Os postos do Recife apresentam movimentação tranquila.
Os postos do Recife apresentam movimentação tranquila.Foto: Arthur Mota/ Folha de Pernambuco

Na próxima terça-feira (21), a greve dos caminhoneiros que parou o País por 11 dias completa um ano. Por isso, uma nova ameaça de greve começa a surgir após o ultimato dado pelo presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José Fonseca, na última segunda-feira (13), ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Fonseca articulou ofício exigindo um encontro com o presidente da Petrobrás, com o intuito de discutir as constantes altas no preço do diesel.

O Portal FolhaPE foi às ruas na manhã desta terça-feira (14) para verificar a movimentação nos postos de gasolina da Região Metropolitana do Recife. Foram visitados estabelecimentos no Bairro do Recife, entre eles, o Posto BR, ao lado do Shopping Paço Alfândega; o Posto Total, situado em frente à Prefeitura do Recife; e o Posto Shell, próximo à Ponte do Limoeiro.

Leia também:
Alta da gasolina faz motoristas de Uber no Brasil aderir a greve global
Greve dos caminhoneiros: ameaças ainda podem voltar

Em todos os postos visitados, os funcionários confirmaram que os preços dos combustíveis não sofreram alterações nos últimos dias, mantendo-se estáveis, por enquanto. Na manhã desta terça (14), os postos estavam com movimentação leve e regular, sem filas ou retenções.

Clemente dos Santos, servidor público, conta que ainda não tinha ouvido os rumores da paralisação dos caminhoneiros e estava apenas fazendo um abastecimento de rotina em seu carro, no Posto BR. Já Terêncio Farias, funcionário da Prefeitura do Recife, disse ter lido sobre o assunto, mas afirmou que não há muito o que fazer. “A prevenção é pouca, vou encher o tanque hoje e usar até quando durar”, disse.

Para Samuel Francisco, motorista de aplicativo, uma possível greve pode pesar ainda mais no bolso, agravando a situação atual. “Estamos dividindo nosso ganho com o combustível”.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: