A derrota na final da Copa América Centenário de 2016 foi a mais dolorida para Lionel Messi
A derrota na final da Copa América Centenário de 2016 foi a mais dolorida para Lionel MessiFoto: Reprodução/Instagram

A derrota na final da Copa América Centenário de 2016 foi a mais dolorida para Lionel Messi. De acordo com Elvio Paolorosso, preparador do técnico Tatá Martino na época, o atacante ficou inconsolado horas depois da perda do título nos pênaltis para o Chile -Messi foi um dos que desperdiçou sua cobrança.

Leia também:
Luis Enrique daria prêmio de melhor do mundo para Messi
Arena Corinthians fica fora da Copa América 2019
Brasil e Argentina farão amistoso em outubro, na Arábia
Fora do prêmio de melhor do mundo, Messi busca se reinventar
Para Parreira, Neymar e Messi deixaram a desejar na Copa


"O vestiário depois da derrota foi muito triste, mas o pior aconteceu depois. Lá pelas 2h da manhã, fui ao vestiário e encontrei Leo, sozinho, completamente sozinho, chorando como um bebê que tinha perdido a mãe", afirmou Paolorosso ao jornal "Marca".

veja também

comentários

comece o dia bem informado: