Polícia Federal
Polícia FederalFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O diretor-geral da Polícia Federal (PF), Rogério Galloro, autorizou, nesta sexta-feira (20), a realização de concurso público para 500 vagas. Os candidatos que se encaixarem nos requisitos poderão concorrer aos cargos de delegado, perito criminal, escrivão, papiloscopista e agente da PF. De acordo com o órgão, o edital de abertura das inscrições está previsto para ser publicado em até seis meses e informará que para todos os cargos será necessário diploma de curso superior.

Leia também
Confira a portaria que autoriza a realização do concurso da Polícia Federal
Concurso do TRT-PE: aulão solidário de língua portuguesa acontece neste sábado
Funase abrirá seleção com 496 vagas para agentes socioeducativos
Jeep está em busca de estagiários


A portaria nº 8.380, que prevê as novas oportunidades, foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (20). No concurso, serão ofertadas 150 vagas para o cargo de delegado; 60 para o cargo de perito criminal federal; 80 para escrivão; 30 para papiloscopista e 180 para agente da Polícia Federal.

Os que concorrem aos cargos de agente, escrivão e papiloscopista poderão ganhar em torno de R$ 12,5 mil. Já os salários dos que optarem pela modalidade de perito e delegado, são de cerca de R$ 23 mil.

Para as vagas de delegado, os candidatos precisam ter nível superior em direito. Para escrivão, agente e papiloscopista, quem tem nível superior em qualquer área poderá se inscrever. Já para concorrer a perito, o edital, que deve ser publicado até o dia 20 de outubro, definirá quais áreas de graduação os interessados devem ter. 

Você pode conferir, no site da Polícia Federal, os últimos editais lançados pelo órgão e as últimas provas e gabaritos.

comece o dia bem informado: