Trabalhadores tentam remover a água que atingiu um centro de distribuição de alimentos
Trabalhadores tentam remover a água que atingiu um centro de distribuição de alimentosFoto: Narinder Nanu / AFP

Um ciclone com ventos de até 165 km/h atingiu nesta quinta-feira a costa leste da Índia, onde 300.000 pessoas abandonaram suas casas de modo preventivo e dois homens morreram.

O fenômeno Titli, classificado como "tempestade ciclônica muito severa", entrou em terra firme às 4H30 locais, de acordo com a agência de notícias indiana PTI. Os ventos, acompanhados de chuvas torrenciais, arrancaram árvores e derrubaram postes de energia elétrica.

Leia também:
Passageiros sangram em avião na Índia por causa de pressurização
Furacão Michael se forma no Golfo do México e ameaça a Flórida


O governo do estado de Odisha determinou que 300.000 pessoas abandonassem suas casas em cinco distritos na quarta-feira. As escolas permaneceram fechadas e as autoridades recomendaram aos pescadores que não entrassem no mar. A imprensa informou que dois homens morreram no estado vizinho de Andhra Pradesh.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: