Alberto Valentim conduziu Palmeiras à Libertadores
Alberto Valentim conduziu Palmeiras à LibertadoresFoto: Cesar Greco/Palmeiras

Nos bastidores da Praça da Bandeira, o nome de Alberto Valentim é um dos que lideram as bolsas de apostas para assumir o comando do Sport para 2018. Na última quarta-feira (06), o Palmeiras anunciou a saída do profissional, aumentando ainda mais os rumores de uma vinda para o Leão. Porém, em conversa exclusiva com a Folha de Pernambuco, Valentim negou que tenha havido qualquer contato, apesar de rasgar elogios ao clube pernambucano. 

“Eu soube que a Imprensa daí de Recife vem falando, mas não houve qualquer contato ou até mesmo sondagem. Com certeza é uma grande vontade minha treinar o Sport, por toda sua organização e profissionalismo. Seria com uma grande honra que eu receberia um convite e adoraria trabalhar”, falou em entrevista por telefone.

Leia também
Dubeux renuncia ao cargo de vice de futebol do Sport 
STF nega recurso do Fla e confirma Sport campeão de 1987
O que 2017 deixou de lição para o Sport
Sport ganha prêmio por atitude com Abel Braga
Sport é o melhor nordestino colocado em ranking da CBF
Sport bate Corinthians e garante permanência na Série A

Aos 42 anos, o ex-auxiliar técnico informou que a partir de agora é treinador, e que não pretende retornar à antiga função. No Palmeiras, foi o grande quebra-galho dessa temporada. Comandou o time nos nove jogos finais do Campeonato Brasileiro, após a demissão de Cuca. Na 35ª rodada, o Verdão goleou o Sport por 5x1, em São Paulo, e no final da partida Valentim procurou Daniel Paulista para breves palavras. “Eu disse ao Daniel que o Sport não podia cair. Um clube com a torcida e a organização que tem merece ficar na Série A. Inclusive, conversei com ele sobre a estrutura e ele fez vários elogios. Falei que ia ficar na torcida para evitar o rebaixamento , apesar de ter vencido aquele jogo”, comentou.

Questionado sobre o atual elenco do Sport, o técnico afirmou conhecer boa parte dos jogadores, fazendo novos elogios. “É um grupo bom, que inclusive causou estranheza por parte de nós aqui do Sudeste por chegar ao final do Brasileirão lutando para não cair. Mas, sem dúvida gostaria muito de ter trabalhar num clube como o Sport”, finalizou. 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: