Hospital
HospitalFoto: Pixabay

Os ouvintes do programa Folha Política, da Rádio Folha FM (96,7), vão conhecer em primeira mão, nesta segunda-feira (17), às 11 horas, as conclusões do estudo “Saúde Pública em Pernambuco: o que dizem os programas dos(as) candidatos(as) ao Governo do Estado?”.

Para isso, convidamos Eudes Lorena, mestre e doutor em saúde pública e coordenador do curso de Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Pernambuco (UPE), autor do estudo juntamente com o professor Petrônio Martelli da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

A entrevista inaugura a série "O Pernambuco que o próximo governo vai encontrar", com especialistas nas áreas em que os eleitores de Pernambuco apontam estar os maiores problemas do Estado: saúde (61%); segurança pública e drogas (54%); desemprego (28%); e educação (27%).

Os temas foram identificados na pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) e divulgada em parceria com a Folha de Pernambuco em 15 de agosto. Na quarta-feira (19), o Folha Política entrevistará Luiz Ratton, professor e pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE e coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Criminalidade, Violência e Políticas Públicas de Segurança (NEPS).

Na quinta-feira (20), o tema será Educação e nosso convidado, Mozart Neves, diretor de Articulação e Inovação do Instituto Ayrton Senna, ex-presidente executivo do Todos Pela Educação, ex-secretário de Educação de Pernambuco e ex-reitor da UFPE.

Na sexta (21), o tema é Emprego, com o Jorge Jatobá, sócio da Ceplan - Consultoria Econômica e Planejamento, pós-doutor em Economia do Trabalho e Relações Industriais pela Universidade de Winconsin-Madison, ex-secretário de Políticas de Emprego e Salário do Ministério do Trabalho, chefe da Assessoria Especial do Ministério do Trabalho e Secretário da Fazenda de Pernambuco.

A entrevista começa às 11 horas, será realizada sob a coordenação do radialista Jota Batista e contará com a participação do jornalista Jairo Lima, do Blog da Folha, e com um jornalista convidado da Folha de Pernambuco.

Julio Lossio (Rede) em São Caetano
Julio Lossio (Rede) em São CaetanoFoto: Raquel Elblaus

O loteamento Boa Vista, em São Caetano, no Agreste, foi o local escolhido, neste domingo (15), pela campanha de Julio Lossio (Rede) para mais um ato público de apoio ao candidato. Ao lado do seu vice, Luciano Bezerra (Rede), e de postulantes proporcionais, o candidato a governador comandou uma caminhada pelas ruas do bairro.

Julio reforçou suas propostas para melhorar a vida dos pernambucanos. "O gás de cozinha, que hoje representa até 10% do salário mínimo, será parte da cesta básica; o mototaxista não precisará pagar IPVA durante cinco anos, nem ICMS ao comprar seu veículo, pois nós queremos garantir renda e qualidade de vida para cada homem e cada mulher do nosso Pernambuco", destacou.

TOTÓ - Durante a manhã, Julio Lossio participou de caminhada no bairro de Totó, no Recife. Lossio identificou a falta de creche e saneamento no local. Ele reforçou as propostas de criar uma rede de creches Nova Semente Pernambucana e realizar um programa de saneamento básico, segundo ele, similares ao que realizou durante as suas gestões como prefeito de Petrolina.

Democrata visitou neste domingo o município de Carpina
Democrata visitou neste domingo o município de CarpinaFoto: Bruno Campos/Campos

As realizações dos tempos de ministro da Educação do candidato ao Senado pela Coligação Pernambuco Vai Mudar, deputado federal Mendonça Filho (DEM), foram elencadas durante sua passagem, neste domingo (16), no município de Carpina. Segundo o democrata, a inauguração da Escola Irineu de Pontes e suas creches uma da Estrada do Feiticeiro e outra em Três Marias, além da implantação de uma escola em tem integral.

“Um momento rico e muito gratificante, andar por Carpina, receber esse carinho é muito bom. Vou continuar à disposição desse povo”, comemorou. Em pleno dia da Parada da Diversidade, no Recife, Mendonça encontrou eleitores do segmento, como a artesã Zilda Pereira, que é transexual, declarou o voto ao futuro senador. “Eu e meu grupo votamos em Mendonça. Sei que ele autorizou o nome social e vai trabalhar pela diminuição da violência contra as mulheres e contra os trans. Conheço o trabalho dele”, disse.

A caminhada em Carpina contou com a presença do candidato ao governo, Armando Monteiroc(PTB), e do candidato ao Senado, Bruno Araújo (PSDB), além do ex-deputado Carlos Lapa, de sua esposa e ex-prefeita de Tracunhaém, Graça Lapa, a candidata a deputada estadual, Regina Lapa, o prefeito de Paudalho, Marcelo Gouveia, e do candidato à Assembleia Legislativa, Gustavo Gouveia.

Bruno aposta nas duas últimas semanas para tentar decolar nas pesquisas de intenção de voto
Bruno aposta nas duas últimas semanas para tentar decolar nas pesquisas de intenção de votoFoto: Rafael Martins

O candidato ao Senado pela coligação Pernambuco Vai Mudar, Bruno Araújo (PSDB), assinou, neste sábado (15), o termo de compromisso com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), intitulado “Mais que promessas, compromissos reais com a infância e adolescência”.

Bruno falou de sua satisfação em participar do projeto. “Para mim é um prazer participar desse ato de compromisso com algo tão relevante. E tenho certeza que o senador que vier representar os pernambucanos vai estar imbuído na responsabilidade desse tema”, disse.

De acordo como documento, o termo tem como objetivo colocar na pauta dos postulantes temas sobre a infância e a adolescência no centro de sua agenda eleitoral, buscando soluções sustentáveis com foco no bem-estar e desenvolvimento integral do público infanto-juvenil.

“O Unicef tem uma presença histórica no Brasil e ajudou e tem ajudado a formular políticas públicas, mas mais do que isso: ajudado a mobilizar a sociedade brasileira na consciência, no envolvimento, na defesa da infância e da adolescência”, finalizou Bruno, após assinar o termo que inclui o conjunto de seis políticas públicas do organismo da Organização das Nações Unidas (ONU) no plano de atuação no Senado Federal.

Candidato ao Senado corre atrás de uma das duas vagas para a Casa Alta
Candidato ao Senado corre atrás de uma das duas vagas para a Casa AltaFoto: Divulgação

Em visita a Oricuri, no Sertão do Araripe, o deputado federal e candidato ao Senado pelo Avante, Silvio Costa, da coligação Pernambuco Que Você Quer, esteve reunido com pelo menos 200 lideranças da região.

Prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e suplentes de vereador das cidades de Exú, Trindade, Santa Maria da Boa Vista, Granito, Ipubi, Terra Nova, Lagoa Grande, Parnamirim, Araripina, Bodocó e Salgueiro. O candidato foi duro disse que vai defender os direitos do sertanejo, na Casa Alta do Congresso. “Não tenho dúvida que, após esse encontro, serei a voz do Araripe no Senado Federal”, afirmou.

Paulo Câmara esteve no município de Moreno e subiu na Tribuna 40
Paulo Câmara esteve no município de Moreno e subiu na Tribuna 40Foto: Andrea Rêgo Barros/PSB

A caminhada do governador e candidato à reeleição pela Frente Popular, Paulo Câmara (PSB), no município de Moreno, trouxe de volta à Tribuna 40, utilizada pelo ex-governador Eduardo Campos nas campanhas de 2006 e 2010. O socialista voltou a denominar seus adversários de “Turma de Temer”.

"A confiança e o carinho que estamos recebendo dos pernambucanos nos deixa ainda mais comprometidos em fazer cada vez mais pelo nosso Estado e pelo nosso povo. Somos o lado de Miguel Arraes, de Eduardo, de Lula e de Fernando Haddad. O outro lado é o da Turma do Temer, que aumentou a conta de luz, o gás de cozinha, a gasolina e ainda queria acabar com aposentadoria dos brasileiros", lembrou Paulo Câmara.

Na frente nas últimas pesquisas de intenção e voto, Paulo Câmara continua associando sua candidatura à do presidenciável Fernando Haddad (PT). “Esse sentimento de que o nosso Estado vai seguir avançando está se espalhando por todo Pernambuco. E é muito bom ver tanta gente deixando suas casas em uma manhã de domingo para dizer que está com a gente, que está com Fernando Haddad (PT) para presidente. Vamos seguir nas ruas, conversando com as pessoas e reforçando o compromisso com os pernambucanos", afirmou Paulo.

A caminhada comandada por Paulo em Bonança também reuniu uma série candidatos proporcionais e lideranças políticas da região que marcham com o socialista.

Frente Popular desembarca no Sertão do Pajeú
Frente Popular desembarca no Sertão do PajeúFoto: Hélia Scheppa/Divulgação

No Sertão do Pajeú, o governador Paulo Câmara ressaltou que pretende continuar a “história” que começou com os ex-governadores, Miguel Arraes e Eduardo Campos. O discurso do gestor aconteceu na manhã deste sábado (15), quando o socialista percorreu as principais ruas dos municípios de Brejinho e Itapetim. Além disso, Câmara também voltou a justificar os problemas enfrentados no seu governo, com a crise econômica que assolou o País nos últimos anos.

“Vamos honrar o que Miguel Arraes já fez, o que Eduardo Campos já fez e vamos continuar a melhorar Pernambuco para mudar a vida do nosso povo, que é um povo tão guerreiro. Nossa responsabilidade é muito grande. Nosso Estado precisa continuar a andar na frente. Passamos por períodos muito duros, uma crise sem precedentes, que afetou a economia, a política e a vida do povo brasileiro”, assegurou o socialista.

Acompanhando a agenda, o senador Humberto Costa ressaltou que Paulo fez uma série ações pelo desenvolvimento de Pernambuco mesmo num tempo de crise financeira, o que o credencia a continuar trabalhando para manter Pernambuco na frente. “Com pulso firme e clareza do que queria, Paulo manteve o governo de pé. Permitiu que salários fossem pagos e fez investimentos em diversas áreas. Na educação, saúde, abastecimento e segurança. É por isso que estamos dia e noite para reeleger o 40 para governar Pernambuco”, pontuou.

Durante o evento, os prefeitos de Brejinho e Itapetim, respectivamente Tânia Maria e Adelmo Moura, ambos do PSB, agradeceram ao trabalho do gestor e assim como Costa, também puxou votos para Câmara.

No Sertão do Pajeú, o discurso usado foi de melhoria da qualidade da educação pública. O ato contou com a participação de poetas e depoimentos de estudantes. No evento, que também aconteceu durante a manhã de hoje, estiveram presentes a chapa completa da Frente Popular de Pernambuco e o deputado estadual Waldemar Borges.

Caminhada da coligação 'Pernambuco vai mudar' em Petrolina
Caminhada da coligação 'Pernambuco vai mudar' em PetrolinaFoto: Ricardo Labastier/Divulgação

A ‘Caminhada da Mudança’, promovida pela Coligação ‘Pernambuco Vai Mudar’, percorreu as principais ruas de Petrolina na manhã de hoje. O percurso se estendeu por mais de três quilômetros e contou com a presença do candidato a governo de Pernambuco, Armando Monteiro Neto (PTB), acompanhado dos candidatos ao Senado, Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM).

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), os candidatos a deputado Fernando Filho (federal) e Antônio Coelho (estadual), ambos do DEM, vereadores e lideranças locais recepcionaram a chapa majoritária e caminharam ao lado Armando. "O Sertão precisa eleger Armando governador para que a mudança aconteça. Eu só peço de Armando o comprometimento com o povo sertanejo, diferente desse governador que está aí, que esqueceu do Sertão", disse o prefeito de Petrolina.

Armando prometeu se empenhar para mudar o Sertão. "Esse é um momento fantástico pela dimensão, pela energia, pela alegria. Nós estamos sentindo a campanha crescendo. Nós não vamos dormir até o dia das eleições. Temos um compromisso com o povo de Pernambuco, o sentimento de mudança está nas ruas e iremos fazer um governo olhando para as pessoas. Vamos enfrentar os problemas da segurança, da saúde, do desemprego. Um governo eficiente voltando para as pessoas que mais necessitam", afirmou em discurso.

Armando criticou ainda o atual governador, que não cumpriu diversas promessas feitas no Sertão. "Ele prometeu construir quatro hospitais, inclusive um aqui em Petrolina, o Hospital da Mulher, e não fez nenhum. Não vamos viver de promessas. Vamos restabelecer o controle da segurança e construir um Pernambuco mais forte", finalizou.

João Paulo prestigia  inauguração do Espaço 13, no bairro de Santo Antônio, centro do Recife.
João Paulo prestigia inauguração do Espaço 13, no bairro de Santo Antônio, centro do Recife.Foto: Divulgação

Os petistas tem se mostrado preocupados com a quantidade de proporcionais que deve eleger nestas eleições. Em Pernambuco, as alianças entre socialistas e petistas só foram firmadas para as majoritárias, nas proporcionais o PT disputará sozinho, tanto a nível federal quanto estadual. Ontem, o líder de oposição ao governo federal no Senado e candidato à reeleição, Humberto Costa (PT), conclamou a militância do partido a unir esforços no sentido de eleger uma bancada expressiva de parlamentares nestas eleições gerais.

Para Humberto Costa, o aumento do número de deputados federais e estaduais será uma resposta às tentativas de esvaziamento que vêm sendo difundidas contra o PT. “Temos que eleger uma bancada forte e representativa. Temos que sair desta eleição com uma grande vitória dos nossos candidatos proporcionais, nossos deputados federais, nossos deputados estaduais. Assim é que responderemos a quem quer ver o PT destruído”, afirmou Humberto durante a inauguração do Espaço 13, no bairro de Santo Antônio, centro do Recife.

O discurso de Costa vem após a tranquilização dos ânimos dos militantes petistas pernambucanos, por conta do imbróglio interno no diretório estadual, entre defensores da candidatura própria e de uma aliança para as eleições majoritárias. Com a determinação da executiva nacional do partido em formalizar uma aliança com o PSB, a candidatura a governo de Marília Arraes (PT) foi retirada de cena, tendo a vereadora do Recife então, migrado para as disputas proporcionais, onde atualmente disputa uma vaga na câmara federal.

Nas últimas eleições, o Partido dos Trabalhadores esteve aliado com o PTB. Essa aliança acabou sendo prejudicial ao PT, que perdeu nas contas de votos necessários e não conseguiu eleger nenhum de seus correligionários para a bancada federal, enquanto que os petebistas elegeram quatro deputados. Nestas eleições, o PT formou uma ‘chapinha puro sangue’ para disputar tanto a Câmara Federal quanto a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

Além disso, Costa também disse ter “plena certeza” de que o PT vai conseguir levar o presidenciável Fernando Haddad (PT) ao segundo turno. “E temos condições de, a partir daí, avançarmos muito mais. Podemos eleger Haddad presidente da República para ele retomar o nosso projeto político, interrompido em 2016.

O Espaço 13, que tem por subtítulo Movimentos Sociais Com Lula Livre, Haddad e Manu, fica em um casarão às margens do rio Capibaribe, próximo ao antigo Cais da Alfândega. Será administrado pela militância e pelo MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra. Segundo os organizadores, o espaço tem por objetivo atrair pessoas interessadas em discussão política. O local terá um café-bar, uma biblioteca e, do lado da Rua do Imperador, um “armazém do campo”, onde serão vendidos produtos orgânicos produzidos pelo MST, tais como arroz, café e pimenta.

A inauguração do Espaço 13 reuniu um grande número de militantes do PT, sobretudo setores jovens, e do MST, além de parlamentares, sindicalistas e lideranças do partido. Na abertura dos trabalhos, todos entoaram, em coro, o grito “Boa noite, presidente Lula!”, por 13 vezes.


João Vicente Goulart (PPL)
João Vicente Goulart (PPL)Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

O presidenciável pelo Partido Pátria Livre (PPL), João Goulart Filho, visita o Estado de Pernambuco neste fim de semana. Com agenda em Igarassu e Olinda nesta tarde de sábado, o candidato segue amanhã para o Morro da Conceição e Jaboatão. De acordo com a assessoria de comunicação do candidato, o presidenciável ainda aguarda uma confirmação de horário para visitar o aliado Paulo Câmara (PSB), ao qual partido integra o palanque nas eleições majoritárias do Estado.

A última visita de Goulart a Pernambuco foi em março deste ano, para o lançamento da sua pré-candidatura na Câmara Municipal do Recife.Entre as propostas defendidas pelo candidato estão: Dobrar o salário mínimo e reduzir a taxa de juros para diminuir o serviço da dívida para investir mais em saúde, educação e também para atender a Previdência.

Trajetória - Filho de João Goulart, Jango, presidente deposto pelo golpe de 1964, Vicente viveu o exílio com seu pai quando criança no Uruguai. Filósofo e presidente do instituto Jango, foi finalista do Prêmio Jabuti, em um livro sobre a vida no exílio do ex-presidente.
Nestas eleições, João Vicente, que é ex-deputado estadual pelo RS, traz uma pauta nacionalista para o debate.

Confira a programação do candidato:

Sábado 15/09
Igarassu 14:00h
Feira livre
16h
Alto da Sé , Igreja da Sé, visita ao Túmulo de Dom Helder- Olinda


Domingo 16/09
10h
Morro da Conceição
15:00
Muribeca dos Guararapes/Jaboatão
Praça de Muribeca Rua

comece o dia bem informado: