Segundo Rithely, Sport vai para  o “abafa” nos  primeiros  15 minutos em busca do gol
Segundo Rithely, Sport vai para o “abafa” nos primeiros 15 minutos em busca do golFoto: Anderson Stevens/arquivo folha

Protagonista negativo nos lamentáveis episódios ocorridos na segunda e decisiva partida da semifinal da Copa do Nordeste, contra o Santa Cruz, o volante Rithely ganhou tempo para ser julgado pelo Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Com um recurso impetrado pelo Sport, o órgão entendeu que a suspensão de cinco jogos será reavaliada pela instância suprema e por isso o atleta está liberado para atuar até que isso aconteça.

Sendo assim o técnico Ney Franco ganha um reforço para o jogo deste domingo (21), contra o Cruzeiro, na Ilha do Retiro. Ainda não há data para que o Pleno julgue o rubro-negro.

Porém, isso não o libera para atuar na próxima quarta-feira, em Salvador, na grande decisão do Nordestão, contra o Bahia. Isso porque Rithely tomou o terceiro cartão amarelo contra o Santa Cruz, além de ser expulso direto. Isso faz com que ele cumpra dois jogos automaticamente. Por isso, ele continua vetado da decisão regional.

veja também

comentários

colabore com a folha

comece o dia bem informado: