Juninho, atacante do Sport
Juninho, atacante do SportFoto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

De promessa a problema. Na sua ainda curta carreira, essa é a trajetória do atacante Juninho. Com apenas dois anos nos profissionais do Sport, o atleta coleciona polêmicas e desta vez acabou irritando até o sempre calmo Nelsinho Baptista. A gota d’água aconteceu antes da viagem para o Amapá/AP, pela Primeira Fase da Copa do Brasil. Com a ausência de última hora de André, Juninho foi chamado para se juntar à delegação rubro-negra, mas simplesmente se recusou. A atitude fez o comandante leonino afastar o atleta do elenco por tempo indeterminado. A diretoria do clube busca um clube para conseguir emprestar o atleta.

Em entrevista coletiva, Nelsinho relatou o caso. “Houve o pedido de André de não viajar e nós convocamos Juninho. Ele falou que não ia e não foi”, relatou o treinador, que ainda tomou conhecimento que essa não é a primeira vez que o prata-da-casa toma esse tipo de atitude. "Eu fiquei sabendo que não foi a primeira vez. Também contra o Salgueiro, quando o Sport foi disputar o título pernambucano do ano passado, ele também se negou a ir. Um jogador desse não pode ficar no Sport. O Sport é maior que todos nós. Ele tem que respeitar a instituição. Por isso que ele está fora hoje do clube", frisou Nelsinho.

Por último, Nelsinho revelou que esse não foi o primeiro problema de Juninho neste período que assumiu o Sport, cerca de dois meses. “O jogador se reapresentou com cinco quilos acima do peso. Tivemos o maior cuidado de conversar, chamamos porque eu estava muito preocupado. Ele tem qualidades técnicas, mas não tem cabeça. Os que chegaram acima do peso perderam. Ele, pelo contrário, acabou ganhando. Por isso, ele não estava indo para a relação”, finalizou o técnico leonino.

Em outubro do ano passado, Juninho foi acusado por uma ex-namorada e ficou detido por 12 horas, sendo autuado por injúria, ameaça de morte e agressão. Deixou a Delegacia da Mulher após pagar fiança de R$ 10 mil. Ele responde as acusações da ex-namorada em liberdade. Mesmo assim, foi escalado por Vanderlei Luxemburgo como titular contra o Atlético/MG, dias depois do episódio.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: