Tumulto teve início após um torcedor acender um sinalizador na arquibancada
Tumulto teve início após um torcedor acender um sinalizador na arquibancadaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

No início da tarde desta terça-feira (13), no quartel do Derby, aconteceu a tradicional reunião ordinária que ocorre na véspera dos jogos de futebol do estado, para definir o esquema de segurança do Clássico das Multidões desta quarta-feira, às 21h45, na Ilha do Retiro.

Leia também:
Escolha de árbitro para Sport x Santa Cruz gera polêmica
Santa Cruz pede clássico da paz contra o Sport na Ilha
Sport descarta risco em suposto 'desnível' da arquibancada
Torcedores ficam feridos no jogo Sport x Santa Cruz  

O coronel João Bosco, diretor da Diretoria Integrada Especializada (DIRESP), enfatizou a nova estratégia para a partida, ressaltando o aumento de 120% do efetivo envolvido para a partida. "Amanhã será um jogo que necessita de uma atenção maior da nossa parte por ser uma fase eliminatória. Estamos mais que dobrando o efetivo. Uma média de 120% a mais de lançamentos tanto na área externa quanto na área interna do campo. Teremos o Batalhão da área, o reforço da Diretoria Integrada Metropolitana e da DIRESP. Haverá diversas equipes policiais envolvidas".

O militar também destacou a perspectiva positiva para o jogo "O acompanhamento da torcida do Santa Cruz será feito como sempre e acreditamos que não haverá problemas tanto no trajeto quanto na partida. Vamos reforçar as revistas, faremos um acompanhamento mais aproximado. Será um espetáculo onde os torcedores pernambucanos vão pagar para se divertir e assistir os seus times".

Sobre o ocorrido na última partida, o Coronel afirmou que as investigações continuam para apurar o ocorrido. "O episódio do jogo passado está sendo analisado criteriosamente pelas autoridades competentes. Todos estão preocupados para verificar os responsáveis por aquela situação", finalizou João Bosco.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: