Folha Educa

Aplicativo auxilia estudantes recém chegados na universidade
Aplicativo auxilia estudantes recém chegados na universidadeFoto: Divulgação

O ambiente universitário é bem diferente da vida escolar e, para auxiliar os jovens estudantes a ingressarem nessa nova fase, uma startup focada em aprendizagem móvel lançou o aplicativo “Minha Facul”. Os recém-universitários vão encontrar na plataforma digital gratuita os seguintes conteúdos: “Como ler e escrever”, “Como ouvir e falar bem”, “Administrar o seu Tempo e se relacionar”, além de disponibilizar um guia sobre a reforma ortográfica. O serviço pode ser acessado através do perfil do estudante no Facebook ou baixar pelo Android e IOS.

Leia também:
Inscrição para o Enem termina nesta sexta-feira
Profissionais da educação de Jaboatão entram em greve na segunda


“Queremos ajudar estes jovens a aflorarem suas ideias através de conteúdos dinâmicos, práticos e fáceis de serem utilizados. Eles serão instruídos desde o início da faculdade, não apenas sobre as disciplinas convencionais de cada curso, como também com conteúdos que vão ajudá-los no desenvolvimento pessoal, por exemplo: como se relacionar bem, administrar o seu tempo”, ressalta Ricardo Drummond, CEO da mLearn, startup responsável pelo aplicativo.

A ideia para o app nasceu, segundo a empresa, a partir da constatação de que adaptação ao novo ritmo de estudo pode não ser tão simples como parece, com matérias mais complexas, para ajudar os estudantes a não ficarem desestimulados. “Atualmente 97% dos estudantes possuem um smartphone, o que comprova que o modelo de aprendizagem mobile deve transformar o mundo da educação. Sendo assim, criamos um aplicativo para que esse público tenha acesso a ferramentas, dicas, multiplataformas de linguagens e uma série de suportes”, afirmou Rafael Ávila, diretor e professor do Grupo Ânima Educação.

Sobre a mLearn
Criada em 2013, a mLearn é uma startup focada em aprendizagem móvel que possibilita para instituições educacionais e empresas a entrega de programas educacionais via smartphones, usando gamification e ferramentas de aprendizagem social. Em 2014, a empresa teve o seu plano de negócios destacado pelo programa de Inovação e Empreendedorismo da Universidade de Standford, na Califórnia. A startup já capacitou mais de cinco milhões de pessoas com cursos rápidos no país e conta com um sistema de distribuição de cursos prontos direcionados para áreas diversas.

comentários