Edifício Holiday
Edifício HolidayFoto: Arthur Mota/Folha de PE

 

A Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Participação Cidadã da Alepe, presidida pelo mandato coletivo das Juntas (PSOL), convocou para a manhã desta terça (19), Às 10h, auditório Sérgio Guerra, uma audiência pública para tratar sobre a situação dos moradores do Edifício Holiday, em Boa Viagem, alvo de uma recente interdição por conmta das condições precárias das instalações do prédio.

 

A audiência pública tem o objetivo de discutir a situação do Holiday e buscar uma solução conjunta de apoio e segurança para as 3 mil moradores atingidos. Além dos representantes de moradoras e moradores, foram convidados o secretário executivo de Defesa Civil do Recife, o Coronel Cássio Sinomar; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco Coronel Manoel Francisco de Oliveira; o Procurador-Geral de Justiça de Pernambuco Francisco Dirceu Barros; o secretário de Mobilidade e Controle Urbano do Recife João Braga; o secretário de Justiça e Direitos Humanos Pedro Eurico, o presidente da OAB/PE Bruno Baptista, o Presidente da Celpe Antônio Carlos Sanches e o presidente do Conselho Regional de Arquitetura e Urbanismo (Crea/PE), Evandro de Alencar Carvalho.



Plenário

A deputada Teresa Leitão (PT) repercutiu nesta segunda-feira (18) a presença do arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, na Capela do Edifício Holiday, no bairro de Boa Viagem, neste domingo (17). Os mais de dois mil moradores do prédio estão sendo obrigados judicialmente a desocupá-lo.

 

No fim de semana, a Arquidiocese pediu por uma solução que respeite os direitos das pessoas e comunicou a diversos órgãos públicos seu desejo de participar do processo de negociação com as autoridades. “Parabenizo a Arquidiocese por se integrar a essa causa, atuando em defesa de uma saída humanitária, negociada, e que respeite a vida e os direitos de todos os moradores e moradoras”, afirmou a parlamentar.

“A preocupação é mais que legítima. É uma situação dolorosa, que merece atenção, ainda mais em tempos de quaresma, de solidariedade e de reflexão sobre o outro”, concluiu a parlamentar.

juntas

O prefeito de Sertânia Ângelo Ferreira recebeu, nesta segunda-feira (18), a visita do deputado estadual Diogo Moraes.
O prefeito de Sertânia Ângelo Ferreira recebeu, nesta segunda-feira (18), a visita do deputado estadual Diogo Moraes.Foto: Divulgação

O prefeito de Sertânia Ângelo Ferreira (PSDB)  recebeu, nesta segunda-feira (18), a visita do deputado estadual Diogo Moraes (PSB). O gestor reuniu os secretários municipais e alguns vereadores para apresentar as demandas ao parlamentar. Segundo o gestor, a principal necessidade é a construção de um distrito industrial.

O deputado comentou que já existe uma esforço para que essa iniciativa seja concretizada. A Prefeitura de Sertânia ficará responsável pela demarcação da área para implantação do polo industrial. Sertânia é vista como um município com potencial para esse fim por conta da segurança hídrica que oferece.

De acordo com o parlamentar, algumas empresas já manifestaram interesse para atuarem na cidade e já foram iniciadas conversas com o governador Paulo Câmara (PSB) para que o governo estadual possa oferecer incentivos fiscais a essas instituições. Além disso, depois da criação do distrito industrial a ideia é oferecer capacitação a população local para que os sertanienses sejam os primeiros beneficiados no que diz respeito a geração de emprego.

Leia também:
FBC e Fernando Filho visitam fábrica de poliéster no Complexo de Suape
Pernambuco e Hungria trocam experiência em seminário
[Giro de Notícias] Confira as manchetes desta segunda


O prefeito Ângelo Ferreira também manifestou o interesse em aprofundar parcerias para melhorar a malha viária de Sertânia. O intuito é renovar todo o asfalto da cidade e recuperar as estradas estaduais que cortam o município, como a PE 265 e 275. Essa demanda também já foi apresentada ao governador Paulo Câmara. O deputado Diogo Moraes destinou uma emenda no valor de R$ 500 mil para esta finalidade.

Algumas reivindicações pontuais também foram expostas, como a necessidade de um mutirão de cirurgias de catarata para diminuir a fila de espera do município e um mutirão para tirar documentos, como RG e carteira de trabalho. Foi solicitada também a construção de cisternas, poços e pequenas barragens para oferecer a população rural um convívio ameno com a seca.

Visita - Após a reunião no gabinete, o prefeito Ângelo Ferreira visitou junto com o deputado estadual Diogo Moraes algumas obras que estão sendo realizadas no município, como a construção da UBSF de Ferro Novo, que em breve estará servindo a população daquela comunidade. O parlamentar conferiu ainda a reforma que foi realizada na Escola Municipal Presidente Vargas e a conclusão do calçamento da Rua Olegário Rufino.

Estiveram presentes na reunião todos os secretários municipais, além do chefe de gabinete Paulo Henrique, o vice-prefeito Toinho Almeida e os vereadores Rocha, Washington Passos, professor Ivan e Mundico.

sertânia

Vereador João da Costa (PT) representará a Câmara Municipal em comissão
Vereador João da Costa (PT) representará a Câmara Municipal em comissãoFoto: Divulgação

Representando a Câmara do Recife, o vereador João da Costa (PT) foi indicado para integrar comissão especial envolvendo integrantes do Poder Público e da sociedade civil para solucionar os problemas do Edifício Holiday. O grupo foi formado nesta segunda-feira (18), a pedido do arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, em reunião na Cúria Metropolitana. Além do petista, também estão no grupo advogados, engenheiros, representantes da Prefeitura do Recife e do Governo do Estado e outros nomes. O colegiado vai ter o primeiro encontro nesta terça-feira (19), às 8h, na Arquidiocese de Olinda e Recife.

Para João da Costa, em meio às dificuldades vividas pelos moradores, é preciso preservar vidas e o Edifício Holiday, um marco histórico e arquitetônico do Recife. Uma decisão expedida na semana passada pelo juiz Luiz Gomes da Rocha Neto, da 7ª Vara da Fazenda Pública da Capital, determinou a interdição e desocupação do prédio, devido a riscos estruturais. Os moradores têm até esta quarta-feira (20) para deixarem os imóveis.

Leia também:
Comissão de Direitos Humanos convoca audiência sobre o Holiday
Graça Araújo é homenageada com criação de prêmio


“Amanhã vamos sentar e achar as soluções que garantam a permanência das famílias com segurança. Se há risco ao prédio também há um problema social ao se retirar essas famílias, pois muitas não têm para onde ir. É possível buscar soluções que garantam aos moradores ficarem com segurança. Para isso, será preciso algum tipo de investimento e nós vamos ajudar a buscar parcerias”, afirmou o vereador. Além de João da Costa, participaram do encontro hoje os vereadores Aerto Luna (sem partido) e Samuel Salazar (PRTB).

“É muito importante esse movimento articulado pela Igreja Católica porque junta a sociedade civil, o Legislativo - tanto a Câmara do Recife como a Assembleia Legislativa - e o Poder Executivo, através do Governo do Estado e da Prefeitura do Recife, para, junto com os moradores, encontrar uma solução definitiva”, completou o ex-prefeito do Recife.

Ação na Câmara - Integrante de uma comissão suprapartidária na Câmara do Recife para acompanhar a situação do Edifício Holiday, João da Costa informou que, paralelo às discussões de amanhã, a Casa de José Mariano também vai discutir iniciativas que possam evitar casos semelhantes em outros imóveis da cidade. “Como representantes legítimos da população, buscaremos iniciativas no âmbito do Legislativo municipal que possam ajudar o Holiday e evitar que casos como esse não se repitam em outros edifícios espalhados pela cidade”, concluiu o vereador.

Prefeita de Ipojuca, Célia Sales (PTB) recebeu 72 voluntariados internacionais
Prefeita de Ipojuca, Célia Sales (PTB) recebeu 72 voluntariados internacionaisFoto: Divulgação

Setenta e dois voluntários de quatro países foram recebidos, nesta segunda (18), pela prefeita de Ipojuca Célia Sales (PTB). Eles passarão uma semana construindo seis casas de 45m² para famílias carentes de Nossa Senhora do Ó. A ação é a 16ª edição do Programa Global de Voluntariado da Delta Airlines, a primeira realizada no Brasil, cujo município de Ipojuca foi escolhido para realizar o sonho da casa própria para seis famílias de baixa renda.

Para viabilizar o projeto, que é feito em parceria com a Gol Companhia Aérea e a ONG Habitat para Humanidade Brasil, a Prefeitura de Ipojuca doou o terreno, colocou à disposição um engenheiro para acompanhar a obra, deu o apoio de infraestrutura e passou a relação das famílias cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) para que fosse feita a seleção das que seriam contempladas.

“Talvez vocês não tenham noção da lição de vida que estão dando hoje para o Brasil, para Ipojuca. Uma lição de amor. Estou muito emocionada porque estou no governo a apenas dois anos e, como filha da terra, afirmo que Ipojuca nunca viveu um momento deste. Aos voluntários digo: estou à disposição para o que vocês precisarem. Vocês estão nos ajudando a realizar o sonho de seis famílias que merecem muito. E às famílias contempladas: nunca esqueçam que isto é obra de Deus na vida de vocês.”, discursou a prefeita Célia Sales que estava acompanhada do secretário de Habitação Arlindo Capitani.

O gerente de projetos sociais da Delta Airlines, Berry Mattheus, também comentou a alegria do Projeto Global de Voluntariado ter chegado ao Brasil. “É a nossa primeira edição aqui. A Delta tem, em sua política, o comprometimento de, nos países que realizam seus trabalhos, devolver à comunidade local ações sociais”, afirmou. Segundo ele, mais de 400 pessoas do mundo todo aplicaram formulários para se voluntariar nesta edição, mas o critério de escolha é sempre “o coração generoso para servir ao próximo”. Os voluntários desta ação em Ipojuca são diretores, CEO, pilotos, comissários de bordo e bancários, sendo eles 56 funcionários da Delta, 12 da Gol Companhia Aérea e 4 do Banco Santander, parceiro deste projeto no Brasil.

Para o espanhol, da cidade de Madrid, Hector Dancausse, de 56 anos, esta oportunidade de ser voluntário é mais do que ajudar ao próximo, é aprender a ser mais humano. “Não acredito que vou mudar a realidade do mundo, mas estou fazendo a minha parte e tenho certeza que a primeira vida modificada é a minha”, contou emocionado Hector. Já para Sloane Maria da Silva, que receberá a casa de número seis, o sonho da casa própria é mais do que conforto e economia por se livrar do aluguel, significa dignidade para ela e os dois filhos que possuem autismo. “Cada um aqui vive a sua luta. A minha além de cuidar dos meus filhos é desenvolver um trabalho na Associação dos Pais de Filhos Autistas. Só tenho a agradecer a prefeitura e os voluntários por nos ajudar com esta casa”, disse.

Jorge Walkim
Jorge WalkimFoto: Divulgação

Jorge Waquim, Filósofo pela universidade Paris Nanterre e Tradutor.

Todo governo é certamente ambíguo e muitas vezes confuso. No entanto, o governo Bolsonaro é sem dúvida difícil de entender além do que se pode considerar “normal”. Para começar, há uma pluralidade de vozes que de uma forma ou de outra possuem legitimidade para se expressarem, e estas o fazem de maneira frequentemente incompreensível: são contraditórias, frequentemente divergentes e confusas.
   
Há, por exemplo, toda a retórica contra comunismo, proferida amiúde pelo ocupante do Planalto e repetida por ele ontem à noite em jantar na casa do embaixador brasileiro em Washington, como se o comunismo tivesse tido uma existência no Brasil, como se fosse uma ideologia dominante nas cabeças de intelectuais e nos círculos acadêmicos e como seu governo fosse expurgar de vez todas as ideias com as quais ele e os componentes do seu governo não concordam.

O governo, como um todo, combate não apenas ideias, mas também pessoas, como se estas encarnassem um mal a ser eliminado, retórica de campanha trazida para a prática discursiva do governo. É exemplar disso toda a retórica lançada contra o ex-deputado Jean Wyllis, auto exilado do Brasil e o incidente com a representante do Brasil da ONU em Genebra na semana que passou.

Contribuindo com essa má compreensão do governo, é preciso lembrar da completa ausência do presidente em coletivas: o presidente não se expõe às mídias, mesmo que nessas últimas duas semanas tenha convocado jornalistas para conversas. No entanto, não dá declarações aos jornais nem às tevês que possam ser submetidas ao escrutínio público. Até mesmo naquilo que dizem os componentes de seu governo ser crucial para o país, a reforma da previdência, pouco dela se fala e o próprio presidente chegou a divergir da PEC remetida ao Congresso.

Dentre outros pontos, é curiosa a posição dos componentes do governo em relação à política externa. São contra a algo que chamam de globalismo por acharem que com o fenômeno reduz-se a soberania do país e lança-o na condição de submissão a outros países, com a ingerência externa em assuntos brasileiros. Já se ouviu toda a retórica do presidente contra o acordo de Paris, contra a ONU, contra a Unasul e outros instrumentos multilaterais.

No entanto, não fora pela ala militar dentre aqueles que compõem o governo, estaria agora o Brasil em meio a uma interferência direta nos destinos de um de nossos vizinhos, a Venezuela. Pois, afinal, a interferência brasileira, já de fato, pela admissão para conversas com o representante das oposições venezuelana, Guaidó, pelo presidente da República em solo brasileiro, com honras de chefe de estado, não implica em uma ingerência nos assuntos internos venezuelanos, baseado em uma abordagem globalista que o governo Bolsonaro mesmo pretende criticar?

E, nesta semana, fazem uma viagem aos Estados Unidos cheios da (vã?) esperança de que aquele país é necessariamente amigo, e vão prontos a conceder unilateralmente vantagens ao governo de Trump, em uma retórica de alinhamento total e incondicional ao país do norte. Neste momento em que escrevo, o presidente acaba de anunciar o fim de visto para turistas oriundos dos EUA, entre outras nacionalidades, rompendo de vez com o princípio de reciprocidade.

Dentre as ambiguidades da retórica desse governo, em qual das retóricas devemos apostar?

Contato - Jorwaquim@gmail.com

A médica obstetra Claudia Beatriz Camara, atual vice-presidente da entidade, se lançou à presidência e Walber Steffano é o candidato único à vice-presidente.
A médica obstetra Claudia Beatriz Camara, atual vice-presidente da entidade, se lançou à presidência e Walber Steffano é o candidato único à vice-presidente.Foto: Divulgação

O Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) realiza, nesta terça-feira (19), as eleições do triênio (2019/2022) para escolha de novos dirigentes da categoria. Também vão ser escolhidos os novos membros do Conselho Fiscal da entidade, além dos diretores das regionais de Caruaru, Petrolina, Garanhuns e Ouricuri.

Todos os médicos associados ao Simepe que estejam quites em relação aos débitos junto a tesouraria podem participar das eleições. A votação vai acontecer das 8h às 21h, nos mais de 31 locais de votação espalhados por todas as regiões do Estado. A nova diretoria e o Conselho Fiscal serão eleitos em cédulas separadas, conforme prevê o Estatuto Social do Simepe.

A Chapa 1 "sua voz, sua força" registrou os seus candidatos: a médica obstetra Claudia Beatriz Camara, atual vice-presidente da entidade, se lançou à presidência e Walber Steffano é o candidato único à vice-presidente.

Três mulheres se lançaram em chapa única para as diretorias regionais: Mauriceia Pereira Ferreira (Serra Talhada), Ana Carolina Oliveira Tabosa (Caruaru) e Cláudia Regina Barros (Garanhuns). Já Janilson Barros de Sá é o único candidato ao comando da Diretoria Regional de Ouricuri.

No Recife, as urnas estarão localizadas nos seguintes locais: Simepe, Associação Médica de Pernambuco (AMPE), Cremepe, Procape, Imip, Hemope, e nos seguintes hospitais: Restauração, Getúlio Vargas, Oswaldo Cruz, Otávio de Freitas, Câncer, Geral de Areias, Miguel Arraes, Dom Helder Câmara, Pelópidas Silveira, Professor Arnaldo Marques, Real Hospital Português, Unimed III e Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (CISAM).

No interior serão disponibilizadas urnas nos seguintes locais: sede da Associação Médica de Caruaru / Simepe, sede da Associação Médica de Petrolina / Simepe, hospital Regional Dom Moura (Garanhuns), hospital Regional Inácio de Sá (Salgueiro), hospital Regional Fernando Bezerra (Ouricuri), hospital e maternidade Santa Maria (Araripina), hospital Professor Agamenon Magalhães – HOSPAM (Serra Talhada), hospital Regional Rui de Barros Correia (Arcoverde) e hospital Emília Câmara (Afogados da Ingazeira).

Confira os locais de votação:

SIMEPE, CREMEPE, AMPE, PROCAPE, IMIP, HEMOPE, Hospital da Restauração, Hospital Getúlio Vargas, Hospital Oswaldo Cruz, Hospital Agamenon Magalhães, Hospital Otávio de Freitas, Hospital das Clínicas, Hospital de Câncer, Hospital Geral de Areias, Hospital Miguel Arraes, Hospital Dom Helder Câmara, Hospital Pelópidas Silveira, Policlínica Professor Arnaldo Marques, Real Hospital Português, Hospital UNIMED III, Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (CISAM), Sede da Associação Médica de Caruaru / SIMEPE, Sede da Associação Médica de Petrolina / SIMEPE, Hospital Regional Dom Moura (Garanhuns), Hospital Regional Inácio de Sá (Salgueiro), Hospital Regional Fernando Bezerra (Ouricuri),Hospital e Maternidade Santa Maria (Araripina), Hospital Professor Agamenon Magalhães – HOSPAM (Serra Talhada), Hospital Regional Rui de Barros Correia (Arcoverde), Hospital Regional Emília Câmara (Afogados da Ingazeira).

Graça Araújo apresenta o "TV Jornal Meio-Dia”, na TV Jornal
Graça Araújo apresenta o "TV Jornal Meio-Dia”, na TV JornalFoto: Instagram/Reprodução

A Câmara Municipal do Recife aprovou a criação do Prêmio Mérito de Comunicação Jornalista Graça Araújo em reunião plenária, na tarde desta segunda-feira (18). O projeto de resolução 27/2018 de autoria da vereadora Ana Lúcia (PRB), concederá o prêmio anualmente, aos profissionais de comunicação e também às unidades de educação e aos professores das referidas áreas. A jornalista Graça Araújo faleceu em setembro do ano passado, em consequência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

A autora do projeto, vereadora Ana Lúcia destacou o legado deixado por Graça Araújo. "Ela foi uma mulher de luta, empoderada, uma nordestina, negra, à frente do seu tempo, com uma trajetória brilhante. Precisamos ter para com esses profissionais um olhar mais humanizado. O legado de Graça vai continuar inspirando os comunicadores, e a todos nós, que somos conscientes da valiosa contribuição que ela nos deixou, enquanto jornalista, enquanto mulher, e enquanto ser humano”, afirmou.

De acordo com o texto do projeto, cada vereador poderá indicar um homenageado por sessão legislativa, devendo a proposição ser protocolada até o dia cinco de abril de cada ano. Tais profissionais poderão ser jornalistas, produtores, radialistas, apresentadores, fotógrafos, publicitários, relações públicas e atuem por no mínimo cinco anos em algumas dessas atividades.

O prêmio será concedido pela Casa José Mariano, por meio de uma medalha e um diploma em reunião solene no plenário da Câmara. O projeto sugere que a premiação seja realizada no dia 5 de maio, Dia Nacional das Comunicações.

Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e o deputado Fernando Filho (DEM) estiveram em Suape, na última sexta-feira (18)
Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e o deputado Fernando Filho (DEM) estiveram em Suape, na última sexta-feira (18)Foto: Ivaldo Reges

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e o deputado federal Fernando Filho (DEM) visitaram, na última sexta-feira (15), a fábrica da PQS/CITEPE, no Complexo Portuário de Suape, em Ipojuca. A fábrica é um braço do grupo mexicano Alfa, líder do segmento de poliéster na América Latina, e está instalada em Pernambuco desde maio de 2018. Em breve, o grupo passará a fornecer o material para o polo têxtil do São Francisco.

“A PQS será fornecedora da Covolan, do grupo São Francisco Têxtil, que já produz algodão em Petrolina e agora está ampliando a sua fábrica para também trabalhar com o poliéster. Essa expansão terá um investimento de R$ 46 milhões, e que certamente trará consigo investidores do Sul do País para o nosso Sertão do São Francisco, trazendo mais desenvolvimento, emprego e renda para a população”, destacou o senador Fernando Bezerra.

Participaram da reunião o CEO da empresa, Carlos Flores, e os diretores Eduardo Bulgarelli e Attilio Contrini. Na apresentação feita aos parlamentares, foi destacada a demanda mundial pelo poliéster, que gira em torno de 56% dentre todos os tipos de fibra têxtil. No Brasil, esse valor chega a 34%, mas está em ampliação.

Na apresentação feita aos parlamentares, foi destacada a demanda mundial pelo poliéster, que gira em torno de 56% dentre todos os tipos de fibra têxtil

Na apresentação feita aos parlamentares, foi destacada a demanda mundial pelo poliéster, que gira em torno de 56% dentre todos os tipos de fibra têxtil - Crédito: Ivaldo Reges

Secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, participa do ato.
Secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, participa do ato.Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco/arquivo

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), por meio da Executiva de Ressocialização, vai realilzar um ato simbólico para destruir, nesta terça (19), 1.746 armas brancas (facas e chunços) apreendidas nas unidades prisionais e cadeias públicas do Estado em 2018. O ato será realizado às 9h, em frente ao Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros (Pjallb), no Complexo do Curado, Avenida Liberdade, 1331-1361, no Sancho.

As 55 armas de fogo encontradas em 2018 foram encaminhadas às delegacias das áreas de circunscrição dos presídios onde são apreendidas. Participam do ato o Secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, e o secretário-executivo de Ressocialização, Cícero Rodrigues.

Em pauta no encontro, as boas práticas na cultura de vinhos do Vale do São Francisco
Em pauta no encontro, as boas práticas na cultura de vinhos do Vale do São FranciscoFoto: Tatiana Notaro/ Portal FolhaPE

Recife sedia, nesta terça (19) e quarta-feira (20), a conferencia final do programa Innov-AL que é uma parceria da União Europeia que teve como objetivo apoiar a disseminação e a troca de experiência entre Pará e Romênia, Paraná e Polônia e por fim, Pernambuco e Hungria. A ação integra o Programa Territórios Inovadores, já desenvolvido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) com o objetivo de acelerar a inovação e a competitividade da economia pernambucana. .

No caso de Pernambuco, o foco foi a disseminação de boas práticas na cultura de vinhos do Vale do São Francisco. A conferência acontecerá no prédio da Sudene, em Boa Viagem. Além dos representantes dos países participantes, o evento contará com a participação de Adriana Melo Alves, Secretária Nacional de Desenvolvimento Regional e Urbano do Ministério de Desenvolvimento Regional.

Leia também:
[Giro de Notícias] Confira as manchetes desta segunda
Sudene sedia encontro internacional sobre políticas de inovação
[Opinião] Privatização do Aeroporto de Recife – Um mau negócio!


Innov – AL/Brasil – O objetivo é apoiar a disseminação e a troca de experiência e boas práticas da política regional europeia e de alcançar maior cooperação entre as autoridades de três estados brasileiros: Pará, Paraná e Pernambuco e três regiões parceiras da Europa (a serem selecionadas) na definição e implementação de políticas descentralizadas de inovação e de especialização inteligente em nível regional.

comece o dia bem informado: