Foram encontrados 131 resultados para "Câmara dos Vereadores":

Renato Antunes (PSC) é vereador do Recife
Renato Antunes (PSC) é vereador do RecifeFoto: Divulgação

Criada pelo então governador Eduardo Campos, a carreira de Gestor Governamental completa 11 anos em Pernambuco. O vereador do Recife, Renato Antunes (PSC), ressaltou a importância dos servidores que desempenham esta função, e são fundamentais para profissionalização da gestão pública.

“É com muita alegria que faço parte da carreira de gestor governamental. Há mais de uma década, os gestores atuam em áreas estratégicas do Estado como orçamento público, na administração dos processos licitatórios e no planejamento estratégico, cuidando das pessoas e do controle de gastos, além de contribuírem para a melhoria da educação, saúde e segurança, através do monitoramento constante dos seus principais indicadores”, afirmou Antunes.

Para o parlamentar, que é gestor governamental de carreira, investir na profissionalização da gestão pública é um importante instrumento de combate à corrupção, além de potencializar os serviços prestados à população. Renato chegou a parabenizar o Pacto Pela Vida, que teve seu funcionamento iniciado em uma ação que contou com gestores governamentais.

“São diversos avanços que a carreira trouxe para sociedade pernambucana ao longo dessa curta história, mas destaco o Pacto pela Vida. Um plano que trouxe êxitos, principalmente nos primeiros quatro anos da gestão de Eduardo. Uma pena que Paulo Câmara não conseguiu dar condições para que tivéssemos a continuidade de bons resultados. Sou um dos defensores para que em Recife se exista uma maior participação desta carreira, para otimizar a gestão municipal”, pontuou Renato.

Vereador Samuel Salazar (PRTB)
Vereador Samuel Salazar (PRTB)Foto: Divulgação

Uma audiência pública debate, na próxima quinta-feira (27), às 9h, no Plenarinho da Câmara Municipal, a a despoluição, limpeza, recuperação dos rios, assim como a necessidade de fortalecer a educação ambiental. Para o debate, foram convocados os representantes da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Promotoria de Defesa do Meio Ambiente, Emlurb e das ongs Xô Plástico e Recapibaribe.

“A Constituição Brasileira garante aos cidadãos o direito a um meio ambiente equilibrado e preservado, mas, para isso, o conceito de desenvolvimento sustentável precisa ser amplamente divulgado e realmente colocado em prática, através de novos modelos de desenvolvimento e inovações legislativas”, explica o vereador Samuel Salazar (sem partido), proponente da audiência.

O vereador é autor do Projeto de Lei 104/2019 que propõe a criação de Programa de Recuperação de Rios, Afluentes e Canais do município do Recife. O objetivo é proteger e recuperar essas águas da cidade de toda a forma de lançamento de dejetos líquidos ou sólidos,como: esgotos domésticos, industriais, e hospitalares; lixo doméstico e industrial; pneus; material plástico; produtos tóxicos e químicos; bem como quaisquer outros materiais não devidamente tratados.

O projeto também almeja incentivar a despoluição e limpeza dos córregos. A educação ambiental também tem relevância com a proposta de cursos, palestras, excursões, concursos literários e atividades correlatas. Um dos pontos de destaque também é incentivar a recuperação e organização de todo o acervo disponível sobre os córregos, rios e afluentes, com informações referentes à série histórica das grandes enchentes e pontos de alagamento. Como também, das obras hidráulicas realizadas, tais como comportas, pontes e canalizações.

A expectativa do vereador é enriquecer o debate com a presença da sociedade civil, ongs e órgãos responsáveis pela área ambiental. “A preservação e conservação ambiental tem tido destaque no nosso mandato. Alguns cidadãos têm pedido para desenvolvermos projetos de Lei na área e para isso, acreditamos que tem que ser construído com várias mãos. O debate é a fase inicial”, pontua o vereador.

“Sabemos que a Emlurb realiza a limpeza nos manguezais que margeiam o rio Capibaribe, faz intervenções ao longo da margem, por exemplo. A maioria do lixo removido é de garrafas plásticas, mas, em algumas ocasiões, também são encontrados colchões, móveis, sapatos e peças de aparelhos eletrônicos. O que podemos fazer ? A audiência pública vai debater isso com os envolvidos em preservar o meio ambiente”, reitera Salazar.

Vereador Samuel Salazar (PRTB)
Vereador Samuel Salazar (PRTB)Foto: Divulgação

A Câmara Municipal do Recife realiza, na próxima terça-feira (25), às 10h, no plenário da Casa, sessão solene para os Auditores Fiscais Federais Agropecuários (AFFAs). O requerimento é de autoria do vereador Samuel Salazar (sem partido).

De acordo com estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), por encomenda do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical), sem os AFFAs, o país perderia anualmente pelo menos R$ 76,2 bilhões. No dia 29 de junho comemora-se o Dia Nacional de Valorização da Carreira de Auditoria Fiscal Federal Agropecuária.

São engenheiros agrônomos, farmacêuticos, químicos, médicos veterinários e zootecnistas, que exercem funções para garantir qualidade de vida, saúde e segurança alimentar para as famílias brasileiras que receberão a homenagem.

“Esta justa homenagem é o primeiro passo para destacarmos que precisamos pensar em políticas públicas de estímulo à agropecuária, fomentar o agronegócio e estudar a regulação e normatização de serviços vinculados ao setor”, explica Salazar.

Vereador João da Costa (PT), ex-prefeito do Recife
Vereador João da Costa (PT), ex-prefeito do RecifeFoto: Divulgação

Ao fazer o balanço das últimas chuvas no Recife, o vereador João da Costa (PT) destacou que políticas públicas implantadas durante os governos do PT garantiram que o município não registrasse mortes neste ano. O petista lembrou que gestões petistas institucionalizaram a Coordenadoria de Defesa Civil do Recife (Codecir), contrataram servidores para atuarem na prevenção de tragédias e destinaram recursos para realizar obras e ações preventivas. Ele aproveitou para elogiar a atitude do governo Geraldo Julio (PSB) de dar continuidade ao conjunto de ações desenvolvidos pelos petistas.

“Quero parabenizar o atual governo pela continuidade dessa política institucional. É preciso que as ações públicas que deram certo avancem e a gente possa reforçar e melhorar, garantindo que o conjunto de investimentos tenham continuidade", disse o petista. João da Costa recordou que, somente nos quatro anos de sua administração, foram investidos no Recife R$ 273 milhões em obras de prevenção de enchentes, como contenção de encostas, por exemplo.

O petista parabenizou o fato de o governo Geraldo Julio dar continuidade a ações criadas em sua gestão, tais como o programa de geomanta nos morros, o alerta de chuvas enviado por SMS aos moradores, o call center para registrar atendimentos da Codecir, entre outras ações. João da Costa também lembrou da retirada, por parte da Prefeitura, de cerca de duas mil pessoas que moravam às margens do rio Beberibe, Canal do Arruda e parte do rio Morno para ocupar 700 casas.

Por fim, o vereador do Recife lembrou que, até o ano 2000, o município do Recife registrava, em média, 20 mortes decorrentes dos problemas causados pelas chuvas. Mas que com os governos do PT e posteriormente com os do PSB, as tragédias minimizaram chegando a zero mortes em alguns anos. “Saímos, antes de 2000, de uma média de 20 pessoas que morriam com as chuvas no Recife para praticamente zero mortes. Isso é um legado dos nossos governos”, sublinhou João da Costa.

projeto de Lei é de autoria da vereadora Aline Mariano (PP)
projeto de Lei é de autoria da vereadora Aline Mariano (PP)Foto: Divulgação

A preocupação em garantir atendimento preferencial no Recife para o grupo de pessoas com microcefalia, bem como para seus acompanhantes, levou a elaboração do Projeto de Lei que foi aprovado nesta tarde na Câmara Municipal do Recife.

A matéria, de autoria da vereadora Aline Mariano, assegura prioridade no atendimento em hospitais, bancos, supermercados, farmácias, lojas, casas lotéricas, bares e restaurantes da cidade.

“Temos um número considerável de bebês com a síndrome congênita, uma das consequências mais tristes da infestação do vírus da zika. E novos casos continuam surgindo em todo o país. Por isso, temos que pensar políticas, a fim de que essas pessoas possam ter seus direitos garantidos e respeitados”, justificou a vereadora.

A proposição de Aline Mariano obriga os estabelecimentos públicos e privados do município a manter exposto cartaz informando o conteúdo e o número da Lei em local visível e de fácil acesso. Também estabelece penalidades para os infratores.

O mosquito transmissor da dengue, da chikungunya e da zika continua fazendo vítimas no Brasil. Até o início do mês passado, o Ministério da Saúde tinha registrado 215 casos de mulheres que provavelmente tiveram zika na gestação. Em 2018, nasceram 124 bebês com a síndrome congênita do vírus na zika no País.

Câmara do Recife
Câmara do RecifeFoto: Divulgação

Por conta dos transtornos causados pela chuva, com alagamento de vias que dificultam o trânsito e o comércio da cidade, suspensão de aulas, cancelamentos de voos e prejuízos materiais para os recifenses, que resultou na morte de uma cidadã, o vereador Rodrigo Coutinho (Solidariedade) propôs a criação de uma Comissão Representativa de Defesa Civil para fiscalizar as áreas de risco do Recife e implementar uma série de medidas que estimulem a prevenção e discussões acerca da temática.

Entre as atividades da Comissão estará a proposição, discussão e o incentivo de políticas públicas com o foco na resolução de problemas relacionados à intensidade das chuvas. Além do presidente Rodrigo Coutinho (Solidariedade), o grupo é composto pelos parlamentares Renato Antunes Guimarães (PSC), Eriberto Rafael (PTC), Almir Fernando Alves (PC do B) e Ivan Moraes (PSOL), Alcides Teixeira Neto e Samuel Salazar, estando estes dois últimos sem partido definido.

Uma das questões reivindicadas por Coutinho na sessão plenária que ocorreu na tarde desta segunda-feira (17) na Câmara Municipal do Recife foi o número reduzido de guardas da CTTU para direcionar o trânsito delicado que costuma ser recorrente em dias de chuva. Esse seria, de acordo com ele, um dos pontos fundamentais de discussão do grupo.

"O nosso foco será a cidade como um todo. Sabemos que é um cenário complexo e que não conseguiremos resolver todas as questões. Mas é o nosso dever de fiscalização e proposição, enquanto membros do poder legislativo, e que vai ser fortemente colocado em nossa frente. O cenário do Recife é alarmante, e exige medidas como essa. Além das áreas de risco precisamos achar soluções para o trânsito.”, explica

A previsão é que os sete parlamentares que compõem o grupo se reúnam para definir a agenda de atividades nesta terça-feira (18).

Reunião na Comissão da Mulher do Recife foi para detalhar o formato e os assuntos que estarão na pauta
Reunião na Comissão da Mulher do Recife foi para detalhar o formato e os assuntos que estarão na pautaFoto: Divulgação

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara do Recife, presidida pela vereadora Aline Mariano (PP), recebeu nesta tarde a secretária da Mulher do Recife, Cida Pedrosa. Ele debateu com o colegiado da Casa o formato da VII Conferência da Mulher do Recife, a se realizar nos dias 25,26 e 27 de julho, no Centro de Convenções de Pernambuco.

A vereadora Aline Mariano reconheceu a importância do detalhamento e formatação da nova Conferência, que já está sendo discutida em todas as seis RPAs da cidade. Este ano, o evento faz homenagem a Mulher Negra-Latino Americana e Caribenha.

“Essa Conferência é muito importante porque vai envolver a participação de todas essas mulheres e fortalecer as políticas de gênero. Nós vereadoras vamos participar de forma ativa, de modo que estaremos atualizando as necessidades de todas as áreas, seja na saúde da mulher, nas questões de violência, seja no empoderamento da mulher”, afirmou Aline Mariano.

Cida Pedrosa destacou que a nova conferência terá seis eixos, entre eles saúde da mulher, inclusão não sexista, cidade segura. Disse também que pela primeira vez na história do Recife um Plano Diretor escutou as mulheres e suas reivindicações. De acordo com a secretária, o Regimento Interno do Conselho e a própria conferência ainda estão em fase de elaboração. No entanto, já está definido que a eleição para delegadas se dará dentro da RPA e não mais na Conferência, cuja prioridade vai ser discutir os temas e os conteúdos.

“As pré-conferências serão a cada três anos e não mais a cada dois anos. Haverá seis representantes da gestão, seis servidoras, seis representantes de entidades gerais e seis das RPAs, formando uma paridade entre público e privado”.

O colegiado aproveitou a oportunidade para convidar a secretária da Mulher para participar de uma série de visitas a escolas, centros de saúde e presídios femininos. A ideia da agenda é levantar um diagnóstico das necessidades das mulheres para na ajudar formulação de políticas públicas.

Vereador do Recife Ivan Moraes Filho (PSOL)
Vereador do Recife Ivan Moraes Filho (PSOL)Foto: Beto Figueiroa/Divulgação

Representante do PSOL na Câmara do Recife, o vereador Ivan Moraes subiu a tribuna para comentar o conteúdo das mensagens trocadas pelo então juiz Sérgio Moro e os procuradores da Operação Lava Jato.

"O que fica negritado é uma proximidade muito além da republicana entre Moro e Dallagnol", disse Ivan.

O parlamentar afirmou que, segundo juristas consultados por seu mandato, as mensagens indicariam que a colaboração teria ocorrido em prejuízo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, hoje preso. “Eles foram unânimes. No julgamento de Lula não houve juiz, mas assistente de acusação.”

Ivan Moraes citou, ainda, trechos de leis brasileiras que vetam colaborações entre quem julga e quem acusa. “Muita gente não sabe qual é o papel do Ministério Público e qual é o papel da Justiça. Ora, o estado democrático de direito brasileiro adotou o sistema acusatório. Ao juiz, cabe apenas julgar. Cabe ao Ministério Público investigar, promover a ação, acusar. E cabe aos advogados defender. Durante esse processo, é imperativo que o magistrado mantenha a isonomia. Isso está no Código de Processo Penal, no Código de Magistratura", citou o vereador.

Hélio Guabiraba foi expulso do PRTB diz que continua na base do prefeito do Recife, Geraldo Julio
Hélio Guabiraba foi expulso do PRTB diz que continua na base do prefeito do Recife, Geraldo JulioFoto: Divulgação / Câmara Municipal do Recife

O vereador Hélio Guabiraba se pronunciou sobre a sua expulsão do PRTB e não poupou críticas à sua ex-sigla. Hélio disse que foi expulso do partido por ter posição. “Quando entrei no PRTB o partido Já era da base de Geraldo Júlio e eu continuo na base, o partido que mudou de lado”, disse.

“Me tiraram do partido porque eu tenho palavra. Me tiraram do partido porque eu tenho posição. Me tiraram do partido porque eu não faço política dando rasteira e nem passando a perna nos outros. Me tiraram do partido para facilitar a eleição de um familiar. Tá aqui no Jornal Folha de Pernambuco de hoje, na coluna do jornalista Magno Martins”, disse em referência à nota que acusa o deputado estadual Marco Aurélio de ter patrocinado a expulsão de Hélio, bem como de Alcides Neto e Samuel Salazar para eleger o filho Marco Aurélio Filho vereador do Recife.

Em sua explanação, Hélio Guabiraba subiu o tom ao pedir aos que pretendem disputar uma vaga de vereador nas eleições de 2020 terem cuidado com o PRTB. “Cuidado com essa sigla. Vários já foram os nomes que sofreram na pele por conta desse partido, eu e meus colegas de bancada fomos apenas as últimas vítimas. Continuarei honrando os 4.836 votos que recebi nas últimas eleições. Fui eleito para defender a nossa cidade e as pessoas que mais precisam no Recife. Segurei firme nessa luta! Tenham certeza disso. E agora mais forte do que nunca. Muito obrigado”.

Na tribuna, o vereador ainda falou que tem palavra. “Venho aqui hoje agradecer a Deus e aos meus pais por essa expulsão, porque eles são os responsáveis por ela. Porque Deus e meus pais, que já estão no céu, me fizeram o homem que sou”, enfatizou.

Ricardo Brennand recebeu a cidadania recifense
Ricardo Brennand recebeu a cidadania recifenseFoto: Jose Britto / Folha de Pernambuco

O empresário Ricardo Brennand, proprietário do IRB, recebeu o título de Cidadão do Recife, nesta sexta, às 10h, na Câmara Municipal do Recife. A proposição foi do vereador André Régis (PSDB).

Ricardo Coimbra de Almeida Brennand (Cabo de Santo Agostinho, 27 de maio de 1927) é um engenheiro, empresário e colecionador brasileiro, fundador do Instituto Ricardo Brennand, cujo acervo inclui a maior coleção privada de pinturas de Frans Post. Filho de Dulce Padilha Coimbra e de Antônio Luiz de Almeida Brennand, aos 12 anos de idade ganhou um canivete do tio homônimo e, desde então, passou a colecionar armas e obras de arte. Formou-se em engenharia pela Universidade Federal de Pernambuco (1949).

Durante muitos anos, Ricardo Brennand dedicou-se aos negócios da sua família - fabricação de vidro, aço,cerâmica, cimento, porcelana e açúcar entre utras coisas. Em 1999, o empresário vende as fábricas de cimento, utilizando parte dos recursos para fundar o Instituto Ricardo Brennand, inaugurado no segundo semestre de 2002.

O acervo do Instituto inclui objetos históricos e artísticos de diversas procedências, abrangendo o período que vai da Baixa Idade Média ao século XXI, destacando-se a documentação histórica e iconográfica relacionada ao período colonial e ao Brasil Holandês, que inclui uma importante coleção de pinturas do artista neerlandês Frans Post (1612 – 1680), um dos artistas integrantes da comitiva do conde Maurício de Nassau - fundador da colônia de Nova Holanda, em Pernambuco. É casado com Graça Monteiro Brennand, com ela teve 8 filhos. 

comece o dia bem informado: