Milton Mendes, técnico do Sport
Milton Mendes, técnico do SportFoto: Kleyvison Santos/Folha de Pernambuco

Os números jogam contra, mas eles não entram em campo. Para continuar sonhando em permanecer na elite do futebol nacional, o Sport vai precisar jogar fora a calculadora e se concentrar apenas em campo. A vitória dramática contra o Internacional, na última sexta-feira, não mexeu muito na tábua de classificação do Brasileirão 2018, mas despertou a esperança na Praça da Bandeira, que há muito agonizava. E se tem horas que tudo parece dar errado, o futebol tem a magia de conseguir virar a maré de uma hora para a outra.

Além de conseguir resgatar parte dessa confiança nos torcedores e de também ganhar uma dose de tranquilidade para trabalhar essa semana visando o duelo diante do Atlético/PR, neste domingo (14), o treinador Milton Mendes poderá contar com o reforço de até oito peças para o duelo em Curitiba, sendo: Cláudio Winck, Ernando, Durval, Léo Ortiz, Andrigo, Morato, Rogério e Hernane Brocador.

Leia também:
Hernane Brocador surpreende e pode reforçar o Sport
Antes escanteado, Adryelson comemora papel de herói no Sport
Desempenho ofensivo do Sport explica situação

A principal delas pode ser a volta antes do previsto de Hernane Brocador. Após uma luxação no ombro direito sofrida diante do Corinthians, no dia 16 de setembro, o atacante tinha a previsão de ficar de 30 a 45 dias de molho e só retornaria no final desse mês. Porém, ele participou das atividades ontem, no Centro de Treinamento José Médicis, em Paratibe, e tem grande chance de atuar diante do Furacão. "Hernane cumpriu todos os protocolos e foi reintegrado ao elenco para que possa recuperar de forma gradativa a confiança e aprimorar a parte física. Vamos avalia-lo diariamente, em conjunto com a comissão técnica, para definirmos se ele estará ou não à disposição para o duelo em Curitiba", comentou Rodrigo Pérez, médico do Sport, em entrevista ao site oficial do clube. 

Além do Brocador, quatro atletas não atuaram diante do Internacional por questão contratual e estão liberados para encarar o Internacional, sendo eles: Cláudio Winck, Ernando, Léo Ortiz e Andrigo. Já o meia Morato e o atacante Rogério ainda são dúvida para o duelo. O primeiro está em recuperação de dores no joelho direito. Já Rogério ainda sofre com uma infecção num corte no pé, mas vem reagindo bem ao tratamento com antibióticos e está em processo de cicatrização. Porém, ambos serão avaliados ainda para saber se serão liberados para atuar diante do Atlético/PR, assim como o Brocador.

Por último, o zagueiro Durval retorna após cumprir suspensão na vitória contra o Internacional, mas deve perder a condição de titular para Adryelson, destaque diante do Colorado. Como nem tudo são flores, o lateral-esquerdo Sander e o volante Jair tomaram o terceiro cartão amarelo contra os gaúchos e estão fora do duelo em Curitiba.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: