Estacionamento do Shopping Recife
Estacionamento do Shopping RecifeFoto: Henrique Genecy/Folha de Pernambuco

Para quem está habituado a frequentar o Shopping Recife, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, e contar com os 20 minutos gratuitos do seu estacionamento, atenção. Embora não tenha feito nenhum tipo de campanha prévia comunicando a alteração, esse tempo de tolerância foi reduzido desde a última segunda-feira (9) e agora é de 15 minutos. Passando desse tempo, o consumidor de carro vai ter que desembolsar o preço equivalente às 4 horas de permanência - R$ 8.

De acordo com o Procon-PE, fazer modificação sem prévia comunicação ao público é uma transgressão ao direito de informação previsto no Código de Defesa do Consumidor.

Procurado pela reportagem, o Shopping Recife afirmou que a sinalização do estabelecimento já indica a alteração no tempo de carência. Segundo a administração do mall, os 15 minutos são suficientes para atender às necessidades de embarque / desembarque no centro de compras. “Buscando uma melhor fluidez no tráfego de veículos em seu estacionamento, que possui uma alta rotatividade diária de 25 mil carros, o Shopping Recife informa que alterou para 15 minutos o tempo de carência para carros e motos”, afirmou o centro comercial em comunicado direcionado à Folha de Pernambuco.

No entanto, para o gerente de Fiscalização do Procon-PE, Roberto Campos, o consumidor deveria ser previamente comunicado sobre a redução. “É necessário existir uma ampla divulgação sobre a alteração. Assim, o consumidor poderia exercer a opção de entrar ou não no estabelecimento. Sem saber disso, ele poderia exceder o tempo de 15 minutos acreditando que a tolerância ainda seja de 20”, esclarece o gerente.

Endossando o que diz o Procon-PE, consumidores e lojistas criticam não terem sido informados sobre a mudança. “Mesmo com a vaga preferencial, como o idoso tem que andar mais devagar, às vezes a pessoa está muito longe, paga o estacionamento, mas dá não tempo de sair. Quando chega à cancela, por causa de um ou dois minutos tem que pagar tudo de novo”, contou o comerciante Hebert Lima. Já o empresário Armênio Machado é taxativo ao afirmar que a falta de comunicação da mudança foi “erro grave da administração do estacionamento”, afirmou.

Leia também:
Cinépolis inaugura seis salas no Shopping Patteo, em Olinda
Recife ganha novo shopping pet friendly
Multas, IPVA e emplacamento já podem ser pagos com cartão em PE

Para os lojistas, a insatisfação é grande, pois a administração nem informou nada, nem pediu a sugestão de ninguém para munda. “A gente perde quando o cliente perde. Em 20 minutos ainda daria tempo do consumidor e fazer alguma coisa rápida, sem pagar o estacionamento. A preocupação agora é de que ele deixe de ir ao shopping”, argumentou um lojista que preferiu não se identificar.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: