Temer vampiro aparece sem faixa presidencial
Temer vampiro aparece sem faixa presidencialFoto: divulgação

RIO DE JANEIRO - Os protestos políticos que marcaram o Carnaval de 2018 voltaram à Sapucaí na noite deste sábado (17), no desfile das escolas campeãs. No entanto, uma ausência chamou a atenção: no desfile da Paraíso do Tuiuti, vice-campeã, o destaque que representava o presidente Michel Temer (MDB) como vampiro desfilou sem a faixa presidencial na fantasia.

A escola foi a grande surpresa deste Carnaval com um enredo que questionava até que ponto a escravidão foi, de fato, extinta. Trazia referências à reforma trabalhista do governo Temer e a manifestantes pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Segundo o diretor da Paraíso do Tuiuti, Thiago Monteiro, a retirada da faixa foi uma decisão da diretoria da escola e não teve pressão da Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro). A decisão, disse ele, foi tomada com o argumento de que o adereço personaliza a crítica e que não caberia em um evento comemorativo.

O homem que representou Temer disse, ao fim do desfile, que havia perdido a faixa. Logo que desceu do carro alegórico, teve fantasia e maquiagem retirados às pressas e foi escoltado por membros da escola para fora da avenida.

Segundo a assessoria do Palácio do Planalto, "não houve qualquer interferência da Presidência da República ou mesmo qualquer contato com escolas de samba".

Leia também
Protestos contra o governo marcam desfile da escola de samba Paraíso da Tuiuti
Incêndio atinge galpão da escola de samba em São Paulo
Protestos são destaque no desfile das escolas de samba campeãs no Rio

veja também

comentários

comece o dia bem informado: