito. Se as faturas não chegam pelo correio, ela acaba atrasando o pagamento e pagando tudo com juros. Sem falar na complicação que é gerenciar tanta conta. Confira as dicas da consultora Georgina Santos, da Ágilis/RH.

Boleto pode ser obtido no site da Prefeitura do Recife
Boleto pode ser obtido no site da Prefeitura do RecifeFoto: Foto: Úrsula Freire/Folha de Pernambuco

O prazo para o pagamento da última parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) do Recife referente ao exercício fiscal de 2016 vai até esta quinta-feira (10). De acordo com a Secretaria de Finanças do município, o boleto da 10ª parcela pode ser pago em agências bancárias, casas lotéricas ou internet banking.

Para acessar a segunda via do boleto, o contribuinte pode acessar o site da prefeitura www.recife.pe.gov.br, clicando no banner do "IPTU 2016", disponível ao lado direito da página.

Para visualizar o valor a ser pago, é necessário informar o número do sequencial do imóvel. Também é possível verificar se há alguma parcela anterior em aberto. O pagamento de todas as parcelas até o próximo dia 10 garante o desconto no IPTU de 2017 aos contribuintes adimplentes. O desconto pode ser de 10% na parcela única ou de 5% para o pagamento em cotas.

Além do portal, os responsáveis por imóveis residenciais ou comerciais no Recife podem obter informações sobre o IPTU também pelo 0800.081.1255.

Em 2014 dona Eliana perdeu uma fonte de renda importante: o aluguel de um galpão que lhe garantia R$ 5 mil por mês. Para ela, como o Brasil está endividado, tudo bem se manter "no vermelho" também. Para a consultora Georgina Santos, da Ágilis/RH, não existe dívida inegociável. Mas para sair do endividamento, é preciso readequar o orçamento.

comece o dia bem informado: