Acontece

Dos 69 anos de vida, 49 foram dedicados ao colunismo social
Dos 69 anos de vida, 49 foram dedicados ao colunismo socialFoto: Divulgação

Faleceu na noite desta sexta-feira (12), o colunista social de Caruaru Jotta Lagos, aos 69 anos. Ele estava internado desde a última segunda-feira (8), na Casa de Saúde Santa Efigênia e não resistiu, falecendo vítima de um edema agudo pulmonar. Jotta dedicou 49 anos de sua vida ao colunismo social, sendo bastante respeitado e querido no meio social em todo o Estado. Atualmente, atuava no Jornal do Jotta, no seu programa semanal na Rádio Liberdade, além de produzir a festa de premiação de gala, 'A Grande Noite' e o famoso 'Forró Society', comandado também pelo sobrinho Thiago Lagos, além de estar empenhado na produção da sua biografia. O velório e sepultamento acontece neste sábado (13) no Cemitério Parque dos Arcos, em Caruaru.

Jotta Lagos recebendo o cineasta italiano Franco Zeferelli em Nova Jerusalém, em Fazenda Nova, do lado direito, o artista plástico Gineton Magalhães

Jotta Lagos recebendo o cineasta italiano Franco Zeferelli em Nova Jerusalém, em Fazenda Nova, do lado direito, o artista plástico Gineton Magalhães - Crédito: Arquivo Pessoal

 

LEGADO
Jotta deixa sua história no colunismo social do Estado. Atuou em importantes veículos, entre eles, na TV Pernambuco onde tinha um programa de entrevistas, além do extinto Jornal Extra de Pernambuco. Apaixonado pelo o que fazia, mesmo com a locomoção comprometida, nunca deixou de atuar e de comparecer diariamente ao seu escritório na Arturismo, em Caruaru. É lá que ele guardava um baú que conta detalhes da sociedade caruaruense, desde a sua primeira festa, onde recordava as dificuldades que teve ao promover por conta dos pudores da época, até as visitas de nomes importante na Cidade, como condes, embaixadores, governadores, presidentes e famosos, como a apresentadora Xuxa, então modelo. 

comentários