Lances de CRB x Náutico
Lances de CRB x NáuticoFoto: Léo Lemos/Náutico

No duelo dos alvirrubros nordestinos, os pernambucanos levaram a melhor. O Náutico derrotou o CRB por 2x1, no Rei Pelé, nesta quinta (14), pela Copa do Nordeste. O resultado colocou o Timbu, invicto há 12 jogos, no G4 do Grupo B, em quarto lugar, com 11 pontos. A equipe agora volta suas atenções para a rodada final do Campeonato Pernambucano, domingo (17), contra o Santa Cruz, nos Aflitos, no Clássico das Emoções que vale a liderança do turno.

Dois erros parecidos, dois desfechos distintos. Tanto CRB como Náutico começaram o jogo pressionando a saída de bola. Primeiro, Sueliton deu um passe no pé de Hugo. Falha que não foi aproveitada pelo atacante. No lado mandante, Claudinei dominou mal após um toque na fogueira de Mattis. Odilávio roubou a bola e saiu na cara do gol. Diferente do adversário, ele não desperdiçou. Batida consciente para fazer 1x0 no Rei Pelé.

O gol precoce poderia ter sido o primeiro de muitos na metade inicial. Não foram poucas as chances de contra-ataque do Náutico no jogo. O CRB abusava dos erros no meio-campo, mas faltou ao Timbu o capricho do passe final. Nos acréscimos, os alagoanos só não empataram porque Bruno salvou a finalização dentro da pequena área de Hugo.

Quem imaginava que o Náutico voltaria do intervalo apenas se defendendo para segurar a vantagem momentânea, se enganou. Bastaram dois minutos para o Timbu provar que a sede da vitória ainda não estava saciada. Jiménez bateu colocado de fora da área, a bola quicou no gramado e Edson não conseguiu evitar o segundo gol. Jogo resolvido? Nada disso. Danilo Balla chutou forte, Bruno deu rebote e Felipe Menezes balançou as redes, reacendendo as esperanças do CRB.

Os minutos finais foram de pressão do Galo da Pajuçara. Polaco e Danillo tiveram duas ótimas chances de marcar, mas a pontaria não estava calibrada. Mesmo com o sufoco, o Timbu segurou o resultado e venceu a terceira no Nordestão.

Ficha técnica

CRB 1
Edson Mardden; Júnior (Polaco), Guilherme Mattis, Edson e Igor; Claudinei, Ferrugem, Felipe Menezes e Danilinho (Mailson); William Barbio e Hugo (Danilo). Técnico: Roberto Fernandes

Náutico 2
Bruno; Hereda, Sueliton, Camutanga e Josa; Jiménez, Luiz Henrique e Danilo Pires (Fábio Matos); Robinho, Thiago (Assis) e Odilávio (Jorge Henrique). Técnico: Márcio Goiano

Local: Rei Pelé (Maceió/AL)
Árbitro: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN). Assistentes: Lorival Candido das Flores e Francisco de Assis da Hora (ambos do RN)
Gols: Odilávio (aos 6 do 1°T) e Jimenez (aos 2 do 2°T)
Cartões amarelos: Camutanga, Jimenez (N); Igor, Hugo, Guilherme, Claudinei, Edson (C )

veja também

comentários

comece o dia bem informado: