Luiz Henrique foi formado nas categorias de base do Náutico
Luiz Henrique foi formado nas categorias de base do NáuticoFoto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

O Náutico não conseguiu o principal objetivo de 2018 - o acesso à Série B. No entanto, o clube pode se orgulhar de um feito digno de nota, principalmente se comparado ao passado recente. Para o próximo ano, o Timbu já tem um time quase pronto. Exceção feita à lateral-direita, existe mais de um jogador por posição no elenco alvirrubro. Entretanto, há um setor que já foi problemático na atual temporada e que parece ser o primeiro calo a ser resolvido pela diretoria. Apesar de contar com mais de 20 atletas, não há um meia armador confiável à disposição do técnico Márcio Goiano.

Por incrível que pareça, não foi por falta de tentativa. Afinal, do final de 2017 para cá, a agremiação contratou um bom número de meias. O problema é que poucos convenceram. Passaram pelo Timbu especialistas do setor, a exemplo de Medina, Clebinho, Júnior Lemos, Lelê e Júnior Timbó. Alguns deles, na melhor das hipóteses, tiveram bons momentos, mas não passaram de lampejos e não convenceram. Wallace Pernambucano foi o que se deu melhor. O experiente jogador, de 31 anos, foi um dos artilheiros do time no ano, com 11 gols. Contudo, se deu melhor atuando no ataque do que na armação.

Leia também:
Náutico lidera bloco por mudanças na Série C
Náutico defende distribuição de cotas da Copa do Nordeste
Preteridos buscam segunda chance no Náutico em 2019
Com acordo em curso, Camutanga é prioridade no Náutico
Departamento de futebol do Náutico vai recarregar as turbinas

Outro atleta que poderia ter vaga neste setor em 2019 é o prata da casa Luiz Henrique, uma das surpresas do Náutico na temporada. Entretanto, sua permanência não é garantida. O jogador foi contratado por empréstimo pelo Bahia e pode acertar em definitivo com o Tricolor de Aço. Assim, o Timbu trabalha para compensar essa carência. No mês passado, o técnico Márcio Goiano e o gerente de futebol, Italo Rodrigues, viajaram para o Paraguai, com o intuito de buscar possíveis reforços. No entanto, contratações só devem ser anunciadas no próximo mês, pois o departamento de futebol alvirrubro entrou em recesso em outubro.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: