A vacina é oferecida em Pernambuco para crianças de 15 meses a 4 anos
A vacina é oferecida em Pernambuco para crianças de 15 meses a 4 anosFoto: Miva Filho

Começando a ser aplicada em crianças de 15 meses a 4 anos, a vacina contra hepatite foi implantada no Sistema Único de Saúde (SUS) em 2014 e hoje é responsável pela queda de 95,9% dos casos desde o inicio do programa de imunização. Os adoecimentos, que no ano de 2014 contabilizavam 474 casos no público de todas as faixas etárias, em 2018 atingiu 19 pessoas, apresentando uma redução de 95,9% em Pernambuco.

De acordo com Ana Catarina de Melo, coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES), “A diminuição dos casos de hepatite A é uma prova irrefutável da importância da vacinação na primeira infância. Quanto mais crianças vacinadas, menores as chances de adoecimento em toda a sociedade. O imunizante é gratuito, seguro e está disponível nos postos de saúde com sala de vacina”.

Leia também:
Subsistema de Saúde indígena pode ser municipalizado
Cidades pernambucanas investem menos em saúde
Lei institui Julho Amarelo como mês de combate a hepatites virais


Pernambuco, que apresenta o estoque regular da vacina, não registra, desde 2017, casos entre as crianças beneficiadas pelo imunizante, além de uma redução drástica na faixa etária entre 5 e 14 anos, que englobava a maioria das ocorrências. 

Em 2017, 81% das crianças foram vacinadas contra a hepatite A, no entanto, a meta é beneficiar, no mínimo, 95% do público nessa faixa etária. Dados preliminares de 2018 apontam 79% de meninos e meninas imunizados.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: