Mbappé, atacante da França
Mbappé, atacante da FrançaFoto: LOIC VENANCE / AFP

Não fosse Mbappé, a seleção francesa teria passado por momentos constrangedores nesta quinta-feira (11), em amistoso contra a Islândia no Stade du Roudourou, em Guingamp. Os campeões do mundo chegaram a estar dois gols atrás, mas aí o camisa 10 entrou e fez sua mágica acontecer: um lindo gol e um pênalti convertido para deixar tudo em 2x2 -Bjarnason e Árnason haviam marcado antes.

Desta forma, a França chega a 14 jogos de invencibilidade. A seleção campeã da Copa do Mundo volta a campo às 15h45 (de Brasília) desta terça-feira (16), quando recebe a Alemanha pela Liga das Nações em duelo das campeãs mundiais de 2014 e 2018. Já a Islândia, que não vence há dez jogos, encara a Suíça, na segunda (15), pela mesma competição.

Na primeira meia hora, a Islândia repetiu a estratégia na qual se tornou especialista, recuando e esperando. A França teve a bola e frequentou a intermediária rival sem grandes problemas, mas só furou a retranca viking com muito custo. Teve a melhor chance em um contra-ataque: Griezmann avançou pelo meio, enganou a defesa inteira ao tabelar com Giroud e viu Dembelé perder o gol na cara do goleiro.

A esta altura, no entanto, a França já perdia por 1x0. Finnbogason havia roubado de Kimpembe no fundo do campo, servido Bjarnason e visto o meio-campista acertar o cantinho.

Após o intervalo, a França parecia perto de empatar e quase o fez em cabeceio de Griezmann. Mas foi a Islândia quem balançou a rede, ampliando sua vantagem aos 13 minutos. Árnason tomou a frente de Kimpembe em um escanteio, correu em direção à primeira trave e desviou de forma certeira para fazer o segundo.

Pouco depois o técnico Deschamps promoveu uma série de substituições, descaracterizando a equipe titular. Lemar, Mbappé e Payet ganharam chance na frente, o que tornou o ataque mais ágil. Não à toa o camisa 10 diminuiu em jogada individual aos 41 e empatou cobrando pênalti aos 45, após mão na bola na área rival.

ESPANHA GOLEIA

Em boa fase no Borussia Dortmund, Paco Alcácer não decepcionou a Espanha no amistoso contra País de Gales. Nesta quinta-feira (11), ele marcou duas vezes e foi decisivo na vitória por 4x1, fora de casa, no Principality Stadium. Sergio Ramos e Bartra completaram a goleada, enquanto Vokes descontou.

Leia também:
Sem Cristiano Ronaldo, Portugal bate Polônia na Liga das Nações
Argentina goleia Iraque em amistoso antes de pegar o Brasil 

Alcácer abriu o placar para a Espanha logo aos sete minutos de jogo. Ele aproveitou sobra e bateu forte no alto. Mais tarde, aos 19, Sergio Ramos subiu após cruzamento de Suso e fez de cabeça. Ainda no primeiro tempo, o atacante fez o segundo dele aos 29 depois de trapalhada da zaga.

País de Gales não contou com Bale, que assistiu ao jogo das tribunas do estádio, e chegou a acertar a trave dos espanhóis na primeira etapa.

No segundo tempo, os dois times fizeram trocas, e os espanhóis continuaram no ataque. Aos 28 minutos, Bartra escorou de cabeça após cruzamento de Suso e fez o quarto. Já nos minutos finais, Vokes descontou para os donos da casa.

O técnico da Espanha, Luis Enrique, apostou em um time misto e preservou os titulares para a partida da próxima segunda-feira (15), quando a campeã mundial de 2010 recebe a Inglaterra pela Liga das Nações. Um dia depois, na terça (16), País de Gales visita a Irlanda pelo mesmo torneio.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: