Lances de Santa Cruz x Central
Lances de Santa Cruz x CentralFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Foi suado, mas o Santa Cruz bateu o Central por 1x0, nesta quinta-feira (14), e assumiu a terceira colocação do Campeonato Pernambucano, com 16 pontos, roubando o posto da própria Patativa, que tem os mesmos 16 pontos, mas perde no quesito gols marcados e agora ocupa a quarta colocação. A vitória coral também fixou o Sport como novo líder do Estadual, com 18 pontos. Na última rodada, Central e Sport duelam no Lacerdão, enquanto Náutico e Santa Cruz se enfrentam no Aflitos, com esses dois duelos podendo definir a ordem dos quatro primeiros classificados para as quartas de final, com o Salgueiro correndo por fora, na quinta colocação, com 13 pontos.

Apesar de toda a importância da partida para os dois lados, dentro de campo o primeiro tempo decepcionou. Com cinco desfalques, entre eles o artilheiro Pipico, suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE), o Tricolor perdeu muito em força ofensiva. Nos 45 minutos iniciais, nenhuma chance clara foi criada. Com retrato fiel desta sonolência em campo, não foi registrada nenhuma defesa dos goleiros na etapa inicial. E a primeira finalização veio com 27 minutos de bola rolando, com Elias chutando por cima após bela jogada individual de Luiz Felipe. A resposta centralina veio instantaneamente, com Giovani Rosa mandando chute forte e a bola raspando o travessão. Como não poderia ser diferente, muitas vaias da torcida tricolor ao apito do árbitro.

No segundo tempo, as coisas começaram a andar com mais velocidade. Com mais postura ofensiva, o Santa Cruz passou a jogar mais próximo da área adversária. Logo aos quatro minutos, Dudu Gago tentou afastar a bola após cruzamento e acertou o travessão de Jéferson, quase marcando um gol contra.

E parecia mesmo que Jéferson estava cercado de inimigos. Aos 17 minutos, Cesinha cruzou rasteiro, Yuri tentou afastar e forçou o goleiro a fazer uma grande defesa, com a bola ainda tocando na trave. No rebote, Murilo Rangel fez falta na entrada da área. Na cobrança, aos 19 minutos, Allan Dias cobrou rasteiro, no meio da barreira, e acertou o canto esquerdo de Jéferson, abrindo o placar no Arruda.

Depois do gol, o Santa Cruz continuou em cima, buscando ampliar o marcador, mas a melhor chance veio por parte do Central. Aos 40 minutos, após cruzamento, a bola foi tocada para trás e Bruno Cantanhede furou na hora da finalização, desperdiçando a melhor oportunidade de empate. As vaias da torcida coral no primeiro tempo, transformaram-se em festa com a vitória ao término da partida.

Ficha técnica

Santa Cruz 1
Anderson; Cesinha, William, João Victor e Bruno Ré; Italo Henrique, Luiz Felipe e Allan Dias; Jô (Diego Lorenzi), Guilherme Queiroz (Neto Costa) e Elias (Patrick Vieira). Técnico: Leston Júnior

Central 0
Jefferson; Dudu Gago (Leanderson), Yuri, Bruno Oliveira e Daniel Nazaré; Eduardo Erê, Fernando Pires e Paulinho Mossoró (Bruno Cantanhede); Murilo Rangel, Giovani Rosa e Leandro Costa (Marlon). Técnico: Estevam Soares

Local: estádio do Arruda (Recife/PE). Arbitragem: Deborah Cecília. Assistentes: Francisco Chaves e Daniele Andrade. Gol: Allan Dias (aos 19 do 1ºT). Cartão amarelo: Luiz Felipe (Santa Cruz). Público: 2.415. Renda: R$ 18.335,00.

Lances de Santa Cruz x Central
Lances de Santa Cruz x CentralFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco
Lances de Santa Cruz x Central
Lances de Santa Cruz x CentralFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco
Lances de Santa Cruz x Central
Lances de Santa Cruz x CentralFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: