Foram encontrados 28 resultados para "Notícias":

Confira as principais manchetes de hoje
Confira as principais manchetes de hojeFoto: Divulgação

Folha de Pernambuco: "A prisão de Temer: Propinas somam R$1,8 bi"

Jornal do Commercio: "Temer está preso"

Diario de Pernambuco: "Temer chefiava esquema que recebeu R$ 1,8 bi em propinas"

Folha de S. Paulo: "Acusado pela Lava Jato de 40 anos de corrupção, Michel Temer é preso"

O Estado de S. Paulo: "Temer é preso sob acusação de liderar organização criminosa"

O Globo: "Temer é preso pela Lava-Jato 80 dias após deixar a Presidência"

Estado de Minas: "Preso"

O Tempo: "Lava Jato reage, e PF prende Temer"

Correio do Povo: "Temer é preso por liderar grupo que recebeu R$ 1,8 bi"

Diário Gaúcho: "Federais prendem ex-presidente Temer"

Extra: "Mais um no álbum de figurões"

Zero Hora: "Lava-Jato prende ex-presidente Michel Temer"

Meia Hora: "Ninguém solta a mão de ninguém"

Valor Econômico: "Prisão de Temer tumultua política e ameaça reforma"

Correio*: "Temer preso na Lava Jato

O Dia: "Temer preso"

Correio Braziliense: "Prisão de Temer acirra debate entre poderes"

Confira as principais manchetes de hoje
Confira as principais manchetes de hojeFoto: Divulgação

Folha de Pernambuco: "Nova Previdência dos militares prevê economia de R$10,4 bi"

Jornal do Commercio: "Sacrifício menor para militares na Previdência"

Diario de Pernambuco: "Economia de R$10 bi com os militares"

Folha de S. Paulo: "Reforma para os militares desagrada governistas"

O Estado de S. Paulo: "Previdência tem apoio de 180 deputados, mas com alterações"

O Globo: "Economia com reforma dos militares fica abaixo do previsto"

Estado de Minas: "Reforma mais branda para militares"

O Tempo: "Nova Previdência de militares corta gasto em R$10 bi"

Correio do Povo: "Reforma de militares poupará R$10,4 bi"

Extra: "Aposentadoria: Reforma propõe novas regras para militares"

Zero Hora: Reforma para militares prevê economia de R$ 10 bilhões"

Valor Econômico: "Mudança na carreira militar reduz economia com reforma"

Correio: " A vez dos militares"

A Tarde: "Economia com militares será de R$ 10,45 bilhões"

Confira as principais manchetes de hoje
Confira as principais manchetes de hojeFoto: Divulgação

Folha de Pernambuco: "Trump quer discutir com Brasil ação na Venezuela"

Jornal do Commercio: "Visita fortalece aliança Brasil-EUA"

Diario de Pernambuco: "Brasil e EUA vão reduzir barreiras comerciais"

Folha de S. Paulo: "Trump apoia entrada no Brasil em clube dos ricos"

O Estado de S. Paulo: "Bolsonaro não descarta opção contra maduro"

O Globo: "Bolsonaro cede, e Trump promete acordo comercial"

Estado de Minas: "Afinados"

O Tempo: "Informe de Imposto de Renda de servidor inclui 13º não pago"

Correio do Povo: "Bolsonaro e Trump definem acordos e estratégias políticas"

Extra: "Concursos militares oferecem 2.130 vagas"

Zero Hora: "Bolsonaro não descarta ação militar com EUA na Venezuela"

Valor Econômico: "Plano de aposentadoria dos militares provoca polêmica"

Correio*: "Coligados"

A Tribuna: "Ladrões de celular ameaçam matar vítimas para desbloquear aparelhos"

Correio Braziliense: "Brasil fica perto do Clube dos Ricos"

A Tarde: "Trump e Bolsonaro pressionam Maduro"

Confira as principais manchetes de hoje
Confira as principais manchetes de hojeFoto: Divulgação

Folha de Pernambuco: "Sport leva a melhor em dia de clássico morno"

Jornal do Commercio: "Bolsonaro mira acordo com os EUA"

Diario de Pernambuco: "Protestos nos EUA contra Jair Bolsonaro"

Folha de S. Paulo: "É preciso foco em reforma, diz presidente do Bradesco"

O Estado de S. Paulo: "Multis trazem R$ 120 bi em crédito para filiais no País"

O Globo: "Trump quer ação do Brasil contra inimigos"

Estado de Minas: "Pressão sobre a caixa d'água da grande BH"

O Tempo: "Imposto tira 43% do salário do mineiro e some na burocacia"

Correio do Povo: "Sol, praia e muitas conquistas"

Extra: "Aposentadoria especial: veja o que muda com a reforma"

Zero Hora: "Gerar emprego para quem tem mais de 60 é desafio pós-reforma"

Valor Econômico: "Proposta para desvincular gasto prejudica reforma"

A Tribuna: "Maioria dos pais diz que não sabe impor limites aos filhos"

Correio Braziliense: "Servidores elevam a média salarial do país"

Confira as principais manchetes de hoje
Confira as principais manchetes de hojeFoto: Divulgação

Folha de Pernambuco: "STF reduz poder da Lava Jato"

Jornal do Commercio: "Novos ares"

Diario de Pernambuco: "Descoberto terceiro suspeito de massacre"

Folha de S. Paulo: "Polícia diz suspeitar de outro jovem no massacre de Suzano"

O Estado de S. Paulo: "Corrupção com caixa 2 ficará na Justiça Eleitoral"

O Globo: "Crimes ligados a caixa 2 irão para a Justiça Eleitoral"

Estado de Minas: "Somos a favor do porte de livros"

O Tempo: "Estado tira seguranças de quase 200 escolas"

Correio do Povo: "Promotoria pede pena máxima"

Extra: "Aluno ataca no Rio após visitar site dos assassinos de Suzano"

Meia Hora: "Alunos de Ciep em Campo Grande escapam de massacre"

Zero Hora: "Justiça Eleitoral vai julgar casosde corrupção e caixa 2"

Valor Econômico: "Bancos devem participar de rodada de concessões"

Correio: "Presa dupla contratada para matar fisioterapeuta"

O Dia: "Campo Grande: Ataque a Ciep teria relação com dark web"

A Tribuna: "Ataque a escola foi planejada há mais de um ano"

Correio Brasiliense: "Caixa 2 na Justiça Eleitoral é derrota para a Lava Jato"

Confira as principais manchetes de hoje
Confira as principais manchetes de hojeFoto: Divulgação

Folha de Pernambuco: "Central recebe denúncias de ataques com agulhas"

Jornal do Commercio: "Procura-se autor das picadas de agulha"

Diario de Pernambuco: "Mais de 100 vítimas das agulhadas"

Folha de S. Paulo: "Atual ou ex cometem 71% dos feminicídios e tentativas"

O Estado de S. Paulo: "Democracia depende de militares, diz Bolsonaro"

O Globo: Ex-candidata do PSL reforça denúncia contra ministro"

O Estado de Minas: "Festa de dia. Perigo à noite"

O Tempo: "Governo cobrará imposto sobre doações à vítima"

Zero Hora: "Maioria da bancada do RS apoia reforma, mas defende ajustes"

Correio Gaúcho: "Morte seria motivada por ação trabalhista"

Correio do Povo: "Democracia só existe se as Forças Armadas quiserem"

O Dia: "Bolsonaro anuncia o fim das lombadas eletrônicas"

Valor Econômico: "BCE reforma a política de estímulo à economia"

Correio Brasiliense: Bolsonaro pede sacrifício a militares na Previdência"




Prefeitura ee Quipapá
Prefeitura ee QuipapáFoto: reprodução/Google Maps

Uma organização criminosa suspeita de desviar R$ 18 milhões em recursos públicos da Prefeitura de Quipapá, na Mata Sul de Pernambuco, é alvo da quarta fase da operação Gênesis, deflagrada na manhã desta quinta-feira (14) pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e pela Polícia Civil do Estado (PCPE).

Estão sendo cumpridos 16 mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades de Quipapá, Garanhuns, Caruaru e Itaíba contra ex-agentes públicos e empresários. Segundo a PCPE, os alvos da operação são acusados de praticar os crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações que tinham por finalidade desviar recursos públicos através da contratação de empresas de fachada pelo município de Quipapá.

O esquema criminoso já tinha sido alvo da PCPE no ano passado durante a segunda fase da operação Gênesis onde também foram cumpridos mandados de busca e apreensão na sede da Prefeitura de Quipapá e de algumas das empresas.

“Essa nova etapa da Operação Gênesis é resultado de mais de um ano e meio de investigações. Nossa expectativa é poder prender pessoas que praticam crimes silenciosos, mas que atingem diretamente toda a sociedade”, destacou o promotor de Justiça Frederico Magalhães, do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento ao Crime Organizado (Gaeco).

Leia também:
MPPE detalha terceira fase da Operação Gênesis
Operação Gênesis: Prefeitura de Catende alvo de busca e apreensão
Modus operandi de investigados pela Operação Gênesis é detalhado


Aproximadamente 80 policiais civis e 20 integrantes do Gaeco e do MPPE participam da operação.

Governador Paulo Câmara
Governador Paulo CâmaraFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

O governador Paulo Câmara extinguiu, em decisão assinada na última segunda-feira (4), o decreto assinado no dia 25 de maio em que colocava Pernambuco em situação de emergência por consequência da paralisação dos caminhoneiros. O decreto entrou em vigor nesta terça-feira (5), após a publicação no Diário Oficial.

Leia também
Paulo Câmara decreta estado de emergência em Pernambuco


No decreto, Câmara levou em consideração o encerramento da paralisação do transporte rodoviário e o fim dos bloqueios existentes nas rodovias e vias de trânsito no Estado. Ele também considerou a retomada do abastecimento de combustíveis e de bens de primeira necessidade em Pernambuco.

O primeiro-vice-presidente estadual do PT em Pernambuco, Glaucus Lima, reagiu às declarações do segundo-vice-presidente estadual, Oscar Barreto. Lima afirmou, nesta sexta-feira (1º), que não há motim do grupo que defende a candidatura da vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), até porque não há decisão de aliança tomada pela direção nacional do partido. Lima desmentiu também que a reunião tenha se encerrado por falta de consenso.

Segundo o primeiro-vice-presidente estadual, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, foi clara na exposição da última quarta-feira (30) de que não haveria intervenção na estadual. “Não tem motim até porque não tem decisão tomada de aliança para a gente se rebelar”, declarou Lima. “Não sei qual a intenção dele (Oscar)”, acrescentou.

Ademais, Gleisi criou a comissão para acompanhar as articulações nacionais com o PSB. Lima afirmou que a reunião desta sexta-feira havia se iniciado por volta das 13h para debater como se daria o encontro do dia 10 de junho e, por causa do avançado da hora e de compromissos de outros integrantes, o grupo decidiu terminar por volta das 17h e reiniciar na segunda-feira (04), quando os nomes da comissão serão indicados.

Lima faz parte do grupo que defende a postulação de Marília Arraes ao governo estadual, enquanto Oscar Barreto filia-se aos que apoiam a aliança com o governador Paulo Câmara (PSB).

Ato teve boneco de Lula
Ato teve boneco de LulaFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Com gritos e faixa de "Fora Temer" e a presença de um boneco de Lula, foi realizado ato no fim da tarde desta quarta-feira (30) na região central do Recife pedindo a queda dos preços da gasolina, do diesel e do gás de cozinha. O ato foi organizado pela pela Frente Brasil Popular e Povo Sem Medo.

Os manifestantes começaram a se concentrar na Praça do Derby por volta das 15h. Às 17h25, o protesto seguiu a pé pela avenida Conde da Boa Vista em direção à Praça da Independência, no Centro.



Mais informações em instantes

comece o dia bem informado: