Saúde e Bem-Estar

Rafael Coelho

ver colunas anteriores
Rafael Coelho, e-mail: contato@rafaelcoelho.med.br | Instagram: @drrafaelcoelho | Facebook: /rafaelcoelho
Rafael Coelho, e-mail: contato@rafaelcoelho.med.br | Instagram: @drrafaelcoelho | Facebook: /rafaelcoelhoFoto: Folha de Pernambuco

Olá leitores e internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-Estar

Muitas pessoas sofrem de ansiedade, estresse, dificuldades com o sono e compulsão alimentar. Então procuramos uma resposta para isso e, na maioria das vezes a alternativa de alguns profissionais é simplesmente olhar para a queixa pontualmente. Mas será que existem formas mais integrativas de se avaliar isto?

O intestino é um órgão multiespecializado e as suas funções vão desde a digestão e absorção de alimentos ao controle da imunidade, controle do colesterol no sangue, equilíbrio do açúcar e saúde mental. Estatisticamente, um grupo de indivíduos que sofre de problemas relacionados a este órgão são as mulheres. Isso ocorre por fatores hormonais, alimentares, baixa hidratação e sedentarismo.

Muitas vezes consideramos que temos uma boa saúde intestinal porque vamos todos os dias ao banheiro, o que seria muito limitado sabendo que este órgão vai além disso. Devemos lembrar que lá são produzidos hormônios relacionados ao bem-estar, estresse, sono e concentração. Temos, por exemplo, a Serotonina (alegria), Melatonina (sono) e Dopamina (concentração).

Logo, com frequência a mulher está estressada, com baixa qualidade no sono e irritada e isso certamente sugere comprometimento da saúde intestinal. Outros sinais e sintomas são o ganho de peso, espinhas na pele, rinite alérgica, gases excessivos, candidíase e infecção urinária de repetição.

Barriga inchada


Um dos principais tipos de bactérias da microbiota intestinal é o L. Acidophilus também está presente na flora vaginal da mulher e, por isso, uma queda nesta quantidade de bactérias pode levar a candidíase crônica. Algo que desregula bastante a saúde intestinal é o uso de antibióticos. 

Alimentos contaminados com metais pesados, pouca fibra, pouca ingesta hídrica também contribuem. Para uma boa saúde do seu intestino é necessário o uso de probióticos (bactérias do bem) e prebióticos (as fibras). Baseado em evidências, a suplementação com eles pode melhorar casos de infecção urinária de repetição, hipercolesterolemia, prevenir o ganho de peso e diminuir casos de ansiedade. Oriento também ingesta de água adequada, dieta pobre em açúcares refinados e exercício físico.

Essa foi a dica da semana. Busque a sua melhor versão. Siga-me nas redes sociais e fique sempre atualizado com informações sobre saúde e bem-estar. Obrigado e até o próximo encontro.

PÍLULAS

Pós-graduação em Bodybuilding Coach

Estão abertas as inscrições para o programa de pós-graduação em nível de especialização em Bodybuilding Coach. Dentre os assuntos relacionados: nutrientes, sistemas hormonais, suplementação, biomecânica, liderança coach. A pós-graduação é inédita em Pernambuco. Outras informações pelo site: www.bbsfs.com.br

Campeonato de Fisiculturismo no Recife

Acontecerá no dia 17 de março de 2018, às 17h, no Pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco, o 2º Campeonato de Fisiculturismo e Fitness de Pernambuco, uma promoção da IFBB/PE. Presença VIP confirmada do treinador Ricardo Pannain. Stands de grandes empresas do ramo de suplementação e performance em saúde estarão instaladas no local. O evento tem apoio do Governo do Estado e Empetur. Informações com o presidente da Federação, Roger Costa pelo telefone: 81 98153.5353

DOSE DE SAÚDE

 

Gustavo Vila Nova é Consultor e Coach

Gustavo Vila Nova é Consultor e Coach - Crédito: Cortesia



"Minha dose diária de saúde é buscar sempre serenidade e centralidade. Faço isso escutando boas músicas, que nem sempre são as músicas da moda, são músicas clássicas, MPB, sons Binaurais. Músicas que me fazem sair do contexto eufórico do dia a dia. Busco uma boa alimentação com menos alimentos processados e mais saladas, frutas, ou seja, alimentos mais naturais possíveis, que são alimentos que por si só preciso de tranquilidade pra comer, quem consegue comer uma salada tão rápido quanto um hambúrguer, não é?  Organizo minha agenda para fazer exercícios regulares, seja em casa, seja na Praça, seja em academia e vou a bailes de dança de salão nos finais de semana. E pra finalizar pratico regularmente meditação guiada e uma boa leitura, nada melhor do que conversar com alguém interessante. Meu segredo são esses dois passos: alimentar sempre a mente e o corpo com excelência." 

Gustavo Vila Nova é Consultor e Coach

O BEM FAZ BEM
O Núcleo de Apoio à Criança com Câncer (NACC) mantém uma loja virtual para venda de produtos relacionamentos à marca da instituição. Os itens podem ser encontrados no: www.nacc.org.br

BULA
Idoso pode fazer cirurgia plástica?
Segundo o cirurgião plástico Paulo Hypacio, a cirurgia plástica pode ser uma maneira de resgatar a autoestima das pessoas na melhor idade e ajudá-las a ter uma vida melhor. Uma reportagem publicada no jornal norte americano The New York Times apontou que o número de pessoas acima de 65 anos que realizaram cirurgias plásticas aumentou. E de acordo com Hypacio, não tem problema. Independente da idade, os exames solicitados são os mesmos. Se o paciente idoso está apto a realizar o procedimento, a idade não é um impedimento. Paulo Hypacio é cirurgião-plástico.


Paulo Hypacio é cirurgião-plástico

Paulo Hypacio é cirurgião-plástico - Foto: Cortesia



*Rafael Coelho (CRM: 23943/PE) é médico pós-graduado em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) e atualização em Prática Ortomolecular. Atende em consultório particular na Clínica de Estética Contornare, no Recife. Atua nas seguintes áreas: Performance Esportiva, Distúrbios Metabólicos, Emagrecimento, Hipertrofia, Longevidade, Bioimpedância. É Diretor da Comissão de Saúde e Performance da Federação Estadual de Fisiculturismo (IFBB-PE).

Sugestões de Pautas:
Contato: Jademilson Silva – Jornalista - DRT: 3468
Email: contato@jademilsonsilva.com

* A Folha de Pernambuco não se responsabiliza pelo conteúdo das colunas.

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: