Ortigoza e Robinho comemoram um dos gols marcados pelo Náutico
Ortigoza e Robinho comemoram um dos gols marcados pelo NáuticoFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

É natural que os olhares dos adversários do Náutico se voltem ao atacante Ortigoza. Artilheiro do time na temporada, com nove gols, sendo três deles na Série C, o jogador de 31 anos vive a fase mais goleadora da carreira. Um protagonista, mas não solista. Principalmente nos últimos dois jogos. Foi um garoto de 19 anos que chamou atenção tanto na derrota por 4x2 para o Confiança como também no triunfo por 3x0 diante do Salgueiro - ambos na Arena de Pernambuco, pelo Grupo A. Com três gols na competição e participação em outros dois, Robinho é um dos coadjuvantes essenciais na tentativa de evolução do Timbu no Nacional.

“Minha relação com Ortigoza é muito boa. Ele é um cara experiente, me alerta direto para ter calma na hora do passe. As dicas que ele me passa estão funcionando nos jogos. Essa parceria pode dar muitas alegrias ao Náutico”, afirmou Robinho, sem esconder a surpresa com o bom momento vivido no clube. “Não esperava ter essa sequência. Não fiz uma boa Copinha, mas Roberto Fernandes me deu uma chance e consegui uma vaga de titular. No começo eu estava mais tímido, mas agora estou pegando confiança e vou trabalhar forte para fazer os gols e ajudar a equipe”, completou.

Titular no time campeão do Pernambucano, Robinho foi o único atleta de linha formado na base alvirrubra que conseguiu permanecer entre os titulares - Kevyn foi preterido por Tiago Costa. Desde o ano passado, o nome do atleta era comentado como uma das novas promessas do Timbu. Um dos que apostou no potencial do garoto foi Dudu Capixaba, seu técnico do sub-20 e, ao menos por enquanto, comandante do profissional.

“Ele me ligou quando eu estava jogando na base do Santa Cruz. Gostei da proposta e conversei com meus empresários para acertar com o Náutico”, frisou, indicando em qual ex-joia alvirrubra ele se espelha para seguir em progressão na carreira.

Leia também:
Dudu pode ser quarto interino a ser efetivado nos últimos 20 anos
Náutico pode ter retorno de três titulares contra Juazeirense

“Eu me inspiro muito no Erick. Ele fez um excelente campeonato aqui e espero fazer o mesmo para receber uma boa proposta e ajudar o clube financeiramente”, revelou. O ex-camisa 33 do Náutico foi vendido em agosto do ano passado por R$ 2,8 milhões para o Braga/POR.

Copa do Nordeste

Presente na Copa do Nordeste de 2019, o Náutico receberá R$ 1,42 milhões para disputar o Regional. Caso avance até a final, o Timbu pode faturar mais de R$ 3,5 milhões. A próxima edição do torneio terá, além do Alvirrubro, outros dois representantes pernambucanos: Salgueiro e o Santa Cruz. Haverá novidade também na fórmula de disputa. Serão dois grupos de oito clubes cada e não quatro chaves com quatro equipes, modelo usado neste ano.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: