Atual secretário de Saneamento do Recife, quando deputado estadual, em 2009, transformou o Galo em Patrimônio Cultural  e Imaterial de Pernambuco
Atual secretário de Saneamento do Recife, quando deputado estadual, em 2009, transformou o Galo em Patrimônio Cultural e Imaterial de PernambucoFoto: Clemilson Campos/Arquivo Folha

O secretário de Saneamento da Prefeitura do Recife, Alberto Feitosa (Solidariedade), lamentou a decisão do presidente da Pernambuco Participações e Investimentos S/A (Perpart), André Campos, de permanecer no PSB. O auxiliar municipal afirmou que o socialista teria mais espaço para sua reeleição no seu partido e que também representaria um reforço importante para a agremiação.

"Se ele não deseja ir para o Solidariedade, eu lamento por ele e pelo meu partido. O PSB possui mais de 10 deputados estaduais, enquanto nós temos apenas um. Seria melhor para ele se eleger pelo Solidariedade. Lamento porque ele terá mais dificuldades e André é um bom deputado, não merece ficar fora da Assembleia", afirmou.

Leia também
André Campos: 'Não tenho motivação para mudar de partido'


André Campos iria para o Solidariedade após o governador Paulo Câmara dispensar a indicação do partido para a Perpart. A ida do auxiliar estadual para a agremiação tinha como objetivo colocar panos quentes no mal-estar com o aliado. Apesar das costuras não prosperarem, Alberto Feitosa nega o afastamento da legenda da Frente Popular.

"Continuamos com uma relação de parceria. Não tem motivo para romper", garante. No Solidariedade, a expectativa é que o governador Paulo Câmara (PSB) receba o deputado federal Augusto Coutinho (Solidariedade) para tratar sobre a aliança.

comece o dia bem informado: