Senador Armando Monteiro Neto (PTB), pré-candidato ao Governo de Pernambuco
Senador Armando Monteiro Neto (PTB), pré-candidato ao Governo de PernambucoFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

"Não sabia que se definia chapa pelos jornais. Como candidato a governador, com a delegação que recebi do conjunto desde a consolidação da formação da frente Pernambuco Vai Mudar, sou eu que coordeno o processo. Salvo se me for retirada essa delegação". Com essa declaração, o senador Armando Monteiro (PTB) mandou um recado velado ao deputado federal Bruno Araújo (PSDB), que passou a pleitear a indicação ao Senado na chapa oposicionista.

O tucano teve uma conversa, nessa semana, com o deputado André Ferreira (PSC), que migrou para a oposição recentemente. Nela, os dois acertaram que o vereador Fred Ferreira (PSC), cunhado de André, seria indicado para a vice de Armando. Bruno, neste caso, ficaria com uma das vagas ao Senado, por ter o maior partido da frente. Esta proposta seria levada para Armando nos próximos dias.

Leia também
Dobradinha PSC e PSDB fecha chapa majoritária
André Ferreira: Não venho aqui para impor posição para jogar
André admite abrir espaço na chapa para Bruno Araújo


Porém, antes mesmo do encontro entre todos os membros do bloco para fechar as indicações, previsto para o início da próxima semana, Armando tratou reforçou que detém a responsabilidade pela coordenação do processo de formação da chapa. Nos bastidores do grupo, o entendimento entre André e Bruno, antecipado pelo Blog da Folha, nesta terça (10), pode inviabilizar a indicação do tucano para integrar a chapa majoritária.

comece o dia bem informado: