Foram encontrados 7 resultados para "No cafezinho ":

Carol Brito (esq), Raul Henry e Renata Bezerra de Melo
Carol Brito (esq), Raul Henry e Renata Bezerra de MeloFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Passada a eleição e com a disputa pelo comando do MDB de Pernambuco na geladeira, o vice-governador e presidente da sigla no Estado, Raul Henry, diz que enfrentou a batalha mais difícil de sua vida pública nesta eleição. Em conversa com a equipe de Política da Folha de Pernambuco, representada pela colunista da Folha Política, Renata Bezerra de Melo, e com a subeditora Carol Brito, Raul relata que enfrentou, pelo menos, três eleições em uma só em 2018: a disputa jurídica pelo comando da sigla, a indefinição sobre a garantia da legenda para disputar a eleição e, finalmente, a corrida atrás de votos para se eleger deputado federal.

Com posição de independência em relação ao futuro Governo Bolsonaro, Raul Henry defende que apoiará as pautas positivas para o Brasil e rejeitará as negativas. Entre elas, o deputado federal eleito critica o projeto Escola Sem Partido, mas pondera que ainda precisa ter acesso ao texto da matéria.

Leia também
[Vídeo] No Cafezinho: João Campos sai em defesa da criação do Draco e cogita problema de comunicação
[No Cafezinho] Tadeu Alencar: 'O PSB não tem compromisso com os erros do PT'
MDB faz aceno a Bolsonaro e diz que Temer não foi 'tão longe quanto pretendia'

No Cafezinho com assessora do PSL Nacional e coordenadora da campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) em Pernambuco, Érika Siqueira
No Cafezinho com assessora do PSL Nacional e coordenadora da campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) em Pernambuco, Érika SiqueiraFoto: Folha de Pernambuco

Assessora do PSL Nacional e coordenadora da campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) em Pernambuco, Érika Siqueira fala sobre os bastidores do projeto eleitoral do capitão reformado do Exército em Pernambuco na coluna digital No Cafezinho. Ela relata a surpresa com o volume de apoios espontâneos e as turbulências causadas por declarações polêmicas dadas pelo deputado federal e seus aliados durante a corrida às urnas. "A campanha foi maior do que esperávamos", admite.

Érika também reconhece que estilo verborrágico e sem medo de polêmicas são traços marcantes do futuro presidente, mas revela que Jair Bolsonaro também sabe ouvir e voltar atrás em algumas posturas quando necessário. Entre os aliados mais influentes, estão os futuros ministros da Defesa, general Heleno, e da Economia, Paulo Guedes.

João Campos (PSB), deputado federal mais votado em Pernambuco
João Campos (PSB), deputado federal mais votado em PernambucoFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Nesta quarta (31), o No Cafezinho conversa com o deputado federal mais votado em Pernambuco nas Eleições deste ano, com 460 mil votos, João Campos (PSB). O parlamentar sai em defesa do polêmico projeto de Lei Estadual nº 2.066/2018, aprovado na Assembleia Legislativa, que cria o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco).

O herdeiro do ex-governador Eduardo Campos destacou que a matéria já era uma das promessas de campanha do governador reeleito Paulo Câmara (PSB) e fortalece o combate à corrupção no Estado, ampliando o número de delegacias. Segundo ele, o que pode ter havido é um problema de comunicação relativo à proposta.

Leia também
[No Cafezinho] Tadeu Alencar: 'O PSB não tem compromisso com os erros do PT'
No Cafezinho analisa as pautas e a força do voto feminino nas Eleições
[No Cafezinho] As articulações entre PT e PSB em Pernambuco

João Campos também destaca a expressiva votação obtida, a despeito das críticas da classe política. O parlamentar ressalta que sua votação foi espontânea, com votos em todos os 184 municípios, mas apoio declarado de apenas 14 prefeitos. Embora aliado do PT, João Campos ainda pondera que faltou um mea culpa do partido durante a campanha. O socialista ainda não se nega a falar sobre 2020. Confira!

Carol Brito (esq), Renata Bezerra de Melo e Priscilla Aguiar
Carol Brito (esq), Renata Bezerra de Melo e Priscilla AguiarFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

As mulheres são a maioria do eleitorado do Brasil (52,5%) e a participação delas na eleição deste ano ganha o protagonismo com uma presença maior nas chapas majoritárias e participação de movimentos de rua. Contudo, o grande contigente de voto feminino não consegue se reverter na representatividade nos espaços de Poder.

Nesta edição do No Cafezinho, a colunista do Folha Política, Renata Bezerra de Melo, conversa com as editoras adjuntas do portal FolhaPE Priscila Aguiar e da editoria de Política, Carol Brito, se a participação delas será decisiva neste pleito e a importância do voto das mulheres nas Eleições deste ano.

Leia também
Mulheres brasileiras vão às ruas dizer não a Bolsonaro
As mulheres, maioria no Brasil, minoria no poder
[No Cafezinho] 'Vou te pegar Bolsonaro', diz Ciro Gomes

Marcelo Montanini, Daniel Leite e Renata Bezerra de Melo
Marcelo Montanini, Daniel Leite e Renata Bezerra de MeloFoto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Apesar de faltar apenas uma semana para o início das convenções partidárias, as conversas entre PT e PSB em torno de formação de uma aliança em Pernambuco ainda não chegaram a uma conclusão. Essas movimentações da senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, e do governador Paulo Câmara, vice-presidente nacional do PSB, estão no centro do debate da coluna digital No Cafezinho desta sexta-feira (13), que também analisa o imbróglio jurídico do MDB-PE e as costuras no bloco de oposição Pernambuco Vai Mudar. Confira o debate entre o editor do Blog da Folha, Daniel Leite, a colunista Renata Bezerra de Melo e o repórter Marcelo Montanini.

Confira a íntegra desta edição do No Cafezinho:

Carol Brito, subeditora de Política, e Daniel Leite, editor do Blog da Folha
Carol Brito, subeditora de Política, e Daniel Leite, editor do Blog da FolhaFoto: Reproducão/YouTube

Nesta edição especial da coluna digital No Cafezinho, o editor do Blog da Folha, Daniel Leite, e a subeditora do caderno de Política da Folha, Carol Brito, fazem uma análise sobre a prisão de Lula e seus desdobramentos. No bate-papo, abordam os efeitos do discurso do petista, no último sábado (07), e as consequências deste fato histórico para a legitimidade da Justiça Brasileira e o andamento da Operação Lava Jato.

Leia também
[Vídeo] No Cafezinho entrevista Manuela D'ávila
[Vídeo] No Cafezinho entrevista Marcelo Freixo
[Vídeo] No Cafezinho: Daniel Coelho fala sobre Bruno Araújo, Huck, MBL e Alckmin
[No Cafezinho] Metralhadora Silvio Costa dispara contra Temer, Bolsonaro e Doria

Programa foi gravado no estúdio da Rádio Folha FM 96,7FM
Programa foi gravado no estúdio da Rádio Folha FM 96,7FMFoto: Arthur de Souza

A 62ª edição da coluna digital No Cafezinho contou com a participação do senador Humberto Costa (PT), que falou sobre as articulações para viabilizar a candidatura presidencial de Lula, no ano que vem.

Na visão do petista, o partido ainda acredita que o ex-presidente poderá ter sua postulação viabilizada, apesar das investigações judiciais em andamento. Mas, para ele, mesmo que Lula não consiga se candidatar, poderá influenciar diretamente os rumos da eleição, em função de suas recentes viagens pelo Brasil, que ajudam a resgatar sua popularidade.

O senador também abordou a implicação da conjuntura nacional na dinâmica eleitoral de Pernambuco. Segundo ele, Lula já afirmou que não descarta uma aliança nacional com o PSB. Caso isso aconteça, a disputa em Pernambuco pode ganhar outros contornos.

Leia também:
[No Cafezinho] Nilton Mota fala da ampliação da aliança governista
No Cafezinho, Kaio Maniçoba classifica de violenta entrada de FBC no PMDB

DESPEDIDA
O programa desta semana também faz uma homenagem ao editor do Blog da Folha, Márcio Didier. Ele fez uma emocionante despedida da Folha de Pernambuco, após aceitar um convite para encarar outro desafio em sua carreira profissional.

 


 

comece o dia bem informado: