Ávila renovou com o Timbu para 2018
Ávila renovou com o Timbu para 2018Foto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco

Na teoria, o lateral-esquerdo Henrique Ávila é um dos atletas do Náutico que se reapresentará, jutno com o restante do elenco, no dia 14 de dezembro, no CT Wilson Campos. Afinal, ele renovou vínculo com o time pernambucano antes mesmo do término da Série B, aumentando o contrato até o final de 2018. Mas na prática a história é bem diferente. Com propostas de clubes das séries B e C, o jogador deixa claro que segue com o futuro em aberto.

"Isso está sendo decidido pelo meu empresário. Tenho contrato com o Náutico e devo me reapresentar junto com o grupo, mas recebi algumas propostas de outros clubes. Duas delas eu confesso que fiquei bastante interessado: a primeira foi de um clube do Sul que jogará a Série C e a outra de uma equipe de São Paulo que disputará a Série B. Mas nada está definido", afirmou o jogador. "Inicialmente, meu pensamento ainda é de ficar para ajudar no ano que vem o clube a reverter essa situação ruim", completou.

Leia também:
Gilmar comemora evolução clínica após lesão no joelho
Adversário do Náutico no pré-Nordestão inicia treinos

Pelas "dicas" do jogador, é possível indicar que o clube do Sul citado é um dos três da região que vão disputar a Série C (Joinville/SC, Operário/PR ou Ypiranga/RS). De São Paulo, são quatro times que estarão na Série B 2018: Ponte Preta, Guarani, Oeste e São Bento. Procurado pela reportagem da Folha de Pernambuco, Cassiano Mendes, que cuida da carreira do atleta, indicou apenas que não houve novidades envolvendo o futuro do defensor. Nesta temporada, Ávila disputou 20 jogos com a camisa alvirrubra.

Divergência

Antes de ter sua carreira gerida por Cassiano, Henrique Ávila era empresariado por Rian Marques. A relação entre agente e atleta acabou por conta de uma divergência envolvendo justamente a vinda do lateral-esquerdo ao Náutico. De acordo com Marques, Ávila havia fechado com outro clube antes de assinar com o Timbu.

"Eu apresentei uma proposta de um time europeu e ele assinou o pré-contrato, mas disse que não viajaria após receber convite do Náutico. Entendo que, em termos de vitrine, o clube traz uma visibilidade ainda maior que essa equipe da Europa. Não tenho nada contra o Náutico ou Henrique, mas ele deu sua palavra e assinou um documento. Estou aguardando apenas que ele me pague o valor pelo distrato", apontou.

Em resposta, Ávila indicou apenas que seu atual empresário está cuidando do assunto. "Realmente tive um convite, mas preferi o Náutico. Nunca o conheci pessoalmente, mas sei que ele (Rian) ficou chateado. Cassiano já está cuidando desse assunto e falta apenas pagar o valor de uma parcela para terminar isso", apontou.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: