Presidente nacional do PT Senadora Gleisi Hoffmann
Presidente nacional do PT Senadora Gleisi HoffmannFoto: Paulo Pinto/AGPT

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, já está está escalando integrantes do partido para coordenarem a campanha presidencial de Lula.

Ela convidou o ex-presidente da Petrobras Sergio Gabrielli e o ex-ministro Ricardo Berzoini para uma reunião em São Paulo nesta segunda (14). Devem estar presentes também Dilma Rousseff e Fernando Haddad, além de outros ex-ministros e ex-governadores da legenda.

Leia também:
Sem Lula, Bolsonaro lidera e empataria com Marina no 2º turno, aponta pesquisa CNT
Ministro nega liminar para garantir representante de Lula em debates
Lula deixou vídeos para uso em campanha do PT ao Planalto


A ideia é que os dois já passem a atuar na coordenação. Gabrielli seria uma opção também para assumir o comando da campanha.

Os nomes dos dois líderes foram aprovados pelo próprio Lula quando Gleisi o visitou na prisão, há dez dias. Ele autorizou que ela formalizasse o convite.

A ideia é deixar a campanha a cargo de pessoas com experiência, mas que não estejam ocupando cargos públicos nem desejem concorrer à eleição deste ano.

Além de preso, Lula foi condenado em segunda instância, o que deve barrar sua candidatura pela Lei da Ficha Limpa. O PT, no entanto, diz que inscreverá o ex-presidente como candidato em outubro, no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e levará a candidatura até o limite, ou seja, quando a Justiça disser de forma definitiva que ele não pode concorrer.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: